Logus Capital - Assessoria de investimentos

Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar

Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar

evitar Na graça viagem ministério De perto sujeito atitude enfim baixar provar utilização. baixado baixados baixando baixao baixar baixara baixaram baixaria baixate epicurismo epicurista epidemia epidemiar epidemias epidemic epidemicidade. O esgotamento da equipe multiprofissional assumiu a forma de uma epidemia que pode Carolina Miguel Graça Henriques*, Sónia Isabel Moreira de Almeida. Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar

Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar - were not

  • Nossa FilosofiaOur Philosophy

    Nossa atuação fiduciária se mantém distante destes conflitos, nos permitindo entregar a mais genuína Assessoria de Investimentos.   Our Fiduciary approach remains far from such conflicts, allowing us to deliver the most authentic form of Investment Advisory.

    Saiba Maisview more
  • Nossos ServiçosOur Services

    Assessoria independente, sem vínculo com qualquer distribuidor. Garantimos independência e as melhores condições para a mais pura assessoria de investimentos. Independent Advisory, without link to any product distributor. We guarantee independence and the best conditions for the purest Investment Advisory services.

    Saiba Mais View More
  • Nossos AssessoresOur Advisors

    Nosso time de Assessores Independentes é formado exclusivamente por sócios, garantindo alinhamento de interesses com o cliente e continuidade no relacionamento.  Our team of Independent Advisors is made up exclusively by Partners, ensuring the alignment of interests with the client and continuity of the relationship.

    Saiba Maisview more
  • Nossa PropostaOur Proposal

    Com uma abordagem holística e didática, temos juntos aos nossos clientes uma visão completa das suas carteiras, monitoramento de cenários e análises dos produtos de todo Mercado.   With a holistic and informative approach, together with our clients we have a complete view of their portfolios, monitoring scenarios and analyzing products across the entire market.

    Saiba Maisview more
  • Nossos ValoresOur Values

    Entregar aos nossos clientes a sofisticação do Mercado Financeiro de forma didática e transparente com atuação fiduciária e livre de conflitos de interesses. Deliver the sophistication of the Financial Market to our clients in an informative and transparent manner. Acting in a Fiduciary capacity and free from conflicts of interest.

    Saiba Maisview more
  • Modelo LogusLogus Model

    Nosso modelo nos permite flexibilidade para estar com o nosso cliente em reuniões presenciais ou vídeo conferências, como também em acompanhamento nos bancos e corretoras.   Our model allows us the flexibility to be with our client in meetings both in person and video conferences, as well as directly accompanying you in meetings with your banks and brokerages.

    Saiba Mais View More
  • Alinhamento de InteressesAlignment of Interests

    A natural evolução do Mercado de Investimentos busca a diminuição na assimetria de informações e uma legislação em prol do cliente, que deve ser protegido e respeitado ao longo do relacionamento. The natural evolution of the Investment Market seeks a reduction in the asymmetry of information, and legislation that favors the client who should be protected and respected throughout the relationship.

    Saiba Maisview more
  • Abordagem LogusLogus Approach

    Sinceridade e transparência são os alicerces para a construção de nossas relações com nossos clientes, e temos orgulho da integridade com que fazemos nosso serviço. Honesty and transparency are the cornerstones for building relationships with our customers, and we take pride in the integrity with which we do our service.

    Saiba Maisview more
  • Processo de InvestimentoInvestment Process

    Nosso Processo de Investimento é fruto da somatória das experiências dos nossos sócios, aliado aos robustos processos em análise de cenários e investimento. Our Investment Process is the result of the sum of the experience of our Partners, associated with the most robust processes in scenario and investment analysis.

    Saiba Maisview more
  • Источник: [mlbjerseyschina.us]

    Incesto

    Sort by:Date, Rate, Popularity

    GameBater (Pub) - Gamebater is a hyper-realistic adult game without limitations! This porn game doesn't just put you inside a world of super intense sex fantasies but also gives you complete control over every aspect of the game by creating a world of kink, depravity, and perversion! We ask our players to be careful as the ability to live out anything you ever wanted sexually is incredibly addictive!

    GameBater (Pub)

    Gamebater is a hyper-realistic adult game without limitations! This porn game doesn't just put you inside a world of super intense sex fantasies but also gives you complete control over every aspect of the game by creating a world of kink, depravity, and perversion! We ask our players to be careful as the ability to live out anything you ever wanted sexually is incredibly addictive!

    %
    Family Simulator (Pub) - You have heard of 3D family simulators, but have you played the boldest, edgiest one yet? Family Simulator takes family cartoon porn to perverse levels. You will never play another 3D sex game again. Make sure your heart is healthy enough for this perverse world of hot sisters and step-moms getting banged.

    Family Simulator (Pub)

    You have heard of 3D family simulators, but have you played the boldest, edgiest one yet? Family Simulator takes family cartoon porn to perverse levels. You will never play another 3D sex game again. Make sure your heart is healthy enough for this perverse world of hot sisters and step-moms getting banged.

    %
    Family Simulator (Pub) - You have heard of 3D family simulators, but have you played the boldest, edgiest one yet? Family Simulator takes family cartoon porn to perverse levels. You will never play another 3D sex game again. Make sure your heart is healthy enough for this perverse world of hot sisters and step-moms getting banged.

    Family Simulator (Pub)

    You have heard of 3D family simulators, but have you played the boldest, edgiest one yet? Family Simulator takes family cartoon porn to perverse levels. You will never play another 3D sex game again. Make sure your heart is healthy enough for this perverse world of hot sisters and step-moms getting banged.

    %

    Próximo



    Источник: [mlbjerseyschina.us]

    Free Traffic Frenzy: Como obter mais de visitantes de graça

    Sentado em uma mesa frágil, olhando para uma conta de retenção de US $ , meu colega frustrado exclamou: "O tráfego gratuito custa dinheiro!" Meu colega, diretor de marketing, recebeu a conta como cortesia de uma agência de SEO. Em troca do resgate do rei que ela pagou, meu colega recebeu um relatório de 15 páginas cheio de jargões. “Estou lendo uma linguagem misteriosa”, ela me disse, “e nada disso faz sentido”.

    Cenários como este acontecem diariamente. Você gostaria de decodificar o mistério e aprender os segredos por trás de um site que atrai visitantes mensais? Melhor ainda, gostaria de saber como esse tráfego chega gratuitamente? Quando digo grátis, quero dizer - zero gasto com publicidade, zero taxas de consultoria e zero dólares gastos em agências de SEO sugadoras de sangue. Vou mostrar a você as táticas por trás do tráfego de seis dígitos para a MathCelebrity . Eu uso essas mesmas táticas com meus clientes particulares.

    Você abriu este livro para aprender sobre SEO. Se você possui um negócio ou deseja decodificar os mistérios de SEO, este livro o ajudará a compreender as informações de SEO. Correção, você deseja informações acionáveis. Você se cansa de ser menosprezado pelos chamados especialistas. Você deseja informações claras e concisas de sites de sucesso. Há anos vejo pessoas como você serem bombardeadas com conselhos confusos.

    SE-Oh meu Deus

    Quer sejam gurus de SEO ou agências caras, as pessoas se cansam de jargões e promessas quebradas. Se você segue seus blogs, você se sente confuso. Se você lê seus e-mails, precisa vasculhar um vocabulário secreto.

    E quanto aos serviços de agência de SEO pagos? Você gastou muito dinheiro para obter resultados mínimos ou nulos. Pior ainda, essas mesmas agências explicaram pouco ou nada sobre o que faziam ou como funciona. A desculpa mais comum que eles dão é "espere para ver".

    Eu sei como você se sente. No início de minha formação em SEO, segui gurus e dei dinheiro para agências. E eu fui esmagado. Assim como você, estou cansado de furtos e conselhos vazios. Em troca de seu tempo e dinheiro, você obtém aumentos mínimos de tráfego. Em vez de jargão, você quer conhecimento e resultados.

    Conhecimento é igual a poder

    O sucesso do SEO começa com o conhecimento - conhecimento real. SEO carrega uma reputação de partes iguais de pó de fada e misticismo. O mistério muda, os jogos mudam e também os rumores. Você quer saber o que funciona, por que funciona e o que deve ser evitado. Você está cansado de receber um balde de lixo confuso lançado em seu caminho sobre SEO. Aposto que você já viu os seguintes impostores:

    • O guru , aquele que prega, mas não pratica
    • O tomador de dinheiro , o dinheiro que eles levam, a experiência que eles falsificam
    • O doador de opinião . Sempre tem uma opinião, e sempre errada. O doador de opinião não poderia atingir a água se caísse de um barco.

    Finalmente, você veio aqui para gerar tráfego sem gastar dinheiro. Você deseja tráfego consistente e orgânico no piloto automático. Os resultados da pesquisa orgânica fornecem credibilidade instantânea com os usuários. Os resultados da pesquisa orgânica liberam dinheiro para gastar em seu negócio.

    Sidenote: Não tenho problemas com tráfego pago. O tráfego pago oferece uma rota poderosa para expandir seus negócios. Se você usa tráfego pago, este livro oferece outra arma em seu arsenal. E as técnicas que apresento neste livro também ajudam em suas estratégias de tráfego pago.

    Lembre-se de que o tráfego de pesquisa paga funciona como um leilão. O leilão recompensa você pelo dinheiro gasto, pelas taxas de cliques e pela experiência no website. Quando você melhora na geração de tráfego orgânico, sua busca paga melhora. Abordarei a experiência do site e a experiência do usuário - ferramentas poderosas no tráfego gratuito e pago.

    Sua próxima pergunta é: por que devo ouvir o autor? Deixe-me apresentar-me. Meu nome é Don Sevcik, e construí o MathCelebrity, um site educacional com um pico de volume de tráfego de visitantes únicos mensais . Essa torrente de tráfego vem de mais de dez anos de tentativas e testes.

    O custo total que paguei por esses visitantes… $ 0, Todo o tráfego que obtemos é orgânico, também conhecido como gratuito. Conseguimos isso por meio das técnicas de SEO que compartilharei com você neste livro. Depois de ter sucesso com meu próprio site, ampliei minha experiência por meio de consultas a clientes. Como um aparte, eu aumentei as pontuações de SEO para todos os meus clientes. Meus clientes vêm de educação, finanças, saúde e muito mais.

    Por que mais estou qualificado? Porque eu sou um praticante do jogo skin in the game. Ou seja, só compartilho táticas que usei pessoalmente com sucesso. Também mostro erros estúpidos que cometi. Estou dando a você uma base de conhecimento cumulativa desde Incluí acidentes felizes, fracassos infelizes e técnicas testadas em batalha. Façamos uma pausa por um momento e deixe-me oferecer mais um motivo para ouvir. Porque não tenho paciência. Fique comigo, porque minha impaciência ajuda no seu aprendizado.

    A impaciência é uma virtude

    Não consigo sentar em reuniões por mais de cinco minutos sem ficar entediado. Não consigo ouvir alguém falar demoradamente por mais de 30 segundos antes de desligar. É bem possível que eu tenha mudado uma chave genética no nascimento. Agora, como minha falta de paciência o ajuda? Simples. Eu só recolho o que funciona. Eu apenas escuto e compartilho o que importa. Portanto, na pesquisa que reuni desde , concentro-me nos retornos viáveis ​​para o seu investimento de tempo. Isso significa que é melhor eu ver um resultado em sete dias ou menos, ou me livro dele.

    Quero que você pegue os truques que reuni devido à minha impaciência e gere mais tráfego livre.

    Agora que você sabe quem eu sou e o que faço, vamos começar a compartilhar. Meu primeiro presente para você está dentro da sua cabeça. O órgão de três libras dentro do seu crânio lhe dá uma vantagem injusta. E vou mostrar a você como pensar para ter mais tráfego livre. Parece bom? Ok, vamos pegar.

    “Dê-me seis horas para derrubar uma árvore e passarei as primeiras quatro afiando o machado.” - Abraham Lincoln

    Antes de entrarmos em estratégia e tática, vamos primeiro falar sobre sua mentalidade. Etapa um - separe-se do rebanho. Separar-se do rebanho exige que você identifique o comportamento do rebanho e, em seguida, faça o oposto. Vamos revisar o comportamento do rebanho de SEO. Primeiro, vamos conhecer o rebanho.

    Eles acompanham cada atualização do Google nas notícias e, em seguida, pontificam por horas. Eles seguem todos os chamados especialistas em SEO e consideram o que eles dizem um evangelho. Eles se curvam aos pés das agências de SEO. Eles ficam obcecados com a palavra “hacks”. Eles atendem e se curvam no altar do Google e, às vezes, do Bing. O rebanho trata os visitantes do site como um subproduto. Um sonho de apenas dez segundos.

    Isso soa familiar? Se você estiver correndo com o rebanho, pode precisar de uma desintoxicação mental ou digital. Não fique chateado, é preciso esforço para se desapegar. O pensamento colmeia infesta esta indústria como um vírus. A desintoxicação digital é difícil, mas necessária. Porque você abriu este livro me diz que você deseja desintoxicar. Então venha comigo e vamos começar sua limpeza mental.

    “Observe o que as massas fazem, depois faça o oposto.” - James Caan

    Finja que você é seu cliente

    Esqueça por um momento, sobre Google, Bing, agências de SEO e todo o pó mágico de fadas. Depois de limpar sua cabeça, comece a pensar nas pessoas. Mais importante ainda, os usuários que visitam seu site. Imagine que eles visitam seu site e consomem seu conteúdo. Escolha qualquer tipo de conteúdo - postagens de blog, infográficos, calculadoras, vídeos. Esqueça o sistema de entrega, vamos nos concentrar na experiência.

    Quero que você imagine o usuário ideal visitando seu site e consumindo seu conteúdo. Visualize o cenário ideal em sua cabeça, desde o momento em que chegam ao seu site, até que saem de seu site. O que você deseja que eles façam, imediatamente após terminarem de consumir seu conteúdo?

    Anote suas respostas, porque você as consultará mais tarde. Se você não tem uma resposta agora, não se preocupe. Quero que você passe um tempo pensando sobre essas questões - como Abraham Lincoln passou o tempo afiando a serra. Reserve algum tempo para fazer um brainstorm. Esta sessão de brainstorming coloca você à frente de 95% do rebanho imediatamente. Enquanto você pensa sobre isso, deixe-me dar as respostas que geraram o tráfego do meu site.

    Imagine o seu visitante ideal

    Tenho dois visitantes ideais:

    1. Estudantes de matemática, do quinto ano até a faculdade, que precisam de ajuda para fazer o dever de casa agora.
    2. Pais com um aluno que tem dificuldade em matemática. Este pai quer ser tutor de seu filho, mas eles precisam se atualizar em matemática. O pai não tem tempo nem paciência para ler outro livro para obter ajuda.

    Meu visitante ideal tem urgência. Os deveres de casa e os testes têm prazos, então alunos e pais precisam de ajuda agora . Eles precisam de uma explicação completa e fácil de entender.

    Imagino meu usuário ideal abrindo um mecanismo de busca e digitando uma frase matemática. Os exemplos incluem calculadora de divisão sintética e calculadora de notação de intervalo. Eles chegam ao meu site após a pesquisa. Eles apresentam um problema, examinam o trabalho de matemática e imediatamente o compreendem.

    Assim que eles resolverem o problema, quero que uma de duas coisas aconteça. De preferência, ambos.

    1. Eu quero surpreendê-los pelo nível de detalhe no trabalho de matemática. Eu quero que eles se inspirem o suficiente para compartilhar isso com seus amigos. Ao compartilhar meu site, os usuários se transformam em tutores de matemática. Logo depois que eles compartilharem esse problema, quero que eles executem outro problema e outro problema. Quero que usem meu site até que terminem e entendam seu dever de casa.
    2. Quero que eles passem mais tempo comigo e com mais ninguém em meu setor. Porque quanto mais tempo eles passam na minha página, duas coisas acontecem. Eles confiam na minha capacidade de entrega. E eles vão querer passar mais tempo comigo no futuro.

    Comece com o fim em mente

    Veja o que eu fiz lá? Estou executando toda a experiência do usuário, antes, durante e depois pela minha cabeça. Faço isso para deixar claro o que preciso fazer para cumprir meu objetivo. E tudo começa a funcionar ao contrário do objetivo final. Para pegar emprestado o princípio de “7 hábitos das pessoas altamente eficazes” de Stephen Covey

    Comece com o fim em mente.

    Observe acima, eu disse a experiência do usuário. Eu não disse nada sobre SEO ou motores de busca. Fiz isso de propósito por motivos que contarei a você em alguns instantes.

    Também listei as ações desejadas que desejo que meu usuário execute. Cada ação que o usuário executa conta como outra meta. Enquanto eles completam um objetivo, as rodas para ganhos de SEO começam a se mover. Agora, vamos romper a hierarquia com o rebanho. E quero que você queime esse princípio em sua cabeça. Consulte-o sempre que começar a pegar a doença de rebanho:

    Evite perseguir o Google e as atualizações do algoritmo. Recuse-se a ficar obcecado com as últimas atualizações do algoritmo. Eu sei que isso soa como blasfêmia no mundo rebanho de SEO. Mas não cheguei a mais de visitantes mensais seguindo o rebanho. O que me leva a algo que eu queria gritar do alto há anos. Guardei para este livro, apenas para você.

    Eu não me importo com os motores de busca. Eu me importo com as pessoas.

    Ahhh, aí, eu disse isso. Foi ainda melhor do que o esperado. Você vê, quando o seu site envolve as pessoas, o resto vai cuidar de si mesmo.

    O envolvimento começa com a mentalidade certa em relação às pessoas. Portanto, vamos comparar a mentalidade de rebanho com a mentalidade vencedora.

    • Rebanho: Construa para mecanismos de pesquisa, deixe-os recompensá-lo e falar às pessoas sobre você.
    • Vencendo: Construa para as pessoas, sua mensagem é compartilhada em toda parte, suas ações comunicam seu valor para os motores de busca.
    • Rebanho: trate as pessoas como corretores e os mecanismos de pesquisa como clientes
    • Vencedor: trate as pessoas como clientes, onde os mecanismos de pesquisa desempenham o papel de intermediários.
    • Herd: Vou seguir cegamente e farei tudo o que as agências de pesquisa e influenciadores me disserem para fazer
    • Vencendo: vou pegar as melhores informações, compará-las com os resultados e manter o que funciona. Descarte o resto.
    • Rebanho: vou construir o que acho que as pessoas precisam
    • Vencendo: vou descobrir o que as pessoas querem e dar a elas

    Ao refletir, tente reunir seus pensamentos em torno de um tema central. Com o tempo, o tema central toma forma em uma frase ou sentença. Eles dizem que você pode resumir todas as ideias poderosas em uma frase.

    Em 4 de novembro de , Ronald Reagan debateu Jimmy Carter para a presidência dos Estados Unidos. Em seus comentários finais, Ronald Reagan fez à multidão uma pergunta simples.

    “Você está melhor agora do que há 4 anos?”

    A pergunta de Reagan cortou e capturou o humor do país em uma frase. Essa questão se tornou a Grande Ideia e selou a eleição de Reagan. É poderoso, simples e mensurável.

    A Grande Ideia também se aplica ao seu negócio. “O que estou fazendo agora está tornando meu negócio melhor do que há 30 dias?” Lembre-se de que uso 30 dias como um número arbitrário. Quadros de tempo de 1 semana, 1 mês ou 1 ano fornecem um instantâneo.

    Não importa o quão agitada sua agenda fique, reserve uma hora por semana. Vá para algum lugar quieto. Pergunte a si mesmo: o que estou fazendo agora está tornando meu negócio melhor do que na semana passada, mês ou ano?

    Se você respondeu “Não”, então sabe o que precisa fazer. Você não precisa de influenciadores, tapinhas nas costas ou sessões de kumbaya perto da fogueira. Compare sua situação de um período de tempo para outro. Depois de comparar os prazos, pergunte a si mesmo a pergunta de Reagan.

    Você gostou da resposta?

    Pergunte ao seu cliente

    Depois de fazer a si mesmo perguntas sobre seu site, concentre sua atenção em seus clientes. Em vez de adivinhar, gosto de entrar em contato com os clientes e obter suas opiniões honestas em meu site.

    Tive essa ideia do meu primeiro emprego ao sair da faculdade. Duas décadas atrás, trabalhei no rastreamento de saltos - um termo chique para perseguir devedores que desaparecem. Os maiores infratores desapareceram por capricho. Os devedores pararam de atender ligações e ignoraram as cartas repetidas para suas casas.

    Para rastrear essas pessoas, encontrei amigos e familiares do devedor. Aprendi a fazer perguntas abertas. Parei de fazer perguntas com uma resposta sim ou não. Comecei a fazer perguntas que exigiam descrições, como:

    • “Como você conhece o Sr. X?”
    • “Eu gostaria de ajudar o Sr. X, como posso alcançá-lo?”
    1. O cliente perdeu o emprego.
    2. O cliente teve problemas de relacionamento.
    3. O cliente vivia de salário em salário. Eles tiveram uma despesa única neste mês, como contas médicas.

    Veja, a natureza humana nunca muda. As pessoas se movem em rebanhos. E o comportamento do rebanho é rastreável. Você verá isso com a regra 80/20, também conhecida como Lei da Potência. 20% de (x) produz 80% de (y). Agora vamos tentar um experimento de 5 minutos usando a Lei da Potência:

    1) Acesse sua ferramenta de transações de vendas e encontre os 10 maiores clientes que gastam.

    2) Ligue para cada um desses dez clientes.

    3) Descubra as seguintes informações:

    • i) O que eles gostam em seu produto ou serviço
    • ii) Como você os atende melhor
    • Você torna (i) ainda melhor
    • Você melhora (ii)

    Agora que estabelecemos um estado de espírito para entrar, vamos deslizar para a execução. Começamos abraçando um princípio chamado Kaizen. Kaizen vem de um estatístico americano chamado William Edwards Deming. Deming acreditava em melhorias incrementais contínuas em todos os aspectos do seu trabalho. O termo japonês kaizen vem do pós-Segunda Guerra Mundial. Significa melhoria ou mudança para melhor.

    Construir o tráfego do site exige uma grande quantidade de trabalho. É fácil perder o rumo. Para tornar sua vida mais fácil, divida grandes metas em pedaços pequenos.

    Objetivos Pequenos

    Para manter o controle, concentre-se em uma pequena meta todos os dias. Escolha um aspecto do seu site. Legibilidade, velocidade, taxa de rejeição, engajamento, etc. Escolha um deles e defina um prazo. Pode ser um dia ou uma semana. Então, eu quero que você melhore seus números 1% por período. Faça algo todos os dias ou todas as semanas para melhorar a experiência do seu site em 1%.

    Escolho 1% porque é gerenciável e quantificável. 1% dá a você outra coisa - impulso. Veja, você só precisa começar a se mover. Assim que você começa o movimento, a primeira lei de Newton assume o controle. Objetos em movimento tendem a permanecer em movimento. O movimento contínuo, mesmo com melhorias de 1%, paga dividendos.

    Se você for consistente com Kaizen, os juros compostos assumem. Você vê, 1% por dia durante 30 dias equivale a mais de 30%. O poder de composição transforma pequenos ganhos em ganhos exponenciais. Albert Einstein resumiu da melhor maneira:

    Os juros compostos são a força mais poderosa do universo.

    Vamos usar uma estratégia Kaizen com 1% de melhoria por dia. Combine todos os dias e veja o que você ganha:

    • Após 30 dias, você melhora 33,45%
    • Após 60 dias, você melhora em 79,87%
    • Após 90 dias, você melhora em ,44%
    • Após dias, você melhora em ,77%
    • Após dias, você melhora em ,64%
    • Quer passar um ano inteiro com dias? 1% por dia, todos os dias, resulta em um ganho de ,93%

    Agora você tem um plano de melhoria diária. E por falar em melhorias, vamos discutir outra maneira de melhorar - evitando erros.

    As sociedades agrárias de antigamente fizeram grandes avanços quando passaram a se perguntar: “Como podemos obter água?” para "Como podemos fazer com que a água chegue até nós?"

    Chamamos isso de inversão do processo de pensamento. A inversão vira sua pergunta de cabeça para baixo. Em essência, a inversão ajuda a evitar erros. Imagine o que você quer e pergunte, como você pode evitar que o oposto aconteça? Em vez de perguntar como melhorar, pergunte-se: "O que eu faria para falhar?" Esta questão força você a identificar o caminho errado e evitá-lo.

    A inversão também ajuda a expandir seu site. Se usarmos a inversão, começamos com o fim em mente. Vejamos alguns exemplos:

    • Pensamento regular: como você pode fazer com que um usuário se inscreva no seu boletim informativo?
    • Inversão: Quais itens em seu site impedem o usuário de se inscrever em seu boletim informativo?
    • Pensamento regular: como você pode fazer com que mais pessoas comprem seu produto ou serviço?
    • Inversão: Qual item do site impede que seus usuários comprem seu produto ou serviço?
    • Pensamento regular: Como faço para que o usuário leia meu artigo?
    • Inversão: Quais distrações e desordem impedem meu usuário de ler o artigo?

    O que você pode remover para melhorar as coisas? Imagine a jornada do usuário do início ao fim. Remova qualquer congestionamento que esteja interferindo em sua experiência. Com todos os possíveis obstáculos removidos, pergunte-se: como seria o seu site?

    Picos de desempenho evitam erros

    Se você olhar para qualquer campo, os melhores desempenhos abraçam a inversão. O investidor bilionário Warren Buffett e seu parceiro de negócios Charlie Munger praticam a inversão. Evitar a estupidez exige menos esforço do que se tornar uma pessoa brilhante. Charlie resume o sucesso da Berkshire Hathaway usando a inversão com esta citação:

    “O segredo da Berkshire é que somos bons em remover a ignorância. A boa notícia é que ainda temos muita ignorância para remover ”.

    Atletas profissionais praticam inversão durante uma partida. Pense em pingue-pongue ou tênis. No ensaio de Charles Ellis de , The Loser's Game, ele escreve:

    “O amador raramente vence o adversário, mas se vence o tempo todo. O vencedor neste jogo de tênis consegue uma pontuação maior que o oponente, mas ele consegue essa pontuação maior porque seu oponente está perdendo ainda mais pontos. ”

    A inversão se concentra em evitar erros bobos. Faça um tour mental pelo seu site. Quais itens ajudam o usuário? Que itens podem confundir o usuário? Como você pode remover esses obstáculos?

    Vamos discutir mais uma mentalidade de SEO - automação. Eu deixo a tecnologia fazer a maior parte do trabalho para mim. Quando você deixa a tecnologia fazer o trabalho, você evita o estresse, limpa sua agenda e não se esquece das coisas. Ao liberar seu tempo e limpar sua programação, você se concentra em tarefas importantes de construção de negócios. Eu uso dois princípios quando deixo a tecnologia fazer o trabalho por mim:

    1. Atualizações únicas. Construa-os uma vez e eles funcionarão para sempre.
    2. Automação. Eu uso scripts, trabalhos agendados e software para lidar com certas tarefas de SEO.

    Minha inspiração para atualizações únicas vem da lenda do infomercial Ron Popeil. Ron vendeu mais de 2 bilhões de dólares em produtos por meio de infomerciais. Suas frases de efeito grudam em seu cérebro como cola. Uma de suas famosas apresentações para a televisão veio do produto Showtime Rotisserie. Quando tiver alguns minutos, vá ao YouTube e assista a esta apresentação. É uma educação valiosa.

    Durante a apresentação de Ron, ele lê as instruções do churrasco. Ele pronuncia uma frase inesquecível para o público:

    "Basta configurar e esquecer."

    O público repete a frase com ele em uníssono durante todo o infomercial. Anos depois do infomercial, as pessoas ainda usam essa frase de efeito.

    O princípio definir e esquecer também traz valor para o SEO. Quando se trata de SEO na página ou de atualizações de velocidade da página, mostrarei como fazer atualizações únicas em seu site. Essas atualizações configuram e esquecem. Funcionam agora.

    Agora, certos princípios de SEO requerem monitoramento e trabalho consistentes. Se não podemos usar definir e esquecer, nossa próxima pergunta é: podemos usar a automação? Vamos explorar os benefícios da automação para o trabalho diário do seu site.

    Faça o trabalho enquanto dorme

    Imagine o seguinte: você se encontra em um sono profundo. Enquanto você relaxa sob as cobertas, um funcionário trabalha incansavelmente para ajudá-lo a construir relacionamentos com seus clientes. Esse funcionário também lida com tarefas repetíveis exigidas por sua empresa. Tarefas repetíveis requerem lembretes. Que tipo de lembrete as pessoas usam? Eles também:

    • Defina um lembrete de calendário para eles todos os dias, semanas, meses ou trimestres
    • Alguém os lembra a cada período de tempo sobre isso

    Esses trabalhos agendados são executados em segundo plano. Eles nunca se cansam ou fazem uma pausa. Você não tem que pensar sobre eles.

    No MathCelebrity, eu defini os trabalhos agendados para serem executados durante horários de tráfego lento. Impacta menos meu público quando os scripts são executados durante períodos de baixo tráfego. Normalmente, esses trabalhos são executados entre 4h e 5h CST todos os dias.

    Quando os trabalhos agendados são concluídos, recebo um resumo por e-mail. Caso algo dê errado, saberei quando acordar pela manhã. O e-mail me envia um relatório de SEO completo das últimas 24 horas. Eu chamo de meu

    Painel Executivo

    O painel executivo serve como seu briefing diário para o seu site. O painel contém métricas de SEO que discutirei mais tarde, como:

    • Ranking
    • Taxa de cliques (CTR)
    • Taxa de rejeição
    • Visitantes únicos
    • Páginas vistas
    • Existe uma página do meu site desativada?
    • A velocidade da minha página diminuiu?
    • Nosso engajamento na mídia social despencou?

    Finalmente, incluo uma seção de status no relatório do painel de todas as atividades de manutenção. Por exemplo, tenho um script que discutirei mais tarde para otimizar meu banco de dados e arquivos. O painel fornece detalhes sobre as tabelas otimizadas. Essas atividades otimizam a velocidade da página, um fator de classificação de SEO vital.

    Se a otimização falhar, receberei um relatório de erro. Eu amo esses relatórios de erro - eles servem como meus guarda-costas digitais. Eles procuram constantemente por problemas e me alertam sobre eles mais cedo ou mais tarde.

    A automação exige um investimento inicial de tempo. Mas o tempo que você gasta agora paga dividendos futuros. A melhor maneira de decidir sobre automação vem de seu investimento de tempo manual. Quanto tempo você gasta em certas tarefas? Quanto tempo leva para lembrar de fazê-los? Com que frequência você trabalha nessas tarefas?

    • Diário
    • Semanalmente
    • Por mês

    Automatizar por período de tempo

    Para qualquer tarefa diária, mesmo que leve cinco minutos, prefiro automatizar. Porque esses cinco minutos ocupam espaço em meu cérebro - roubando minha energia mental para tarefas mais importantes. Quanto mais força mental eu conservo para tarefas maiores, melhor eu desempenho.

    Eu recomendo que você tenha uma sessão de brainstorming de automação. Crie um gráfico com duas colunas abaixo:

    1. Tarefas que você deseja automatizar e saber fazer
    2. Tarefas que você deseja automatizar, mas precisa de ajuda

    Existe software livre ou scripts na Internet para ajudá-lo a automatizar? Você pode trocar favores com uma pessoa experiente em tecnologia? Por exemplo, você pode oferecer seu produto ou serviço em troca de ajuda de automação?

    Defina restrições para você mesmo. Como você pode automatizar sua segunda coluna sem gastar dinheiro? Essas restrições estimulam a produtividade. Eu defino automação como a interseção de preguiça e engenhosidade. Cada pequeno sucesso leva a uma grande realização.

    Trate cada sucesso como uma vitória. Quando você começa, o SEO é uma merda. As vitórias parecem poucas e distantes entre si. Eu gostaria que fosse diferente, mas não é. Imagine que você está sentado no topo de uma colina coberta de neve na Suíça. Você precisa fazer uma bola de neve com um metro de largura e 1,80 de altura. Você enrola uma pequena bola de neve na mão. Você começa com uma pequena bola de neve. Agora, pegue esta bola de neve e empurre-a colina abaixo. Quando você empurra pela primeira vez, é uma luta.

    Conforme você continua a empurrar, o ângulo da colina o ajuda. A bola de neve começa a rolar sozinha. À medida que rola, ele ganha velocidade. A velocidade acumula mais e mais neve no topo. Logo, a bola de neve explode em tamanho. Eu uso a imagem da bola de neve para representar o momentum. Depois que a bola de neve se move a uma velocidade decente, fica cada vez mais fácil construí-la. A colina começa a fazer o trabalho por você.

    A mesma regra se aplica ao SEO. O começo parece sem esperança. A jornada começa da mesma forma para muitos sites. Você cria conteúdo poderoso para compartilhar com o mundo. Mas surge um problema, o mundo não aparece. À medida que você trabalha mais e mais, deve considerar abandonar o SEO. Não tenha medo, deixe-me ajudá-lo a repensar sua missão. Depois de criar conteúdo de qualidade, pare e obtenha um backlink. Ou um resultado de mecanismo de pesquisa. Comece com um e, a seguir, construa a partir daí.

    Ao longo do livro, darei a você estratégias e táticas de construção de momentum para usar. Conforme você executa mais e mais destes, os resultados começam a chegar. Mesmo que seja uma nova estratégia, comece agora.

    Para dar a você outro visual de momentum, verifique o gráfico de uma Lei de Potência. A função para uma lei de potência pega o número 2 e o eleva à potência de n. Agora, quando n é igual a 1, você obtém 2. Quando n é igual a 2, você obtém 4. Esses números parecem minúsculos. Mas, quando n = 8, você obtém Quando n atinge 20, você ultrapassa Conforme n sobe, os ganhos explodem.

    Quando você olha para o gráfico, não é linear. É exponencial. E se você seguir as táticas e continuar a melhorar, você irá do nada, para um pequeno crescimento linear, para ganhos exponenciais.

    Faça com que as pessoas trabalhem para você

    Conforme você divulga seu nome no público digital, as pessoas começam a fazer o trabalho por você. Conforme a experiência do usuário melhora, as pessoas começam a fazer o trabalho por você. Conforme você aprimora seu conteúdo e seus produtos, as pessoas começam a fazer o trabalho por você. Primeiro aprenda os princípios. Em seguida, implemente-os. Em seguida, melhore-os. É difícil parar um trem quando ele começa a se mover. As mesmas regras se aplicam ao SEO.

    Você notará que quando as pessoas começarem a criar links para o seu conteúdo, mais pessoas farão links para o seu conteúdo. O mesmo acontece com ações e segue. Conforme sua “tribo” cresce, mais pessoas se juntam a ela. Números geram mais números, não diferente de uma bola de neve rolando por uma colina íngreme.

    Agora você tem a mentalidade por trás de um site de tráfego de seis dígitos. Vamos pegar suas táticas mentais e transformá-las em execução física.

    Parece contra-intuitivo, mas começamos nossa estratégia fora do seu site. Porque? Bem, lembra como falamos sobre o rebanho? O rebanho gosta de ficar seguro no ninho, como um filhote de passarinho. Assim como os filhotes de passarinhos, você precisa deixar o ninho para crescer. Evite restringir seu foco apenas à otimização no site. Para progredir, expanda sua visão para fora do seu site. A seguir, vamos discutir estratégias de SEO externo.

    Em qualquer eleição, o que as pessoas dizem pouco importa. Somente quando as pessoas votam, elas revelam suas preferências. O mesmo conceito se aplica ao mundo digital. Quando outros sites possuem links para o seu, chamamos isso de backlink. Os motores de busca os contam como votos digitais. Conforme o tempo passa, você quer mais votos digitais.

    However, not all backlinks are equal. Backlinks from spam sites hurt your ranking. Remember the old saying:

    People judge you by the company you keep.

    Google scores each backlink website. Like real life, they judge you by the company you keep. When you have a large percentage of spam backlinks, your SEO gets punished. Think of this as digital ballot stuffing. So when you go hunting for backlinks, focus on quality first, then you build on the quantity.

    Find out who links to you

    Using a tool like Ahrefs or Raven Tools, you get an automated list of your backlinks delivered to you. Take this list, and try to find a pattern within your backlinks. Do these websites cover a particular industry? Do the linking websites share any relations? Using pattern analysis, you gain deeper insight into who links to your website.

    Building on the existing backlinks, ask yourself a few questions:

    • What keywords do the backlinks share? If you find a pattern, you have an idea about your popular content. When MathCelebrity started to grow, I noticed large amount of algebra links. For a month after this, I focused on algebra calculators. My traffic never stopped growing after this.
    • What anchor text describes the link? Your company name, keyword, or your product? You get clues into how people view your content by the way they describe their links. Use this insight and craft your message accordingly.

    Search for high domain rank linking opportunities in your network or line of business. When you reach out to websites asking for backlinks, make sure you have an automated template. Use a mail merge program, or a list to template program. You want the person’s name, email address, and website URL.

    “Vanity is my favorite sin” — Al Pacino in the Devil’s Advocate

    Include a personal message in your backlink email. I used this strategy on LinkedIn to quadruple my connections within a year. Before I personalized invites, my bland connection requests had a small hit rate. After I added personalized messages to invites, my acceptance rate skyrocketed. Find out something unique or special about the webmaster before pressing the send button.

    I snagged a backlink on an education forum, after reaching out to the owner. I started the invite by referencing a quote directly out of her book. I built another relationship with a large education website from having my antenna up. The owner tweeted about study problems in the classroom. I messaged her with a link to an article about concentration. Next, I tied the article in with a YouTube video she posted from a year prior. I got a response within five minutes. Remember, people love to talk about themselves. And they love to hear their name. So get personal with your invites.

    Include the reason why linking to you benefits the person you contact. Reason why embraces the WIIFM principle:

    Vanity + WIIFM = Backlink Bonanza

    Track your contacts for backlinks. Treat these people as partners for your website. Take it a step further and add them to a separate list in your CRM. Set up a 3–5 day autoresponder.

    Day 1 marks the your first backlink request. If the webmaster adds your backlink, set up a CRM rule to cancel future backlink request emails. If your first backlink request goes unanswered, your autoresponder takes over. Set it to drip feed another email 2–3 days later, requesting a backlink or a link exchange.

    Influencers: How To Wipe Out Billion Dollars With 18 Words

    On February 21, , media sensation Kylie Jenner posted the following 18 word tweet:

    sooo does anyone else not open Snapchat anymore? Or is it just me… ugh this is so sad.

    Shortly after, Snapchat (SNAP) stock plunged 6%, equivalent to billion dollars in value. Snapchat’s plunge demonstrates the power of influencers. Kylie Jenner had million Twitter followers at the time of the tweet. When she posts, millions tune in. So why did Jenner tweet her discomfort with Snapchat? Because she disliked Snapchat’s new design. And many Snapchat users shared her disdain for the changes. What if Snapchat handled the update differently? What if they consulted with influencers like Jenner up front?

    Influencers act like digital power brokers. With a large following and social clout, their words and preferences carry heavy weight throughout their network. One suggestion from an influencer changes the course of brands. To put a dollar amount on it, did you know Kylie Jenner gets $, or more for Instagram brand promotions?

    For SEO, your job starts by finding ways in with influencers. Step 1, how do you engage influencers? Start with email outreach, favors, and delivering value to their audience. Unless an influencer finds your brand, you need to put your brand in front of them. To get in front of homeschool audiences, I offered to write an article for a popular homeschool website. I tailored the article to show the benefits of homeschooling in the business world. I also discussed my experiences at homeschool conferences. I mentioned very little about my own brand.

    This article earned me a profile page on the website with a link to MathCelebrity. The article helped me build a relationship with the site for future promotions. The profile page earned me a backlink for search engines on a popular website. I learned a key lesson from this campaign — focusing on the influencer’s interests.

    While manual outreach works, I like to automate tasks. To save time and speed delivery, try influencer automation software like Klout. Klout tracks influencers in your line of business. Scan this list and connect with influencers on social media. Since Klout provides a influencer score, start with high scoring individuals first. Once you have your influencer list, add them to your contact list. Tag this person in your contact list as “influencer”. This way, you can target future emails to industry influencers only.

    Take advantage of social media metrics. Klout reports give you metrics such as:

    • Followers
    • Likes
    • Mentions
    • Retweets

    What about keyword and influencer relations? The software BuzzSumo lets you type a keyword, and returns influencers related to this keyword. BuzzSumo provides metrics for your outreach campaign, including retweets and replies. Use these metrics to target people who retweet valuable information.

    To refine your outreach program, BuzzSumo breaks down the results as follows:

    • Bloggers
    • Influencers
    • Companies
    • Journalists
    • Regular People

    What about gifts? Try giving a free sample or free trial to an influencer’s audience. Nothing disarms skeptics faster in the digital world than the word “free”. Find a way to tie in your offer with the influencer’s interest.

    How about another strategy — the expertise appeal? Roundup posts or videos summarize important events within your industry. Reach out to a list of influencers and ask their opinion on a topic you want to cover. Make it simple for influencers to respond. On 90% of viral roundup posts I’ve read, they all had one question. Simple requests such as answering one question increase the response rate.

    Once the answers come in, prepare your roundup post. Or, you prepare a roundup post with links to influencers thoughts on a topic. Excluding the interview, you create an influencer central post. People love summaries — all the important information in one place.

    I’ve seen people mention a list of influencers in a post or video. If even one influencer responds, you get instant attention. As an added bonus, if the influencer links to your roundup, you earn a powerful backlink. Also remember, getting influencers to add content to your website grants you sideways authority. Influencers pick and choose who they talk to. If they talk to you, your credibility increases within your industry.

    Let’s switch gears, and go offsite for another valuable SEO strategy — user generated content.

    Testimonials

    As I read books and reviewed products, I noticed more clicks coming in from review sites. I picked up a few clicks from Goodreads, a book recommendation website. Every time I finish a book, I supply a rating on Goodreads. The rating contains a link to my personal profile, which has my website on it. Besides, I’m an author, so I get my own author page. This author page links back to my books and my website. If it takes 30 seconds to supply a review, you’ve spent your time well. Why? Because once you finish, you have no work left.

    User generated content creates a perpetual cycle. Search Engines get more fresh content, and you get a new backlink from your review. Search engines index user generated content (UGC) such as testimonials and forum comments. More readers find the user generated content. The more readers, the more user generated content. User generated content supplies search engines with a constant stream of fresh content.

    I almost forgot one more powerful force with user generated content…trending topics. People gravitate towards popular threads, products, and news. And when you comment, you put yourself “in the game”. When you provide valuable reviews, you position yourself as a respected authority. Quality reviews build your following. As more people follow you, more people see your profile, with a link back to your website. With continued reviews, you place yourself in front of more eyeballs.

    Guest blogging and posting

    Invest in finding new audiences. If you spend four hours writing one guest blog post with the right audience, it goes a long way to building your backlink profile. I like to call this passive automation. Informative blog posts get new leads and customers indirectly. If they like your content, they either follow you, or link to you in the future. As a guest blogger, you come “preapproved” by the website owner, which helps you gain credibility with your target audience.

    How do you automate guest blogging opportunities? You build a list of potential websites. As I described above with influencers, create a list of email addresses and websites. Set up your emails to reach out to website owners offering to guest blog. Once you have your list, you add them to your CRM with a tag of “guest_blogger”. Build a 3–5 day autoresponder sequence for initial contact and follow up.

    Follow the same steps as we did with influencers. If the original email remains unopened, send follow ups. Again, remember the WIIFM principle. Give the webmaster a selfish reason to let you guest blog. Offer free, valuable items to the audience you will write to.

    Choose your guest blogging opportunities carefully. Target high traffic, high engagement websites. Also, target websites in your line of business. Examples include trade journals, review websites, and industry news. Place yourself where the conversation happens.

    I found a great example of this in the movie “Unbreakable”. Bruce Willis plays a superhero who thrives on helping people. As he struggles with his identity, Samuel L. Jackson tells Bruce Willis:

    Go to a place where people are.

    Only by being in the right place, can you help people. Let’s stay on the theme of being in the right place, and work on our next strategy — broken link fixes.

    Broken Link Opportunities

    Using tools like SemRush and Broken Link Check, you scan for potential backlinks. Follow these steps:

    • Find websites describing your line of business
    • Check for links on this website leading to broken or error pages
    • Contact the webmaster and play the role of the knight in shining armor
    • Suggest your link as the place to point to

    “Dear Webmaster, I reviewed your website resources on blue trinkets. I noticed you have a broken blue trinket link. My website provides a useful resource for blue trinkets. I’d like to volunteer my website as a potential resource for your updated link.”

    Now, once you get your script together, build a contact template. Add the broken link URL, your product or service, and your replacement link. Use this system to contact webmasters and get more backlinks.

    Finding broken links grants you favor with a website owner. You took the time to find issues with their website. The website owner spent no money, and in return, they get a fresh link to show their audience. You get a new backlink. Everybody wins.

    Link Exchanges

    Sometimes, you have to give to get. You’ve heard the saying, “One hand washes the other, and both hands wash the face”. Link Exchanges present a prime opportunity to adopt this mindset. Your website is the left hand, your link exchange website is the right hand, and search engine gains are the face.

    Using your backlink scanning tool, find a list of websites in your industry with a domain rank greater than or equal to Call this Group A. Next, cross check this list with the existing websites who already link to you. Call this Group B. You want a list of B not in A. Now, to automate this, build another email template for outreach. Connect this template to your list of link exchange prospects. Using webmaster name, url, and line of business, you send the webmaster an email requesting a link exchange.

    To automate further, follow the same process I mentioned above with influencers. When your script runs, add the link exchange webmaster to your CRM. Make sure to add them on a separate marketing list in your CRM. Tag their account with “link_exchange”. Complete your automation with a 3–5 day autoresponder email sequence.

    Quality versus Quantity

    Start your backlink gathering with a variety of sources. But, as you start to climb the search engine ranks, you find yourself going against stronger competition. Once you get to the top two pages of search engines, adjust your strategy. When backlink hunting against stronger competition, pay attention to quality versus quantity. Target higher ranked backlinks — they pay more dividends than ten weak backlinks.

    Use Page Rank (PR) and Domain Rank (DR) to measure backlink quality. These scores tell you how popular a particular website is. Gather more backlinks with higher PR and DR websites — they bring more credibility. Think about it, would you rather have:

    • A random person on the street waving a sign with your company name on it
    • A respected authority or celebrity waving a sign with your company name on it

    Using Ahrefs, you find three backlink types:

    1. New backlinks
    2. Lost backlinks
    3. Broken backlinks

    Check your backlink profile once a week. Are you gaining backlinks, staying flat, or losing backlinks? Also, what quality backlinks do you attract? Use Ahrefs for deeper insight. Ahrefs gives you an automated report, as well as run scans for you to get this information.

    Alexa Insights

    Once per week, I check mlbjerseyschina.us for increasing Organic Rank. Their ranking tool tells you website popularity. Search Engines give more weight to backlinks on high traffic websites. You want popularity by association. When popular websites link to you, search engines assume your site must be valuable.

    Welcome to the new Google. Piles of weak backlinks used to get you higher traffic rank. I say “used to”, because the game has changed. To maximize results, you need to go whale hunting.

    Step 1: I find blogs or education sites to attempt a link exchange. Next, I go to Alexa and check their page rank. I’m shooting for 1 of 2 things on Alexa:

    1) A global rank of , or below

    2) A U.S. rank of 50, or below

    If the webmaster denies your link exchange offer, offer the blog owner a free trial to your service. You can also offer something of value. In exchange, you can ask for a review of your product or service which they place on their website. If neither of those work, I’ve worked with blog owners to help them fix problems on their website. I’ve gained favor with webmaster by finding spelling errors, expired backlinks, and other website errors. If I do them a favor, they may:

    • Give me thanks on their blog
    • Be open to mentioning me in the future since I did something for them for free (Law of Reciprocity)
    • Even though our website covers math tutoring, we may get one of their fans asking us for help. If their fans have a website, we get another backlink.

    Forum Goldmines

    Two years after starting MathCelebrity, I found two math tutoring forums. They had high traffic and a strong Alexa ranking. They dominated the eLearning industry. To expand my reach, I posted my calculators on question and answer posts. Each post had a signature which linked back to my website. As I posted more, my website link gets planted into people’s heads.

    Forums offer a place to ask questions and show your expertise. This expertise turns into people linking to your answer. With your profile visible, your answer thread links to your site. As you answer more questions, more people link to you. The search engines pick this up, making exponential growth possible. I recommend Quora for expertise sharing. Quora has industry influencers posting and commenting.

    As you answer more questions on Quora, they list you as a category expert. More people request your answers on topics. People see your profile activity as you contribute more. Your profile puts your website and social media links one click away. When Quora selects you as a resident expert, your profile gets a boost. Think of this as an indirect way to put your website in front of people.

    For question and answer websites, follow these steps:

    1. Fill out your profile. Put all social media links allowed. Add your website and company name.
    2. Find places to chime in with expertise.

    Trade magazines and industry publications

    No matter what field you work in, you’ll find a trade publication or Ezine covering your industry. Trade publications translate into valuable real estate for your business. Use these methods to find your way into them:

    • Public speaking
    • Trade show conference
    • Guest articles
    • Featured resource

    At a homeschool conference in Las Vegas, people tracked us down after reading our guest card promo. “I saw your ad, I had to come and talk to you. I want to add your website as a resource in our directory.” Directory links put you in front of multiple eyeballs.

    Favors are like seeds

    Seeking out backlinks requires finesse. Try offering something of value first before asking for a return favor. I once saw an unknown blogger gain notoriety at a conference using this method. He transcribed audio presentations into summary notes, then posted them on his website. Summary notes provided a summary to people who missed the conference. Conference attendees appreciated his bullet pointed recap. This little gesture built credibility. The next year at the conference, this same blogger presented on stage instead of taking notes.

    Demonstrate value and offer help. People gravitate to other helpful people. I’m reminded of Warren Buffet’s quote:

    “Someone is sitting in the shade today because someone planted a tree a long time ago.”

    Start planting backlink seeds now. The giant tree you see months from now may be your own.

    Now, let’s discuss another tactic to gain notoriety — being in multiple places at one time. They say money, and success, follows speed. The more people know about you, the faster your name spreads.

    When the media asked actress Sally Kellerman why she stumped for Governor Jerry Brown, she said:

    “20 years ago, I asked 10 friends to help me move. Jerry was the only one to show up.”

    You’ll find great value from being in many places. Find out where the most people need help from your product or service, and get there. Answer questions and help people out. Whether it’s forums, blogs, or online question and answer sessions, make yourself visible. If you’ve seen the movie Lord of the Rings, you need to be the Eye of Sauron — all seeing. You don’t have to do this all the time, but you need to do it enough in the beginning. Get your name and website on the top of the list for helpful people.

    In my third year building MathCelebrity, I started answering questions on a few popular math forums. I noticed a distinct increase in my traffic from the time I helped. As I posted more often, my name showed up on other websites. As my mentions grew, people came to me for help. Once you make a name for yourself, you’ll get more help requests. Your name becomes affiliated with the words help and service.

    Answer the Call

    Be the guy who answers the call. Find forums or discussion hubs where you can contribute. Next, find questions where your answer blows away any competitor. I used this strategy in my third year of MathCelebrity. I scoured math tutoring forums and offered help on difficult problems. When applicable, I linked back to my website. Or, I featured my website in my profile. After a while, I started getting personal requests for help.

    A propósito, quando as pessoas procuram você, você passa de caçado a caçador. À medida que ajuda mais pessoas, você se transforma em um ímã de tráfego. Certa vez, ajudei um estudante universitário desesperado às duas da manhã com uma aula de estatística. Construí uma nova calculadora para ajudá-los a resolver cinco problemas. No dia seguinte, eles enviaram uma nota de agradecimento poderosa. A nota incluía alguns amigos e mencionava como eles contaram a todos que conheciam meu site. Em três dias, comecei a receber 30 visitas diárias a esta nova calculadora.

    Depois de estabelecer um ponto de apoio com os estudantes universitários, procurei outros lugares para ajudar. Encontrei outro fórum de tutoria de matemática com pessoas necessitadas. Depois de responder a perguntas por uma semana, pedi a mais três pessoas que me procurassem em busca de ajuda. Durante os momentos em que ajudei nos fóruns, meu tráfego continuou crescendo.

    Ideias de produtos e serviços

    Quando você trabalha no modo de ajuda, obtém uma visão poderosa dos problemas das pessoas. Conforme você ajuda, eles confiam mais em você. Quando eles confiam mais em você, eles se abrem. Você começará a ouvir coisas como “Seria bom se…” ou “Você consegue…”. Trate essas questões como uma pesquisa de mercado gratuita. Utilize-os para sua vantagem. De minhas conversas no fórum, eu tinha uma ideia por semana com os alunos que ajudei. Cave profundamente, aprenda os pontos fracos, resolva problemas. Depois de fazer isso, o tráfego começa a cuidar de si mesmo.

    “Se você não é o primeiro, você é o último.” - Ricky Bobby

    Parabéns, você conseguiu um emprego como treinador de futebol. No dia do draft, você escolhe um jogador de um grupo de dez. Você fica no campo examinando os jogadores. Você os observa jogar, pular, correr e pegar. Depois de algumas horas, você restringe sua escolha a dois jogadores. Você manda todo mundo fazer as malas. Durante a próxima hora, você executa os dois últimos jogadores em uma série de exercícios. Você quer encontrar o melhor jogador para o seu time.

    Depois de uma hora, você revisa suas anotações. Ambos os jogadores têm habilidades iguais para arremessar, pegar e pular. Na parte inferior do seu bloco de notas, você nota uma diferença entre os jogadores. O jogador A corre 40 jardas mais rápido do que o jogador B. Agora tenho uma pergunta para o seu treinador qual jogador você escolhe?

    Paciência zero na natureza humana

    Antes de discutirmos a resposta, vamos discutir a experiência do usuário. Vamos usar o exemplo do treinador acima, mas em vez de atletas, usamos páginas da web. Pegue dois negócios exatamente iguais. Mesmo produto, mesmo conteúdo, mesmo layout de página, mesma oferta. Mas a página da Web da Empresa B carrega um segundo mais rápido.

    Os usuários se importarão? Eles vão notar? Leia esta estatística para descobrir:

    “Um atraso de 1 segundo na resposta da página pode resultar em uma redução de 7% nas conversões” - Aberdeen Group

    Mais uma estatística para fazer seu queixo cair:

    “47% dos consumidores esperam que uma página da web carregue em 2 segundos ou menos” - Akamai

    Fique comigo, nós começaremos a pesquisar rank em breve. Vamos analisar o que acontece com as taxas de rejeição com tempos de carregamento mais lentos. Se um usuário fica frustrado com a velocidade de carregamento da página, ele sai. Ou eles podem se perguntar: “Se a velocidade da página diminuir, que outros problemas vou encontrar?” Páginas inchadas aumentam sua taxa de rejeição. E a taxa de rejeição, meus amigos, afeta o SEO.

    Lembra-se do exemplo do treinador de futebol anterior? Pegue duas páginas da web com o mesmo conteúdo, a mesma oferta, os mesmos backlinks e o mesmo ramo de negócios. Mas a página B carrega um segundo mais rápido. Adivinha qual superará o outro?

    O mais rápido .

    E os benefícios da velocidade vão além do tempo de carregamento da página. É melhor você ser rápido como um relâmpago para chamar a atenção das pessoas também.

    Oh, olhe para o esquilo!

    Embora a natureza humana não mude, nossa atenção fica pior. Um estudo recente do Consumidor da Microsoft nos dá notícias sombrias. Você tem, em média, oito segundos para chegar ao ponto em que alguém visita seu site. Oito segundos. O que significa que cada segundo que você consome com o tempo de carregamento da página diminui o tempo da mensagem. Quanto mais tempo você tiver para fisgar o visitante, maior será a probabilidade de ele permanecer com você.

    No tempo que o leitor médio levou para completar a última frase acima, perdi minha janela de oito segundos. Puf se foi. Mostro isso para ajudá-lo a entender o quão rápido você precisa para chamar a atenção.

    Mecanismos de busca controlam você

    Agora, vamos examinar isso sob os olhos do mecanismo de pesquisa. Os motores de busca desejam fornecer conteúdo relevante. O conteúdo relevante não significa nada se as pessoas não ficarem por perto para digeri-lo. Os carregamentos lentos da página fazem com que os usuários frustrados apertem o botão Voltar, para nunca mais voltar. Este botão Voltar penaliza você na guerra por rank de pesquisa. Cada vez que alguém pressiona o botão Voltar em 30 segundos, a pontuação de SEO do seu site é atingida.

    Não para por aí. Suponha que sua página tenha carregado 1–2 segundos mais rápido. Suponha que essa velocidade o ajudou a manter 25% mais visitantes por mais de um minuto. Sabemos que quanto mais tempo um visitante permanece em seu site, mais investido ele está. Quanto mais investidos estiverem, maior será a probabilidade de agirem. A ação vem na forma de opt-ins, compras e compartilhamentos para sua rede.

    Você vê, cada segundo a mais que sua página leva para carregar, você perde visitantes. Você perde referências. Você perde leads. E você perde clientes. Você pode estar se perguntando: um segundo é grande coisa?

    sim.

    Para mostrar por quê, vamos falar sobre perda de peso. Em vez de gordura, precisamos perder outra coisa

    Esvazie sua mala

    Dois meses atrás, eu administrei meu site no Google Page Speed ​​Insights. O Google sugeriu compactar e minimizar meus arquivos para fazer minha página carregar mais rápido. Fiz uma alteração - removi os espaços em branco dos arquivos do meu site. O que aconteceu depois? A remoção de espaços em branco carregou minha página da web mais rápido.

    Como? Bem, imagine que você tire férias. Você precisa carregar uma mala grande. E se você removesse 25% dos itens da mala? Além disso, esses 25% dos itens não têm valor para as suas férias. Você não precisa deles.

    Se você remover esses itens, como você se beneficiaria? Para começar, você teria que carregar menos peso. E menos peso significa menos pressão sobre o corpo. Menos peso significa que você anda mais rápido. E menos peso significa uma experiência mais prazerosa. Então, como isso se traduz em meu exemplo de insights do Google Page Speed?

    Reduzi a quantidade de material no meu site em 25%. Tradução - aliviei minha mala digital. Depois de aliviar minha mala, refiz o teste de velocidade da página e minha classificação de velocidade da página aumentou em cinco pontos. Dois dias depois de fazer essa alteração, minha página da web saltou da página seis para a página quatro no Google para a página em questão. Uma nota final: esta palavra-chave tem uma competição acirrada.

    Agora você conhece a psicologia e a estratégia por trás da velocidade da página. Com sua abordagem mental concluída, vamos discutir a automatização de tarefas de velocidade de página. Eu uso o Google Page Speed ​​Insights para métricas de carregamento de página. Você entra na página do site do url que deseja testar na caixa de entrada. O Google Page Speed ​​Insights retorna um relatório de métricas de velocidade da página. Eles mostram uma pontuação de velocidade de página para dispositivos móveis e desktops. O Page Speed ​​Insights oferece cores de avaliação: vermelho, amarelo ou verde.

    • Vermelho significa um problema crítico que prejudica a experiência do usuário
    • Amarelo significa um problema não crítico. Isso ainda afeta a velocidade da sua página
    • Verde significa que o Google gosta do que você fez com a página

    Para evitar esquecer a velocidade da página, defina um lembrete de calendário mensal para verificar o Google Page Speed ​​Insights. As verificações mensais garantem que você mantenha a velocidade da página em primeiro lugar. Se você conhece um programador, ou pode se programar, automatize esta etapa usando a API do Google. Tenho um programa semanal que funciona no domingo à noite. Usando a API do Google, ele envia algumas páginas do meu site por meio do programa Page Speed ​​Insights. O Google retorna minha pontuação de velocidade de página para essas páginas. A última etapa de automação que criei produz dois alertas de e-mail:

    1. Se minha pontuação de velocidade da página móvel cair abaixo de 70
    2. Se minha pontuação de velocidade da página para desktop cair abaixo de 65

    Além da perda de peso digital, de que outra forma você pode reduzir o tempo de carregamento da página? A resposta está em um trabalho ruim com muitos chefes.

    Já trabalhou em um emprego em que precisava de níveis de aprovação para as menores decisões? Primeiro, você tinha que perguntar ao seu chefe. Então seu chefe perguntou ao chefe deles. Seu chefe perguntou a um executivo. Você preencheu pilhas de formulários. Aprovações aprovações necessárias. Todo o processo demorava semanas, às vezes meses. E os resultados - camadas extras desperdiçaram tempo e reduziram a produtividade.

    Compare isso com empresas de pensamento independente. Onde você tem uma ideia, você a conversa com algumas pessoas e, em minutos, você age.

    Detalhes de solicitações HTTP

    A burocracia também acontece no mundo digital. As páginas da web ficam atoladas com decisões extras. Para carregar uma página da web, várias decisões ocorrem. Chamamos essas decisões de solicitações HTTP. HTTP significa Protocolo de Transferência de Hipertexto - linguagem da web para, pegue um arquivo e use-o para apresentar nossa página da web. Quanto mais solicitações HTTP você fizer, mais tempo sua página levará para carregar. Vamos usar uma página da web de exemplo, chamada mlbjerseyschina.us Esta página contém os seguintes arquivos:

    • 2 arquivos de imagem .jpg
    • 2 arquivos Javascript (js)
    • 1 arquivo CSS
    • O total de solicitações HTTP é igual a cinco (dois jpg, dois js e um arquivo css)

    Painel de rede do Google Chrome para resgatar

    Para ver quantas solicitações HTTP sua página da web faz, recomendo o painel de rede do Google Chrome. O painel de rede mostra cada solicitação HTTP, a latência e o tipo de arquivo. Nos próximos capítulos, mostrarei como reduzir o número de solicitações HTTP. Também mostrarei como reduzir o tamanho de cada solicitação HTTP.

    Ferramentas de velocidade de página

    Eu recomendo o Pingdom para analisar a velocidade da página. Pingdom divide a velocidade da página por arquivos e processos. A análise mostra quais arquivos e processos demoram mais. Desta vez, o carregamento da página fica mais lento. O Pingdom até os testa em diferentes locais ao redor do mundo. Os alertas em tempo real informam sobre quaisquer problemas de velocidade da página. Os alertas o mantêm alerta para evitar um site lento e desajeitado.

    Comece com os insights do Google Pagespeed como seu alvo. Atire para uma pontuação de 75 ou mais em computadores e dispositivos móveis. Em seguida, use o Pingdom e outras ferramentas como GTMetrix e YSlow.

    Depois de reduzir o número de solicitações HTTP, vamos trabalhar na redução do tamanho de cada solicitação. Venha comigo na máquina do tempo e vamos voltar mais de dez anos. Encontraremos outra tática de SEO em um famoso comercial sobre compressão.

    Já viu o comercial de saco de vácuo para roupas? Se não, confira o vídeo no YouTube chamado “The Vacuum Seal Space Saver Tote”. A premissa atrai você para dentro - você armazena roupas usando uma fração do espaço usado para dobrar.

    O comercial abre com uma mulher sentada em um armário cheio de roupas. Ela empilha um cobertor, um travesseiro e alguns outros materiais em uma pilha de um metro de altura. Em seguida, ela enrola a sacola com lacre a vácuo ao redor da pilha. Ela inicia o aspirador e, em segundos, a pilha encolhe para menos de um pé de altura. Mais tarde no comercial, ela abre a bolsa e desempacota as roupas em perfeito estado. Nada mudou com as roupas - exceto o ar dentro do espaço de armazenamento.

    Você sabia que o SEO tem uma bolsa de proteção de espaço a vácuo? Chama-se compressão e ajuda a reduzir o tempo de carregamento da página e a acelerar o seu site. A definição de compressão é:

    Reduzindo a quantidade de espaço ocupado

    No comercial de vácuo, a compressão removeu o ar. Para o seu site, a compactação remove itens digitais. Vamos revisar como funciona.

    A conversa do navegador e do servidor

    Quando um usuário visita seu site, ocorre um processo de quatro etapas:

    1. O navegador da Internet do usuário solicita uma página em seu site

    2. O servidor procura o arquivo e determina se o usuário fez uma solicitação de página válida

    3. Para solicitações válidas, o servidor lê o arquivo e o envia para o navegador

    4. O navegador lê o arquivo e o apresenta ao usuário

    A conversa do navegador e do servidor (compactado)

    Quando um usuário visita seu site, vamos revisar o processo compactado de quatro etapas:

    1. O navegador da Internet do usuário solicita uma página em seu site
    2. O servidor procura o arquivo e determina se o usuário fez uma solicitação de página válida
    3. Para solicitações válidas, o servidor lê o arquivo e envia uma versão compactada ao navegador. Os arquivos compactados constituem uma fração do arquivo em tamanho real.
    4. O navegador descompacta o arquivo compactado e o apresenta ao usuário

    Estudo de caso de ganhos de velocidade

    Quando adicionei uma ferramenta de compactação chamada GZIP ao MathCelebrity, meus arquivos de página compactados encolheram 80% ou mais. Menos informações significa tempos de carregamento de página mais rápidos. Como você conhece a mecânica por trás da compressão, mostrarei o código de alguns servidores. Use este código para construir GZIP. A beleza disso é que, uma vez que você configurou, está feito. Ele se aplica a arquivos antigos até este ponto e a qualquer novo arquivo adicionado em uma data futura. Agora, vamos examinar alguns exemplos de compactação em servidores.

    Servidores Apache

    Em seu arquivo .htaccess, adicione este bloco de código:

    # BEGIN GZIP
    <ifmodule mod_deflate.c>
    AddOutputFilterByType DEFLATE text / text text / html text / plain text / xml text / css application / x-javascript application / javascript
    </ifmodule>
    # END GZIP

    Servidores Nginx

    gzip on;
    gzip \ _min \ _length ;
    gzip_proxied expirou no-cache no-store auth particular;
    gzip_types text / plain application / xml;

    Cole este código, salve e pronto! Aproveite os benefícios de velocidade e vantagem sobre seus concorrentes.

    Em frente, para uma boate, onde vou mostrar a você outra tática de velocidade de página.

    Você já foi a um bar ou boate onde mostrou sua carteira de identidade? Após visitas repetidas, o porteiro o reconheceu e o deixou passar sem mostrar sua identidade. O porteiro conhecia sua aparência, sua idade e sua personalidade.

    Agora, e se você cortasse o cabelo, tingisse o cabelo ou ganhasse muito peso? O porteiro irá cardar você novamente. Como você parecia diferente ou agia diferente, o porteiro precisava verificar sua identidade. O porteiro só fazia cartões para novas pessoas, ou pessoas existentes que fizeram mudanças físicas drásticas.

    Ao evitar mostrar sua identidade, você economizou tempo. Você continuou andando, sem parar, direto para o bar. Você sabia que também pode fazer isso com os arquivos do seu site?

    Os carregamentos de páginas têm seus próprios, sem necessidade de mostrar sua tática de identificação . É chamado de cache de arquivo. Quando você armazena arquivos em cache, certos arquivos são armazenados na memória após o primeiro uso. Dessa forma, quando um usuário visitar uma página no futuro, o site utilizará os arquivos armazenados ao invés de produzir novos. O navegador lê o cache, se instruído.

    O armazenamento em cache acelera o tempo de carregamento da página - proporcionando ao usuário uma experiência melhor. A configuração do cache leva 60 segundos. Um bloco de código automatiza esse processo.

    Para sites de servidores WordPress e Apache, vamos revisar um exemplo. Primeiro, encontre o arquivo .htaccess dentro dos arquivos do seu site. O arquivo .htaccess fornece instruções para o seu servidor. Se você não tiver habilidades técnicas, peça ao seu desenvolvedor web para fazer isso. Em seguida, cole o seguinte bloco de código no arquivo .htaccess.

    # Iniciar CACHE
    FileETag MTime Size
    <IfModule mod_expires.c>
    ExpiresActive On
    ExpiresDefault “acesso mais 3 dias”
    ExpiresByType texto / css “acesso mais 7 dias”
    ExpiresByType texto / simples “acesso mais 3 dias”
    ExpiresByType imagem / gif “acesso mais 1 mês ”
    ExpiresByType image / png“ access plus 1 month ”
    ExpiresByType image / jpg“ access plus 1 month ”
    ExpiresByType image / jpeg“ access plus 1 month ”
    ExpiresByType application / x-javascript“ access plus 7 days ”
    ExpiresByType application / javascript“ access plus 7 dias ”
    ExpiresByType application / x-icon“ access plus 1 year ”
    ExpiresByType application / mlbjerseyschina.us-fontobject“ access plus 1 year ”
    ExpiresByType application / x-font-ttf “access plus 1 year”
    ExpiresByType application / x-font-opentype “access plus 1 year”
    ExpiresByType application / x-font-woff “access plus 1 year”
    ExpiresByType image / svg + xml “access mais 1 ano ”
    </IfModule>
    # Terminar Cache

    Este bloco de código armazena em cache imagens, texto, scripts e arquivos de fonte. Siga estas etapas simples:

    1. Cole este código em seu arquivo .htaccess
    2. Salve isso

    The ExpiresByType specifies the file type first — image, script, or a font. Next, it specifies how long we cache the files before checking for updated files. Let’s take the png files, we have access plus 1 month. What this means is, immediately after a new user visits your website, the clock starts now, counting for 30 days. Cached files load to a user’s temporary directory. When they return to your website within 30 days, the webpage uses the cached files in the user’s cached folder. The cache process speeds up the loading time by grabbing the cached image.

    With each cached file, the page load time gets faster. Make this change and watch your page speed score and SEO rank increase. If you use WordPress, check out the WP Super Cache plugin.

    Staying with file delivery tactics, let’s discuss another file delivery trick — embracing the shortest distance between two points.

    In Michael Lewis’s book, “Flash Boys”, he talks about a high speed trading company moving their server a few feet away from an exchange server. The high speed trading company paid millions of dollars to gain a few thousandths of a second. Why? Because each fraction of a second meant faster trading and more profits. The less distance information traveled down the internet cables, the more money they made. Why? Because they executed trades faster before price moved in their favor.

    CDN’s get closer

    The same principle works with files loading for web pages. Instead of high speed trading orders, we want to speed up static content delivery. Static content means content delivered without changing. Three examples of static content include:

    • Images
    • Javascript
    • Cascading style sheets (CSS)

    Consider your home internet. Pretend you have two cables which grab Internet information. One of them reaches three blocks away. The other one reaches miles away. Which cable delivers faster? Closer means better and faster, the goal of a CDN. It determines the closest server to your location, and grabs the static content from there.

    CDN’s reduce latency — the time it takes between a request made and a request fulfilled. When a server produces a webpage, it follows the instructions on the page to build the components. The more components required, the longer the build takes.

    Component location determines page speed as well. Take jQuery files as an example. You can link directly to the jQuery website for the script. Or, you can download the jQuery script to your local server. The local option works faster, because the browser makes no request to an external site. Why go grab files over the internet when you have them right next to you?

    Now you have the basics to optimize file delivery in a website page load. I’ve also covered optimizing delivery based on location. Now, I want to get more detailed, and go through each file type. With each file type, I’ll show you ways to optimize them within a page load.

    “Telling stories with visuals is an ancient art. We’ve been drawing pictures on cave walls for centuries.” — Deborah Wiles

    Images give you a vivid way to express information. While images convey powerful messages, they take up space. More space means more time to load on a page. Fear not, I have good news. You see, you have a few tools to speed up and optimize image loading.

    Let’s begin with color depth. Color depth, or pixel depth, equals the number of bits per pixel to display a color on a computer screen. To optimize images, you reduce the color depth. While you reduce the color depth, you maintain the original color of the image. When optimizing images, follow these two rules:

    1. Reduce the color to the lowest possible level
    2. Avoid compromising the image appearance

    I recommend image compression tools for this. If you use WordPress, check out WP Smush. Otherwise, I use the website mlbjerseyschina.us Simply upload your image, choose your size and settings, and you get back a compressed image.

    Resize Images

    What about images with multiple sizes based on a website section? You might use a thumbnail for a profile picture. Many websites choose the lazy route, and set up a full size image, and let the HTML resize command resize it. When the browser resizes, it takes extra time to load the page. Instead, resize your image to fit your browser first. Do this using image resizing tools like Pic Resize or Image Resize.

    Image comments

    Sometimes, people write comments or text inside images. They might leave their name, or a description about the image. While the user cannot see this text on a webpage, it makes the file size larger. You can see these comments if you drag an image file into a text editor. For any images on your website, make sure your final image file removes comments.

    Lossless versus Lossy Image Compression

    Before we get into image types and compression, let’s discuss the two compression types. Lossless compression uses a statistical algorithm to generate a data model. This algorithm makes no sacrifices in the image quality. It reconstructs the image from compressed data. Nothing gets lost.

    Lossy compression works differently. Lossy compression may store the compressed image at a lower resolution than the original image. For MathCelebrity, and my consulting clients, I always use lossless compression.

    Image Types

    Let’s look at the common image types using on web pages and their compression types.

    • Graphics Interchange Format (GIF) — Supports lossless compression
    • Portable Network Graphics (PNG). Supports lossless data compression
    • Joint Photography Experts Group (JPEG) — Lossy data compression
    • Tagged Image File Format (TIFF)
    • Bitmap image (BMP) — Supports lossless compression

    Next on our list for file optimization, I give you another digital weight loss tactic.

    What if you gained by losing? Consider a person carrying 33 pounds of extra weight. It’s the same as carrying four gallons of water every day, all day. As the overweight person shaves pounds off their frame, their entire world changes. Their facial features shine. They have a defined chin and jawline. They take better pictures. They get more energy. Imagine walking a few miles everyday holding four gallons of water. Every eight pounds they lose, they drop off another gallon of water. The extra energy gives this person pep in their step. They have more energy to focus on things they love.

    By losing weight, they gained a better life, We call this addition by subtraction. The same principle in dieting carries over to websites. Website files lose weight using a process called minification. Minification gives the user the same website file, but faster. When a website files “loses” weight, they lose bytes. Bytes equal units of digital information. Think of bytes as pounds in the digital world. When files lose bytes, they load faster giving the user a faster experience.

    Removing unnecessary characters in your script files helps you lose digital weight. Digital weight loss comes in two forms — random blank spaces and code comments. When a web page loads, your browser ignores code comments and random blank spaces. But, they increase your page load time, because the server spends time removing them.

    Since the browser ignores them, why use them? The server only reads the characters performing tasks. Minification removes comments and random blank spaces up front, before the page loads. Now when your web page loads, all the unused bytes get left behind.

    I minify two types of files. Javascript (js) and Cascading Style Sheets (CSS). I’ll walk you through each minification process.

    Let’s get deeper into minification. You want to minify all your javascript files. These file names end in a .js file name — such as, mlbjerseyschina.us The Javascript programming language performs dynamic actions on a website. As websites evolve, more and more Javascript gets used.

    It’s important to learn minification earlier. This way, you get in the habit of optimizing Javascript files. To minify Javascript files, I use a website called JS Compressor found at mlbjerseyschina.us What does minification remove from javascript files? Let’s review a few example below:

    • Comments — Used by developers, comments document their code. When the script runs, the browser ignores the comments. But remember, comments add space to the file.
    • Unnecessary formatting such as blank spaces. Blank spaces get ignored, but they add space to the file.
    • Shorten variable names. You might declare a variable such as myreallylongvariable. Instead, abbreviate to mrlv. The variable mrlv, repeated a few times, uses less bytes than myreallylongvariable.

    // Hello, I wrote my comment
    var my_really_long_variable = ‘xyz’;

    var num = 2;

    Now let’s review the minified javascript file:

    var my_really_long_variable=’xyz’,num=2;

    Notice the minified version removed the comments and blank spaces. Minification removed multiple declaration of variables using the command “var”. It stated “var” one time, and then placed all the variables after it on one line. Do you see how minification reduces file size? Javascript optimization extends beyond minification. What about timing? What if we delay the Javascript loading to speed up the rest of the page load?

    Wait for it…Wait for it

    We do this through asynchronous page loads. Asynchronous means delay until another event runs. On MathCelebrity, I use a share widget called Sumo share. Sumo uses Javascript files for the share widget. Since I don’t need the sumo share widget when the page loads, I delay the loading of this file until my vital content loads. This way, the user can read my content first. The Sumo widget pops up after the vital pieces of the page loads.

    Besides reducing file size and file load time, you can eliminate the number of Javascript files used. As an example, imagine you and seven friends want to go to a party. If you each took your own car, you use eight cars. Eight cars takes up more roadway. But what if you and your friends took two cars, seating four people in each car? We use the reduced car example in our Javascript and CSS file load.

    Combine Files

    Remember we talked about HTTP requests earlier? In the example above, think of each HTTP request as a car. They all go to the same place. With each file you add, you create another HTTP request. With Javascript, you can reduce the number of HTTP requests by combining files. If you have three Javascript files used on a webpage, consider combining them. When you combine all three files into one file, you reduce the amount of HTTP requests made.

    External versus Internal

    While we reduce the amount of files we use, why not reduce the amount of external files we use? Let’s discuss local versus external files:

    • Local — Stored on your server
    • External — A command sends a request to another website to grab code and use it for your website.

    Let’s continue with CSS minification. You want to minify all your CSS files. These file names end in a .css file name — such as mlbjerseyschina.us CSS stands for Cascading Style Sheets. CSS helps you style multiple elements on a website using one command. As websites evolve, more and more CSS gets used, expanding unused code. To minify CSS files, I use a website called CSS Minifier found at mlbjerseyschina.us What does minification remove from javascript files? Let’s review a few examples below:

    • Comments — Used by developers, comments document their code. When the script runs, the browser ignores the comments. However, comments add space to the file.
    • Unnecessary formatting such as blank spaces and indentation. Blank spaces get ignored, but they add space to the file. The same rules apply for indentation.
    • Remove newlines.

    `// Hello, here is my comment .myclass { display: none; }

    .mathwork { border: 0; clip: rect(0 0 0 0); height: 1px; margin: -1px; overflow: hidden; padding: 0; position: absolute; width: 1px; }`

    Now let’s review the minified version of this CSS file:

    .myclass{display:none}.mathwork{border:0;clip:rect(0 0 0 0);height:1px;marginpx;overflow:hidden;padding:0;position:absolute;width:1px}

    Notice the minified version removed the comments and blank spaces. Minification removed newlines, and then placed all the statements in one line. Now you see how minification shaves down file size. After reducing file size, we move to file placement.

    Inline CSS

    Some website owners like to put CSS directly into the HTML on a page. We call this process inlining. Too much inlining bloats a web page. Instead, we place our CSS in .css files and include this on the webpage. It’s cleaner, and avoids bloat.

    Combine Files

    Remember we talked about HTTP requests earlier? Each file needs another HTTP request. With CSS, you can reduce the number of HTTP requests by combining files. If you have three CSS files used on a webpage, consider combining them. If you combine all three files into one file, you reduce the amount of HTTP requests made.

    External and Internal

    We use the same principle above with external Javascript files as we do with external CSS files. I recommend you download the code locally, instead of going out to the Internet to get code.

    Ok, time to shift gears. I’ve discussed files for page load. Now let’s discuss data and database optimization.

    If your website stores and accesses data, then your website relies on a database. Databases contains structured sets of data. Whether you use eCommerce, personal data on your customers, or content management systems, you use a database. And optimizing your database pleases your users. This chapter helps you find ways to speed up database requests. The less time spent on database requests, the faster your page load.

    Optimize Tables

    When you optimize your database, you reduce storage space of table data and indexes. You have a few options to do this. You can do this manually at regular intervals. For example, once every month, you can go into your tables, and optimize them manually. Or, you can automate this process.

    Since I’m impatient, I don’t want to wait a month. So I built a nightly script to optimize databases. At AM CST, a script runs to optimize my tables. I don’t have to do anything else. When I get my morning dashboard report, it sends me the statistics of the optimize tables script. The report tells me how many tables optimized, how many successes, and how many failures.

    The script selects my database and gets all the tables. Next, it loops through each table, and runs the optimize script on each table. Note the dynamic ability of this script. If tomorrow, I have three more tables in my database, it will optimize those new tables. If next week, I have two less tables, it won’t try to optimize the old tables anymore. It selects the tables in my database to optimize, and then runs the script.

    Optimize Queries

    If you use WordPress or a database driven website, queries grab data to present to your user. Since queries take time to go fetch data and return it to the user, we have another chance to speed up a website. Adding indexes speed up query requests. Indexing assigns a unique value to every record. When a query uses an index, sorting and filtering results runs faster. Let’s use a table with first name, last name, and gender. I’d add a new field called personId. Each person gets a unique id. And anytime you grab personal data on your website, use their personId instead of their name. Any queries you run use personId, so they run faster.

    In the comedy movie “Spaceballs”, the hero, his sidekick, and the princess escape from the bad guys into the desert. The hero tells the princess to pack lightly for their trip. Later on, the scene cuts to the hero and his sidekick under the boiling sun — lugging a large container of the princess’s belongings. As the hero and his sidekick start sweating and panting, they drop the case and open it up. Inside, they find a large hair dryer and nothing else. The hero, upset with the princess for ignoring advice, exclaims:

    “Take only what you need to survive!”

    The Spaceballs scene brings us the next step for query optimization — grab only the data you need. Picture a trip to the grocery store. Your grocery list has fruit, and fruit only on it. If you fill up your basket with other groceries, you waste time and space. When you go to grab fruit, put fruit in your basket and nothing else.

    Let’s use our example database above. For a particular webpage, we want to count the number of male and female users. Our query should only select the gender field. Skip first name or last name in our database query. Less information means a faster response.

    Congratulations! You completed the page speed SEO tactics. It’s a lot of information. Speed improves removes bloat, improving user experience. And I see many slow and bloated websites out there. The chapter you just read puts you far ahead of your competition.

    Let’s discuss on-page SEO strategies next. You’ll discover tips and tricks to build directly within your web page. These tips optimize user experience and boost your SEO rank..

    To achieve SEO success, use full disclosure with search engines. Disclosure begins with a clean, informative page for users and machines to read with ease. Page readability starts with HTML tags. Tags define an element, and elements define key parts of pages. Always write tags in lower case. You define tags as follows: <tag>. The following tags play an important part in your webpage.

    Head (Header section) tag

    The head section tag, written as <head>, provides a container for metadata. Metadata means data about data. When you give a speech, think of the header section as the introduction. If you’ve worked on presentations before, you’ve heard the old saying: Tell them what you are going to tell them. Then tell them. Then tell them what you told them. The header section covers the telling about the telling.

    Title Tag

    Define this tag using <title>My Title</title>. Place this tag within the header section above. Out of all the HTML tags, title tags rank number one. Just like a book title or movie title, title tags provide the short summary for what your user will consume. The page title shows up in two important spots:

    1. The ribbon of your web browser. When you have a web page open, the title lays on top of the webpage ribbons.
    2. Search engine results. The title displays as the text description on the link.

    Your title matters more than anything else in your content. Blasphemy? Not a chance.

    For today’s lesson, let’s rewind time back to A publisher named E. Haldeman Julius gained fame selling Little Blue Books. The Little Blue Books came in x 5 inch format. All the books had a blue cover, hence the name.

    After Julius sold ,, books, (yes, you read this number correctly), he wrote a book about it. If you publish content, put “The First Million” on your required reading list.

    Why? Because Julius liked to test during sales. He discovered changing the title of the Little Blue Books transformed sales dramatically. He’d take the same book, same format, same content, same author, same everything. He’d change the title only, and then push it to the market and see what happened.

    Let’s review the copies sold from title changes from Haldeman’s book testing:

    • How to Break Bad Habits sold 29, copies
    • How to Form Good Habits: 20, copies
    • How to Psycho-Analyze Yourself: 43,
    • How I Psycho-Analyzed Myself sold only 13,
    • Gautier’s Fleece of Gold: 6,
    • The Quest for a Blonde Mistress: 50,

    Meta Tags

    Meta tags tell you data about data. Let’s review the key meta tags you place in the header section of the page:

    • Meta description — A brief description about the page
    • Meta robots — Tells search engines whether they scan the page or not
    • Meta copyright — Any copyrights about the webpage or business

    Control your image! Did you ever wonder why shared Facebook posts have a certain image, and look a certain way? It’s called the Open Graph protocol. Place Open Graph tags inside your header section. Open Graph tags control the way Facebook posts for your website look. Let’s look at the vital Open Graph tags:

    • og:title — The title of your page, content, object. This will be the title of your Facebook post.
    • og:site_name — The name of your website.
    • og:description — A 1–2 sentence describing the post. This gives you a chance to write a powerful preview for the user.
    • og:type — The type of content. These help you categorize your content, blog, article etc.
    • og:image — The URL for an image you want to represent the your content. Images must be either PNG, JPEG and GIF format. Size must be at least 50px by 50px.
    • og:url — This will be the URL for your content link. If the user clicks the Facebook post, they will go to this link.

    The body holds the meat of your content. Once your article, or your video, or your content begins, wrap it in the <body> tag. For my presentation example above, the body represents your presentation after the introduction. Videos, blog posts, and sales page go inside the body tag.

    Anchor tags

    1. Link Destination — Where do users go after they click the link?
    2. Link Text or anchor text — What description do you give the link?

    Header tags (H1, H2, H3)

    Search engines use the headings to index the structure and content of your web pages. Headings define document structure within the body. Certain readers skim your pages by its headings. Make sure each heading engages users. Use <h1>, <h2>, <h3> tags where applicable.

    Headers and subheads serve two purposes. One, it helps search engines build a roadmap of your content. Number two, it helps readers skim your content. Human nature never changes. When people see a block of text, they decide if they want to read it. Some people read the full text. Others jump around by skimming pieces. Good subheads help the reader skim. Good subheads also provide a reading roadmap. If the roadmap interests the reader, the reader will dive into your post.

    Subheads give you one more SEO advantage — a good story map. Read each of your subheads from start to finish. If you build them correctly, they tell the condensed version of the story. Better stories mean more time on page. More time on page reduces bounce rate. And, more time on page increases the probability a reader shares your content.

    P (Paragraph) tag

    Readability and SEO depended on test structure. Break up your content in logical chunks using the <p></p>. The first sentence of each paragraph serves two purposes. One, it introduces the chunk of text to the reader. Number two, it helps SEO by organizing your content.

    Blockquote tag

    Blockquotes provide a clean way to highlight quotes in your content. Wrap quotable content in the <blockquote> tag. Blockquotes provide nice eye relief from paragraphs.

    This section covered page tags. Next, I’ll show you how to optimize your content. You learned step one with titles and headlines — grabbing attention. Now we move to step two — getting the user to read your content.

    Are you stuck in a response rate rut? Customers turned off by your webpage? Do coworkers ignore your emails? Do you write up great ideas which your peers ignore?

    If you answered yes at least once, then how about a creativity experiment? Try this: find somebody successful in another industry in another town. You’ll get creative inspiration from exiting your comfort zone. Once you find the right person, spend an hour studying what they do.

    9 Figures Writing

    For my creativity experiment, I picked a newsletter company in Delray Beach, FL. While information products don’t sound sexy, the bags of money they make sure does. Stansberry Research rakes in 9 figures a year selling, wait for it…newsletters and books. With millions of dollars pouring in, they provided a perfect model to learn from.

    Years ago, Stansberry’s head copywriter Mike Palmer gave a presentation on writing strategy. Mike’s writers follow a set of simple rules. One rule jumped out during the presentation. Mike uses a measure called Flesch-Kincaid. Flesch-Kincaid comes from a United States Navy research project. Flesch-Kincaid assigns a grade level based on readability. Mike requires all writing have a 7th grade, or below, Flesch-Kincaid readability level.

    Think about it — a company making hundreds of millions of dollars writes for 7th grade reading levels! Even more fascinating? Their audience includes multi-millionaires.

    Mike stressed the importance of writing clarity to raise response rates. His team avoids writing to impress. Instead, they write to elicit response. It’s easier to respond to something you understand.

    The Greased Slide

    As the presentation continued, Mike provided another gem. He said to think about your writing like a greased slide. Your reader starts at the top of the slide, the headline. The headline pulls the reader into the first sentence. The first sentence pulls the reader into the second sentence. Each sentence flows into the next sentence. Writing clarity helps the reader finish your piece without stopping. The bottom of the slide represents the call to action and response.

    While Stansberry has an innovation reputation, you’ve heard the greased slide mentioned before. years ago, Michelangelo mentioned it as well. When asked how he sculpted the statue of David, he said:

    “You chip away what isn’t David.”

    Think of your original message as the rock. You chip away your first draft until you have your written Statue of David. When you strive for a 7th grade reading level, chipping away helps increase readability. As you chip away, your message reveals itself. As your writing “disappears”, your message appears.

    Now here comes the fun part. You can use the greased slide principle to test response rates. Let’s use a webpage or an email message as an example. Try this A/B test below:

    1. Send half of your audience your original writing.
    2. For the other half of your audience, take your chisel and chip away the original message. Clean up your writing until you get a 7th grade Flesch-Kincaid score or lower. To help your cause, I recommend the Hemingway Editor for cleanup. When you finish, use this new message for the A/B test against the control.

    “If it sounds like writing, I rewrite it.”

    Search engines admitted their preference for readability. I’ve harped on readability for years, but I got my gloating moment on February 15, , when Gary Illyes of Google tweeted:

    “if you read out loud the text on your page and it doesn’t sound natural, that piece of text may weigh much less during ranking”

    To ensure readability, read your text out loud. Look for choke points as you read. Keep in mind, readability extends beyond words. What about the look of the page?

    Paragraph appearance

    When readers view a page, they scan paragraphs. Check the size of your paragraphs, because large paragraphs intimidate readers. Try breaking large paragraphs in chunks. When you shorten paragraphs, make sure you group thoughts together correctly.

    Vary paragraph sizes as well. If every paragraph sits at one inch height, the page looks repetitive. Strive for variety within your readability.

    We heard a valuable piece of praise at homeschool conferences. Multiple parents raved about our “clean” look for the step by step math. Part of the clean presentation came from breaking steps up within the math. Unlike many math tutors, we broke one larger step into two smaller steps. We displayed each step on a separate line. Each substep used a new paragraph. This increased readability, and helped the users understand math concepts. To this day, users praise our clean look.

    Sentence Length

    Como os parágrafos consistem em frases, vamos revisar o comprimento das frases a seguir. Usei o teste de respiração como regra prática. Respire fundo e leia a frase em voz alta. Se precisar respirar novamente antes do final, você terá uma frase inchada. Encurte, corte ou edite a frase até que ela passe no teste de respiração. Construa uma ideia por frase. Quando você enfia várias ideias em uma frase, o leitor perde o interesse. Dê-lhes uma trilha de migalhas de pão a seguir, onde cada frase leva à próxima.

    Voz Passiva versus Voz Ativa

    A escrita ativa incentiva a leitura. Isso coloca os leitores em movimento, tornando mais fácil seguir suas palavras. Ao editar, elimine a escrita passiva, a menos que afete sua mensagem. Vamos revisar alguns exemplos de escrita passiva versus ativa:

    • Passivo: a bolsa foi trazida por ele.
    • Ativo: Ele trouxe a bolsa.
    • Passivo: as notas são verificadas pelo professor.
    • Ativo: o professor verifica as notas.

    Palavras de transição

    Falei sobre o slide untado antes. Quando você desenvolve um slide liso e untado, suas transições ajudam a conectar as seções do slide. Admiro a Stansberry Research porque suas frases de transição puxam você para a frente. Algumas de suas peças ultrapassam palavras. Então, por que as pessoas leem a peça inteira e depois compram seu produto? Porque as palavras fluem. Cada frase leva à próxima.

    Em vez de ler, parece que estou planando. E cada parágrafo tem uma transição perfeita para o próximo. Stansberry usa palavras de transição para puxar o leitor para o próximo parágrafo sem atrito. Quer você use texto, áudio ou vídeo, as palavras de transição direcionam o usuário.

    Fluência Cognitiva

    Abrace o poder da fluência cognitiva. A fluência cognitiva mede a facilidade com que você processa as informações. E quanto mais fácil você processar as informações, maior será a probabilidade de você confiar nelas. Quando você expressa ideias usando uma linguagem difícil, as pessoas confiam menos em você. Por que, porque eles têm dificuldade em entender sua peça. O processo de pensamento funciona assim - “Se o escritor torna isso difícil de entender, talvez ele queira esconder algo”. Compare isso com uma escrita clara. A pessoa diz: “Entendi! Faz todo o sentido. ”

    Evite repetir-se e repetir variações do que disse. Use a repetição apenas quando contribuir para a sua mensagem. Vejo muitos escritores novatos enfatizando demais os pontos de seu conteúdo. A ênfase excessiva aparece por meio de tautologias. As tautologias dizem a mesma coisa duas vezes em palavras diferentes. Por exemplo, “É uma inovação”. Em vez disso, digamos, é uma inovação. A clareza da escrita ajuda a evitar redundância. Como a famosa tautologia do filme “Austin Powers”:

    "Permita-me apresentar-me."

    Agora, para o objetivo final. Você limpou sua escrita, simplificou sua linguagem e eliminou redundâncias. Agora você esclarece sua mensagem. Você deseja deixar uma impressão duradoura sem confusão. É hora de ler o seu conteúdo e abandonar todas as palavras que comunicam mais de um significado. Para fazer isso, vamos explorar o Efeito Rashomon.

    3 pessoas diferentes - 3 ideias diferentes

    Em , Akira Kurosawa fez Rashomon - um filme sobre diferentes pontos de vista sobre um assassinato. Deste filme surgiu o Efeito Rashomon. Definimos o Efeito Rashomon da seguinte forma:

    Um evento descrito de forma diferente por pessoas que viram a mesma coisa. Ou diferentes interpretações do mesmo evento.

    Ou eles viram a mesma coisa? Quando você cria uma página da Web e sua Grande Ideia, você deseja evitar o Efeito Rashomon. Certifique-se de que quem lê sua página entende a Grande Ideia em três segundos. Do título, ao corpo, ao final, seus leitores devem ser claros sobre qual é a sua mensagem. Agora vamos discutir outra maneira de aumentar a clareza - removendo distrações.

    Durante a gravidez da minha esposa, paramos para comprar roupas de maternidade na Destination Maternity. Eu detesto viagens de compras - quando passam 30 minutos, eu atinjo meu limite. Vou ficar mal-humorado e começar a perguntar a ela a cada cinco minutos quando podemos sair da loja. Quando entramos na Destination Maternity, olhei para a hora para manter uma nota mental. Enquanto navegávamos pela parte da frente da loja, notei um sofá e uma TV no meio da loja. A Destination Maternity criou uma área de estar com revistas, água e uma TV. Que bom, pensei comigo mesmo. Sentar faz o tempo passar mais rápido, então me sentei e relaxei.

    90 minutos depois, minha esposa parou na área de estar e me disse que havia terminado de fazer as compras. Quando peguei meu telefone, percebi como o tempo passou zunindo. 90 minutos pareceram 15 minutos. Minha esposa comentou sobre como era bom fazer compras sem eu importuná-la. Eu atribuí isso a mim estar de bom humor, ingênuo para a verdadeira fonte de minha felicidade.

    Cerca de um ano depois da viagem da Destination Maternity, peguei o livro de Paco Underhill - “Why We Buy: The Science of Shopping”. Underhill vende consultoria de varejo para empresas físicas. Sua empresa trabalha em estratégias para que as pessoas gastem mais tempo e dinheiro nas lojas. Eles ajudam a remover obstáculos em uma viagem de compras. Os comentários de Underhill sobre o design da loja me atingiram bem no meio.

    Veja, as lojas descobriram há muito tempo - as mulheres controlam as decisões de gastos familiares. Eles também sabem que a maioria dos homens fica entediada e impaciente como eu em uma loja. Quando ficam impacientes, procuram maneiras de encurtar a viagem às compras. Os exemplos incluem resmungar, reclamar e suspirar. Em essência, os homens se tornam sabotadores de compras. Underhill identificou outro culpado em interromper as viagens das mulheres às compras - crianças pequenas. Então, como eles resolveram isso? Removendo distrações.

    Abra espaço para o comprador

    Mais lojas construíram áreas de lazer destinadas aos homens. Eles construíram áreas de lazer projetadas para crianças. As áreas de lazer ocupam o tempo do distrator, então a mãe fica relaxada. Quando a mãe relaxa, ela consegue se concentrar nas compras por períodos mais longos. O tempo gasto equivale a um investimento, que se traduz em mais dinheiro no final da ida às compras. Os consultores de varejo querem que a mamãe compre sem interrupções. Manter os filhos e os interesses amorosos ocupados ajuda a mãe a gastar mais dinheiro.

    Vamos pegar o exemplo do consultor de varejo e aplicá-lo ao seu site. Ao apresentar conteúdo a um usuário, você deseja que ele consuma todo o conteúdo. Você não quer distrações, apenas consumo de conteúdo. Desempenhando o papel de consultor de varejo acima, removemos as distrações. Isso significa remover quaisquer itens de navegação do site ou widgets de distração na página. Destaque o conteúdo e mostre exatamente o que você deseja que eles consumam. A clareza do conteúdo significa a diferença entre o fracasso e o sucesso do tráfego orgânico.

    Distrações equivalem a conteúdo não lido. Quando os usuários não conseguem ler ou encontrar seu conteúdo, eles saem. Se legibilidade é King, então um ambiente sem distrações é Queen. Depois de produzir o conteúdo, vá à caça de distrações. A maneira mais rápida e barata de encontrar distrações vem dos dois pequenos orbes em seu rosto. Aperte os olhos e olhe para a sua página da web. Agora, o que salta à sua frente primeiro? Chamamos isso de teste de estrabismo.

    O teste de estrabismo analisa duas coisas:

    1. Distrações de seu conteúdo ou do objetivo principal do usuário

    2. Distrações dentro do seu conteúdo

    O teste de estrabismo identifica os problemas número um rapidamente. Distrações dentro do conteúdo dão um pouco mais de trabalho. Você tem espaço em branco suficiente? Parágrafos, gráficos e layout fluem? Um teste de estrabismo de cinco segundos ajuda a identificar lacunas no consumo de conteúdo.

    Fluxo

    No livro “Addiction by Design”, o autor cita entrevistas com viciados em caça-níqueis. Os jogadores de caça-níqueis de todas as origens dão a mesma razão para o jogo contínuo - fluxo. Algumas das sessões de “fluxo” dos jogadores duraram 13 horas ou mais. Um jogador entrou em choque diabético por não comer. Outro viciado em caça-níqueis inventou desculpas para sair mais cedo do trabalho - garantindo que não houvesse telefonemas para o bandido de um braço só.

    Os jogadores procuram uma fuga, fluindo de cada rodada da máquina caça-níqueis. Quando questionados sobre por que eles apostaram os jackpots que ganharam, eles disseram: "Meu objetivo não era ganhar, meu objetivo era estar no meu próprio mundo."

    O livro também entrevistou designers de caça-níqueis. Depois de testar jogos e temas, eles descobriram uma peça-chave de design - um botão. O toque do botão permite que o usuário permaneça no fluxo do jogo, jogando rodada após rodada sem interrupções. Os designers da slot machine tornam o mais fácil possível passar para a próxima rodada. O jogador pressiona o botão e eles vão para o próximo jogo.

    Como você faz seu site fluir? Como você faz seus usuários deslizarem de um lugar para outro em seu site? Comece tornando o próximo destino intuitivo e fácil de encontrar. Em seguida, torne seu conteúdo tão envolvente que eles não tenham escolha a não ser se perder em seu site. Algumas dicas para emprestar da história do caça-níqueis incluem:

    • Faça o usuário se sentir especial
    • Faça de cada experiência um presente ou prêmio. Cada giro da máquina caça-níqueis acima, mesmo perdendo giros, tocou música, mostrou um gráfico ou ofereceu feedback instantâneo ao jogador
    • Elimine qualquer perda de tempo em seu site que tire o usuário de seu estado de fluxo. Quer que eles vão a algum lugar depois de lerem seu conteúdo? Simplifique. Um clique, um movimento do mouse. Reduza ou remova qualquer esforço exigido do usuário.

    Nunca assuma que seu usuário sabe de alguma coisa. Armado com esse conhecimento, concentre-se em organizar seu site usando taxonomia. Taxonomia, a palavra chique para categorização, ajuda os usuários a navegar no seu site. A categorização ajuda a organizar seu site e força você a manter o conteúdo no tópico. Se você quiser um visual inesquecível, imagine uma teia de aranha.

    Comece com uma categoria de nível pai, ampla o suficiente para descrever seu site. Para MathCelebrity, eu uso matemática como categoria principal. O centro da teia de aranha representa sua categoria pai. Amarre todo o conteúdo do site de volta ao centro de alguma forma.

    Em seguida, defina suas categorias de segundo nível. Para matemática, temos disciplinas como Álgebra, Cálculo, Trigonometria. Pense neles como os círculos da teia de primeiro nível fora do centro. Dos assuntos, como categorizamos ainda mais? Bem, cada disciplina de matemática tem conceitos ou lições. Por exemplo, Álgebra tem solução de equação, polinômios de fatoração, monômios. A partir de cada conceito, podemos decompô-lo em outro nível. Notas de aula monomiais, calculadoras monomiais, questionários monomiais. Cada conceito possui diferentes sistemas de aprendizagem. Depois de dividir as categorias e subcategorias, você se encontra no círculo externo da teia de aranha.

    Eu uso uma imagem de teia de aranha por outro motivo - viscosidade. Depois de categorizar seu site corretamente, você constrói relacionamentos. Os relacionamentos fornecem um plano para o conteúdo relacionado. O conteúdo relacionado se conecta como tópicos em uma web. O termo aderência vem de outro princípio de experiência do usuário - manter as pessoas presas ao seu conteúdo. Você os faz grudar em tudo o que você produz.

    Loja de sapatos de exemplo

    Hora do exemplo! Vamos usar um site sobre sapatos. Depois que um usuário lê um artigo sobre calçados esportivos, ele deseja mais informações. Se, no final do artigo, você mostrar a eles artigos relacionados, há uma boa chance de eles clicarem e lerem mais. Pense nisso, você já comeu apenas uma batata frita?

    Quanto mais informações úteis e relacionadas você fornecer, mais tempo permanecerão. Conseqüentemente, o fator pegajoso. O tempo gasto requer um investimento. As pessoas dão preferência extra a coisas nas quais passam mais tempo. Construa seu site para mantê-los interessados ​​e engajados. Categorize e organize as informações e você deixará o usuário preso, como uma mosca em uma teia de aranha.

    No MathCelebrity, incluo calculadoras relacionadas na parte inferior de cada calculadora. Se um usuário tiver um problema de geometria, apresentarei outras calculadoras de formas depois de mostrar a resposta. Se um usuário precisa de fatoração de equação, apresentarei outros métodos de fatoração na parte inferior da lição. A propósito, você já viu a apresentação de opções antes. No site da Amazon, os clientes que compraram “x” também compraram “y”. A Amazon estuda hábitos de compra com um microscópio. Assim que surge um hábito de compra previsível, a Amazon coloca produtos relacionados na sua frente. Com um clique, você pode comprar mais produtos. Cada clique faz com que o usuário se fixe mais.

    Ao categorizar, comece de forma ampla e, em seguida, divida cada nível de seu site em seções. Se você quiser uma experiência divertida e gratuita para ajudá-lo, tente a classificação de cartas. A classificação de cartões ajuda a organizar as informações em seu site em um fluxo lógico. Para classificar os cartões, pegue seu site e faça associações de palavras com suas partes de conteúdo. Escreva uma palavra para descrever seu site em um cartão de índice. Escreva as subcategorias, uma em cada cartão. Agora escreva cada conteúdo em um cartão. Se você não gosta de cartões de índice, pode encontrar software gratuito na Internet para fazer isso.

    Card sorting gets better results in groups. Bring in friends or colleagues to help you. Remember, you have a close relationship with your website. The closer you get, the harder objective decision making becomes. To get a fresh look, seek outside opinions. Shuffle the cards, and have your friends organize them. Watch other people organize the cards. Listen to their thought process while they shuffle. The results might surprise you. If these card sorting results differ from your card sorting results, it’s time to rethink your website structure.

    After you improve your website structure, we focus on what people really want. When people type something in a search engine, either Google, or your search engine, find out what they want. We do this using semantics.

    When search engines first hit the scene, people battled over keywords. Search for baseball, pizza, or flowers, and you’d get a list of related items. Scam artists filled up their website with keywords. The same scammers got lucky and ranked for certain search terms. Search methods and devices have changed. Voice search and writing like you speak dominate search queries. To take advantage of this, build your content based on semantics.

    Merriam Webster defines semantics as:

    The study of the meanings of words and phrases in language

    Search Intent

    As search engines grew, they got smarter. The easiest writing to read comes from writing like you talk. Search engine users digest conversational writing easier. When users search, more links show up with a conversational content format. Keep this in mind when you create content for different search request types. Let’s discuss the three types of search categories:

    1. Informational: Searcher’s want to learn something.
    2. Navigational: Searcher’s want a specific piece of information.
    3. Transactional: Searcher’s have their wallet in hand, ready to buy.

    Informational — The user wants a specific piece of information.

    • How many inches in 3 feet?
    • What time does the library open?
    • Distance between Chicago and Fargo North Dakota
    • How much
    • How many
    • What is
    • What time
    • MathCelebrity website
    • CNN
    • Wikipedia

    Transactional — A specific conversion action

    • Buy movie tickets
    • Purchase parking passes
    • Download eBook

    Semantic Detail

    Let’s use a real-world example from the MathCelebrity website. I’ll compare a general search, a more refined search, and an intent search.

    • General Search: “equations”
    • Refined Search: “algebra”
    • Direct Intent Search “2x — 9 = 31”

    Incredible content takes work. Think of it as an art form. Going back to the mental technique of inversion, it helps to remove roadblocks. The next section shows you how to find where readers drop off. I call them linguistic roadblocks.

    5 hours, 6 edits, and 7 headaches later, you finally finish your content piece.

    Shortly after, despair sets in when you look at the numbers. People abandoned your content piece without doing anything. Traditional statistics tell you somebody left the page without converting.

    But why did they leave? Did your headline bore them? Maybe your second paragraph confused the reader? Did your close turn them off?

    When you sit next to your prospect, you watch body language. You read a person’s facial expression. Little quirks give away what part of your presentation turns the prospect off.

    You Cannot Hit What You Cannot See

    Things change in the digital world. We lose the ability to see facial expressions and tone of voice. Body language disappears in cyberspace.

    While we lose body language, we get to see digital behavior. What if you knew the exact spot where your prospect abandoned your sales letter? What if you knew what part of your blog post people clicked off on?

    See What They Do Without Being There

    The good news is, you have a looking glass. It’s a website plugin called Scroll Depth. Scroll Depth tells you what part of the page users exit. Now you’ll know the exact paragraph, section, or headline users click off.

    Once installed, you connect this to Google Analytics. From this point forward, you’ll know exactly how far users scroll down the page.

    Scroll Depth takes the guesswork out of content abandonment. If you know how far down the page users jump ship, you know the exact paragraph where your content missed the mark.

    Automated Segmentation

    It gets better. You might have people read your sales piece. 10 of them convert, the other 90 leave. ScrollDepth tells you the 90 people left after your 3rd paragraph. Now you have a starting point to improve your content.

    What if your sales piece converted at 10%, and the other 90% who abandoned left in different parts? 25% of them left after the headline. 50% of them left after the first paragraph, and the remaining 25% left after the second paragraph. Early paragraph exits mean you have a weak lead. You also know you have three segments of people to speak to.

    Take these three segments, and figure out where your content loses people. Revise it, reread it, and send it out again.

    Since you connected Scroll Depth to Google Analytics, you get more information on scrolling activity. Do people scroll further on mobile than desktop?

    ScrollDepth gives you x-ray vision for audience behavior, and how your content resonates. It takes a few minutes to install. It may be the most valuable few minutes you spend in your business.

    How does MathCelebrity, with no employees and a small budget, get , unique monthly visitors for free? One of my secrets comes from the Kaizen principle I mentioned earlier. I use this principle to build over pages — used by our fans daily. In the educational niche, the phrase online math tutoring costs money to rank for. If you Google this phrase, you’ll notice large, established players with deep pockets. They’ve either spent money to build up their brand or have been around for many years. Most companies don’t have large cash reserves nor a big staff to build their brand. So how do they compete? We look to China for the answer.

    Let’s go back in time to China around the ’s for the answer. I got my inspiration from a principle called lingchi. Translated, it means death by 1, cuts. Instead of going for the “kill” by ranking for online math tutoring, I take another route using long-tail keywords. Wordtracker defines long-tail keywords as:

    Three and four keyword phrases which are very, very specific to whatever you are selling.

    Long-tail keywords create focus. How do I increase my focus for MathCelebrity? I build a page for each math tutoring principle my students come across. I optimize those pages, and then I go to the next long-tail keyword. Examples include “synthetic division calculator” and “interval notation calculator”. Google those phrases, and see who comes up at the top of page one.

    Over time, my long-tail keywords ranked higher and higher. So even if a person didn’t find me searching for online math tutoring, they might find me for a more focused term. The more long-tail keywords I rank for, the more power I have over big brands. Each long-tail keyword I beat established brands on delivers a “cut”. Pretty soon, each of those cuts adds up, just like lingchi. With enough cuts, I beat some large brands on total organic traffic. Now you have the theory, let’s look at mechanics.

    I use a strict keyword formula for every page on MathCelebrity. It sounds simple, but it serves a laser focused purpose which I will describe later. Ready?

    Pick a main theme or phrase you can boil down the content on your page to. One phrase. Generally, 1 to 5 words. Call this x.

    Keyword Formula:

    • Set your Page Title = x
    • Set your Meta Description = x
    • Set your Meta Keywords = x
    • Set your OG Description = x
    • Set your Twitter Card Description = x
    • Have at least 1–2 mentions of x in the body of your content.

    MathCelebrity covers math tutoring. I can name off the tip of my tongue at least 30 subjects. Each subject has a concept. Each concept includes calculators acting as a niche.

    To isolate your niche ideas, create a page for each niche. Each niche page gathers leads, followers, and fans.

    Lead Generation Real Estate

    Each page serves three purposes:

    1. It gives you a chance to blow your audience away
    2. It provides a gateway to show them what else you have
    3. Also, each page gives you another lead generator. Call this a micro-funnel if you will.

    MathCelebrity has calculators for both of those terms. In the old days, we failed to rank for rational roots. Since we do rank for synthetic division calculators, we’ve created a back door to our rational roots calculator. How?

    When the user searches for “synthetic division calculator”, we show up on the top of Google page 1. The user clicks the MathCelebrity page result. As they scroll down on the synthetic division calculator page, we have a link pointing to rational roots. When the user finishes their synthetic division problems, they click over to rational roots. We’ve bypassed Google for the second visit by leveraging their first visit. In essence, we got two searches for the price of one.

    The user chose our synthetic division calculator result on Google. After the user ran a calculation, MathCelebrity gained authority on synthetic division calculators. Next, the user clicked the rational roots calculator. We also built trust with rational roots help. And here lies the hidden benefit of long tail keywords. Who do you think the user goes to the next time they need rational root help? MathCelebrity. Next time they need help, They’ll bypass Google and come to us directly.

    Nice to meet you — What else do you have for me?

    You want to piggyback off a high performing page as a gateway into the rest of your website. Remember, we ranked on Google for synthetic division calculator. So after the user lands on the synthetic division calculator page, we build related links. If I had setup one page on my site for “math tutoring”, we’d limit our avenues of discovery. Fans who searched for “synthetic division calculator” might not find other calculators. Failure to show up on search results means losing all potential follow up traffic.

    The phrase “math tutoring” puts me head to head against deep pocket companies. Instead of bankrupting my company, I narrow focus. Individual math concepts help me rank easier. We do this using a long-tail keyword approach. Once they land on a page from Google, we make it easy to find other concepts in math tutoring. Because once they land on our website, they get the full math tutoring experience. A memorable experience builds trust.

    Building momentum through trust

    If you give the user what they want on their first search, you gain trust. This trust puts you in the front seat to answer more of their related questions. And now you know the power of long-tail keywords. Ranking for high competition keywords is like fighting Godzilla head on. No thanks. I’d rather chop away at his ankles.

    The point here is: Laser focus on one target niche or concept. Expert marketers call this the “One Big Idea”. Take this one big idea and use it to drive traffic to related pages on your website.

    Once a user lands on your website, you get access to a treasure chest of information. This information helped me develop a powerful SEO secret. This secret generated over , unique visitors. This secret helped me dominate page 1 on Google for over search terms.

    If you own or manage a website, you sit atop a goldmine of traffic. You probably don’t even know about it. This goldmine provides daily ideas for new content. Why guess what your users want? Instead, they tell you what they want.

    How does this help? Because the user gives you content ideas for free!

    Another benefit? Overcoming our own arrogance. Often times as website owners, we produce content we think people want. You see this same mentality with people who trade stocks based on hope. What we think or hope means nothing. What the market wants, the market gets. Why argue with the market? Start tracking internal search and let the Market tell you what they want.

    The second search seals the deal

    How do website owners find content ideas? They use the autocomplete box on Google. Use this method to track search requests on Google — just start typing. Google has other resources for keyword planning as well, such as the AdWords account Keyword Planner. Keyword Planner gives you great ideas for first-tier content. But Google stops after the first search.

    The question becomes, how do we get to search history? What happens after the first search? Internal Search monitoring gets what you want. Track user searches inside your website. If a user finds Topic A on your website, what do they search for next? I reference an old saying I heard as a teenager, a play off the phrase, “Actions speak louder than words”.

    “Never listen to what people say, rather, watch what they do”

    Imagine your dream customer visits your house while you lounge on vacation. They found you through a search, and decided to drop by your house. Since they want to find out more about you before they buy, they do some research. By research, I mean snooping. They rummage through your fridge, open your medicine cabinet, and snoop through your files. But here comes the best part — everything they do gets recorded. While they snoop through your stuff, they don’t realize the camera records them. Think about all the valuable intelligence you gather.

    • What foods do they eat?
    • What books do they read?
    • What clothes do they try on?

    Let’s take a real world example. On MathCelebrity, people search for math problems and math terms. They also search for science terms, programming terms, and exam certification questions. When we don’t have what they want, I build it within 24 hours.

    Building a multi-headed hydra

    Imagine if your customers approached you and told you what they want with lucid detail. You build this and they pay you for it. They spread your message around the world. Your content expands, your search rank improves, and your name spreads far and wide. You now have the holy grail of website growth. Your fans hand you the keys to the kingdom — take those keys and unlock the door! This strategy has proved to be lucrative for our website, and I use it obsessively to this day.

    Using the tracked search approach, I built a capture box on the site for missed searches. A missed search means a user runs a search with zero results. Instead of losing the user forever, we do two things:

    1. Log this search on Google Analytics
    2. Set up an information capture box. This capture box allows them the option to add their email address for notifications.

    Building trust through consistent delivery

    Notification systems provide another benefit — Trust. Trust in your website and trust in your ability to deliver quickly. I remember one of our fans giving us five calculator ideas in the course of two weeks. It all started with the response time to the first ticket they logged. This fan loved our quick response time. The automated email started a conversation with this fan, which led to more ideas.

    Because MathCelebrity solved this fan’s problem, we gained an ambassador. After building the five calculators she requested, she told her friends. We earned the ultimate reward — an unsolicited referral. Internal search monitoring and delivery speed made this referral possible. This level of service converts users into ambassadors for your brand.

    To get ahead of your competition, start treating searches like conversations.

    First search, then second, then third. Follow the conversation, and learn what people want.

    If you answer the user’s first question, they ask you another. If you answer the second question, they ask you another. Each question they ask means more time invested. And the more time they invest, the more likely they buy your product or service. They also look at you as a trusted advisor.

    Just like a conversation, if it “flows”, the conversation lasts longer. If your website lacks flow, it feels like an awkward social conversation where the person finds an excuse to leave.

    Start tracking and watching

    Listen to your user’s concerns. Stop racking your brain coming up with content. Let your fans guide you. One of my favorite quotes comes from the movie Training Day:

    “It’s chess, not checkers.”

    Chess champions look four, five, even ten moves ahead. Treat our content strategy the same as a chess match. Seek out relations in all searches. How does one search relate to the next?

    As you build more related content based on user requests, your site grows. You become a trusted expert. Your presence on Google expands. So start reading your daily internal search report. If you don’t, the next content idea people give you will vanish.

    Since searches work like conversations, you get to see your customer’s lingo. Once you know their language, content ideas appear.

    The Long Tail Keyword Creator

    Internal Search will give you ideas into:

    • How your customers talk
    • How they use phrases
    • The exact phrases they use to find content

    Your website contains a roadmap. This roadmap provides powerful insight into your customer’s desires. The power lies in the subtlety. You see, the search engine allows your customer to ask the questions. Correct answers start a momentum process. If the user finds one answer, they might look for more. Using automation, we tap into their thought patterns and serve them relevant content. If we keep providing answers to their questions, we build an authority position. Authority helps us elevate our status in the user’s eyes. Authority lets you control the conversation. Think about it:

    What if people told you what they wanted in advance, you created it, and then they bought from you? It’s a powerful principle, easily accomplished in 90 seconds using automation. You do this by tracking every internal search ran on your website.

    You can do this two ways:

    1. Using Google Analytics, we go to Admin → View Settings. Scroll down to Site Search Settings, and Flip the Site Search Slider to “On”. Directly below the slider, you’ll see a box asking for a query parameter. Browsers use this URL parameter when somebody runs a website search. If you use WordPress, it’s “s”. On my website, mlbjerseyschina.us, when I search for the phrase “tutor”, the URL reads mlbjerseyschina.us?s=tutor. Notice the “s” after the question mark? Use this query parameter.
    2. Set up a custom tracking program. I do this on mlbjerseyschina.us A custom solution gives you more flexibility than Google Analytics. I like to track the search term, the search date, and the user’s details. If the user has a record in my CRM, I pick up the email address and any account information. If the user searches for something related to a prior purchase, it gives me product ideas. I can tailor email marketing and text message marketing to this customer based on their digital votes, a.k.a., searches on my websites.

    Report Creation

    For Google Analytics, use the API to create a dashboard of search terms each day. Next, compare the search terms against your existing content. You’ll start to see patterns and ideas for new content. For custom search report tracking, I have a reporting dashboard. When a user runs a search, I record it in my database. The next day, I get an email report of the searches and the time ran.

    After you setup the search tracking report, view it every day. Why? Because the user gives you content ideas…for free! Think of each search as a digital vote. As the voting continues, you get an idea of what the popular searches are. Now you have a blueprint for what content to build.

    Using the tracked search approach, you pick up missed searches. A missed search means a user ran a search with:

    • Zero results
    • Wrong results
    • Classify and organize your shoe site with brand, color, size, and model
    • Set your page title to describe these traits
    • Customize your search engine to detect these requests and filter accordingly

    When users run a search with no exact match, most websites present the closest related content. Using automation, you have another opportunity to expand your website. Add a capture box with text such as, “Looking for something else? Please add your email address and let us know how we can improve the search.” When they submit this form, their email, search term, and comments get attached.

    Take this information, and send an email to yourself. Or, log the information to your support database. Next, when you build the exact content the user wanted, send them an email with a link to the new content. Using this notification system, it encourages the user to be more involved in the website. It also demonstrates your rapid response time. Now the user gets real-time updates about fixes to the website you made based on their suggestion.

    Case Study: Build Your Own Ambassador

    This notification system create another benefit: Trust. Trust in your website and trust in your ability to deliver quickly. I remember one of our fans on MathCelebrity giving us five calculator ideas in the course of two weeks. It all started with the response time to the first ticket they logged. This fan loved our quick response time. The automated email started a conversation with this fan, which led to more ideas. Not only did MathCelebrity get five new ideas from one person, we found a new ambassador. After building the five calculators, this fan told her friends. Thank you for the free publicity. You see, internal search monitoring and delivery speed made this possible. This level of service inspires people to become ambassadors for your brand.

    Trate seus embaixadores como membros da realeza. Se você encontrar alguém que goste do seu site, tire ideias dessa pessoa. Se eles lhe derem boas ideias, construa-as e inclua seu novo embaixador. Digo isso porque um embaixador pode espalhar sua mensagem por toda parte. As pessoas valorizam o feedback de seus colegas mais do que qualquer material de autopromoção. Quer uma prova?

    Veja as avaliações da Amazon e o Yelp. O sistema de revisão por pares domina o cenário digital. Os embaixadores têm amigos e colegas para lhe dar mais ideias. É um círculo perfeito e você deve abraçar. Ouça as preocupações do seu usuário e o tráfego livre o seguirá.

    Mais uma coisa: usando automação, certifique-se de marcar embaixadores em seu CRM. Envie e-mails personalizados e agradeça por serem campeões de sua marca.

    Abordei as pessoas certas para o seu site. Agora vamos falar sobre a maneira certa de dizer as coisas. É hora de você dominar o contexto, dominando a linguagem do seu cliente.

    Se o conteúdo é rei, o contexto é a rainha. Você não pode ter um sem o outro. Se pesquisar sapatos , você fez uma pergunta geral. Você não forneceu contexto para sua pesquisa. Você quer tamanhos de calçados, marcas de calçados, sapateiros, estilos de calçados? Mas, se você digitar marcas de calçados esportivos, agora você deu mais detalhes. Ao adicionar duas palavras, você esclareceu a pesquisa. O esclarecimento por meio do contexto nos leva à próxima lição. Vamos falar sobre Indexação Semântica Latente (LSI). Primeiro, vou separar esta frase:

    • Latente - Oculto em vez de explícito
    • Semântica - Significado em vez de palavras
    • Indexação - Encontrando informações e recuperando-as quando solicitado

    Para simplificar, vamos usar a tecnologia. Comece com a barra de pesquisa do Google. Digite uma frase e veja o que mais aparece na caixa suspensa. Isso lhe dá uma boa ideia das pesquisas mais populares usando a frase. A seguir, olhe para as pesquisas relacionadas do Google. O usuário pode não atingir seu objetivo final de pesquisa na primeira tentativa. As pesquisas relacionadas mostram a jornada por trás do termo de pesquisa. O que mais eles procuram?

    Tesouro enterrado da amazon

    Em seguida, recomendo ir para a Amazon. Digite seu termo de pesquisa e dê uma olhada nos produtos que a Amazon retorna. Agora, vá para os produtos mais bem avaliados e comece a revisar os depoimentos. O que as pessoas dizem sobre o produto? O que eles gostam e não gostam? Ainda mais importante, que frases repetidas você vê nos depoimentos?

    Ao ver a repetição de frases comuns, escreva alguns dos termos. Em seguida, vá para o link “Todas as avaliações”. Encontre a caixa de pesquisa nesta página. Digite seus termos repetidos e veja quantos depoimentos contêm sua frase. Se você encontrar uma frase repetida em 10, 15, 20+ depoimentos, agora você tem o idioma do seu cliente. A linguagem define o público.

    Exemplo: digito “professor de matemática” na Amazon. O primeiro livro tem resenhas. Fazendo uma verificação rápida das dez primeiras avaliações, vejo a palavra educação domiciliar repetida. Isso me diz que encontrei um mercado aquecido. Assim que encontro esse mercado aquecido, dedico uma seção do meu site aos alunos que aprendem em casa.

    Continuando com outra frase comum nas análises da Amazon, verifico a palavra fácil . 18 resenhas discutem a fácil leitura do livro. Agora eu tenho outra pista - as pessoas querem simplicidade.

    Quando você chegar à página do produto, observe os produtos relacionados. Você encontrará uma mina de ouro de informações ao examinar “Clientes que compraram“ X ”também compraram“ Y ”. Produtos relacionados, vendas incrementais e complementos fornecem informações sobre o que as pessoas realmente desejam. Como as pessoas se movem em rebanhos, produtos relacionados mostram o comportamento do rebanho em tempo real. Em seguida, vá procurar um telefone celular. Agora, olhe para os produtos relacionados. Carregadores, estojos e fones de ouvido. A linguagem da avaliação da Amazon e produtos relacionados mostram a história, agora você precisa contá-la corretamente.

    Exemplo de tutoria matemática

    Usando buscas relacionadas à Amazon e ao Google, percebi que as pessoas lutavam com problemas com palavras. Também notei que as pessoas precisavam de ajuda para resolver o problema. Portanto, tenho dois conceitos para construir:

    1. Eu quero resolver problemas de palavras
    2. Eu também quero mostrar às pessoas como começar um problema de palavras

    Para outro site com uma tribo ativa e vocal, confira o Product Hunt. Enquanto escrevo isso, o Product Hunt tinha 9 milhões de visitantes mensais. Você vê votos positivos, votos negativos e comentários sobre ideias de produtos novas e em alta. Votos e comentários fornecem a pulsação emocional de seu público-alvo. Dez minutos lendo comentários e percepções sobre o Product Hunt proporcionam a você mais educação do que um diploma de quatro anos na faculdade.

    Para uma lição sobre atendimento ao cliente, observe como os proprietários de produtos respondem e interagem com a tribo Product Hunt. Absorva as táticas que os criadores usam para obter ideias em tempo real. Participar dos tópicos de educação e tecnologia me ajudou a construir ideias para a MathCelebrity.

    Stemming

    Outra variação para experimentar com o seu conteúdo é o stemming. As raízes das palavras vêm da quebra das palavras em sua forma mais simples. Plurais, advérbios, particípios, “ing” no final da palavra. Vejamos um exemplo:

    • Cavaleiros
    • Cavalgando
    • Passeios

    Agora, como isso afeta você para SEO? Assim como sinônimos e LSI nos capítulos anteriores, usamos radicais para encontrar variações de palavras e frases. Digamos que você escreva um artigo de palavras sobre árvores altas. Você obtém algum tráfego para este termo de pesquisa e as pessoas respondem. Mas então você vai para a ferramenta de palavras-chave do Google e pesquisas relacionadas, e você encontra a pesquisa popular, “árvores mais altas da América”.

    Diante disso, você pode atualizar seu artigo existente ou escrever outro artigo enfocando as árvores mais altas da América. Muitas vezes, com sinônimos, lematização e variações de palavras, seu conteúdo pode ser próximo a uma palavra-chave popular. Muitas vezes, uma mudança em uma frase ou palavra faz a diferença entre o tráfego médio e excelente. Observe também que, com qualquer mudança na frase, atualize seu conteúdo, se necessário, para se concentrar na nova frase.

    Stemming atende à natureza humana, adaptando o conteúdo à fala. Só porque você diz uma frase de determinada maneira, não significa que o mercado fale a mesma frase. Como você deseja atrair e reter tráfego, a redução o ajuda a espelhar a fala das pessoas. Para falar a língua das pessoas, aprenda o que as pessoas dizem e como o dizem.

    Evitando a Repetição

    O stemming fornece outro benefício - variação. Se você continuar usando a palavra “alto” em seu artigo sobre árvores altas, vai entediar as pessoas. O artigo não contém variações. Se usar palavras com o mesmo radical e variantes de palavras, você fornecerá uma nova leitura para seus usuários. Quanto melhor a leitura, mais usuários permanecem em seu site. E quanto mais tempo eles ficam, mais os mecanismos de pesquisa dão crédito a você.

    Faça uma experiência. Se você vir seu conteúdo repetindo frases mais de três vezes, tente espalhar variantes de palavras com a mesma palavra raiz. Agora leia o artigo novamente. Parece diferente? A leitura é diferente? Seu conteúdo inspira emoção? Do contrário, você quebrou a regra fundamental do marketing:

    “Ser chato é o pecado final”.

    Agora, vamos mudar de dicas de texto para imagens.

    Quer se trate de uma postagem de blog, artigo ou página de vendas, você costuma usar imagens para aprimorar sua mensagem. As imagens desempenham seu próprio papel no SEO. Para evitar atualizações manuais, incluí uma lista de verificação abaixo para automatizar a criação de imagens de SEO.

    Quer você use um plugin com o WordPress ou um script, use esta fórmula útil para nomear e armazenar seus arquivos de imagem:

    1. Determine uma frase relevante para descrever a imagem
    2. Agora pegue esta frase, torne-a minúscula. Use isso para a sua alt tag. Use também para a sua legenda
    3. Pegue a frase alt tag em (2) e substitua todos os espaços por travessões para denotar palavras. Chame isso de nome de arquivo de imagem. Observação: os travessões ajudam os mecanismos de pesquisa a distinguir palavras exclusivas
    4. Depois de obter o nome do arquivo, determine qual extensão de tipo de imagem deseja, (jpg, png, gif).
    5. Nosso nome de imagem final usa a etapa (3) com um “.” seguido pela extensão da imagem em (4)
    1. Para descrever essa imagem, a chamamos de mamãe, papai e criança de mãos dadas
    2. Em minúsculas, temos mãe, pai e filho de mãos dadas. Use-o como nossa alt tag e legenda.
    3. Tomando a frase em (2), substituímos todos os espaços por travessões. mãe e pai e filho de mãos dadas
    4. Agora escolhemos um tipo de extensão de imagem, digamos .png
    5. Pegamos (3) e (4) e os combinamos para obter nosso nome de arquivo: mlbjerseyschina.us

    Até este ponto, você aprendeu como otimizar o conteúdo. Agora você aprenderá como fazer com que os mecanismos de pesquisa encontrem seu conteúdo. Você faz isso com mapas de sites. Pense em um sitemap como um ponto “você está aqui” em um mapa. O mapa do site fornece aos motores de busca todo o seu conteúdo. Em vez de os mecanismos de pesquisa vasculharem, eles vão para uma página e obtêm todas as suas páginas. Mais importante ainda, o mapa do site mostra aos motores de busca onde encontrá-lo.

    Agora que você sabe sobre sitemaps, e XML? XML significa Extensible Markup Language. XML fornece um formato fácil para humanos e máquinas lerem. XML tem dois propósitos:

    1. Carregar dados em um formato legível
    2. Compartilhe dados em um formato legível

    Soldados franceses descobriram a Pedra de Roseta em Esta laje de granito continha hieróglifos egípcios, escrita demótica e língua grega. Todas as três mensagens na pedra diziam a mesma coisa. A pedra de Roseta quebrou a barreira do idioma. Agora, todos que leram a pedra entenderam a mensagem.

    XML fornece uma linguagem universal para qualquer sistema de troca de informações. Com os princípios básicos de XML em mente, verifique um exemplo de entrada XML da MathCelebrity. Você pode ver isso emmlbjerseyschina.us:

    <? xml version = ”" encoding = ”UTF-8"?>
    <urlset xmlns = ”mlbjerseyschina.us">
    <url>
    <loc> http: // www mlbjerseyschina.us / mlbjerseyschina.us </loc>
    <lastmod> –05–04T 20 + 00 </lastmod>
    </url>
    </urlset>

    Vamos revisar as seções e linhas importantes acima.

    1. Tags definem um elemento de dados. Abordei as tags anteriormente na seção de tags HTML.
    2. A linha de tag do url declara um novo url em seu site.
    3. A linha <loc> aponta para um arquivo que você deseja que os mecanismos de pesquisa verifiquem. Coloque o URL da página da web aqui. Conforme você constrói mais conteúdo, você terá mais entradas de url em cada página do seu site.
    4. A linha <lastmod> é gravada no formato W3C Datetime. Use o formato AAAA-MM-DD com hora, minuto e segundo opcionais. Esta linha informa aos mecanismos de pesquisa quando você modificou sua página pela última vez. Se a data de modificação mudar, os mecanismos de pesquisa examinam seu conteúdo novamente.

    Em vez de criar manualmente o mapa do site sempre que criar um novo conteúdo, automatize o processo. Isso é feito por meio de um script ou de vários plug-ins de site. Se você usa o WordPress, use o plugin XML Sitemap. Se você não usa o WordPress, há dois métodos para usar.

    1. Execute um script todas as noites para reproduzir seu arquivo de mapa de site XML. Isso verifica sua biblioteca de conteúdo e adiciona os links ao mapa do site
    2. Crie um script de ouvinte para reproduzir o mapa do site sempre que publicar um novo conteúdo. Os ouvintes detectam alterações em seu site. Logo depois de publicar uma nova página, o script do ouvinte detecta seu novo conteúdo e recria o Sitemap XML.
    1. Novos arquivos
    2. Arquivos existentes que você modificou. A tag <lastmod> é atualizada com a data em que você modificou a página.
    3. Remova arquivos antigos. Se você excluiu ou renomeou uma página, atualize o mapa do site para refletir isso.

    A seguir, vamos falar sobre a placa de identificação do seu site, - estrutura de URL. URL significa Uniform Resource Locator. Você digita este endereço para chegar a um site. Queremos coisas simples e legíveis. Gosto de seguir uma fórmula de três etapas para meu URL.

    1. Pegue o título da página ou a Grande Ideia
    2. Faça todas as palavras em minúsculas
    3. Para cada espaço, substitua-o por um traço
    1. Calculadora de Divisão Sintética ← Grande Ideia
    2. calculadora de divisão sintética ← Minúsculas de (1)
    3. Calculadora de divisão sintética ← Substitua os espaços por travessões

    Embora seu URL não pareça importante, pense onde ele aparece. Links em páginas da web e links nas páginas de resultados de mecanismos de pesquisa. As pessoas verão seu link e, se não fizer sentido, poderá custar cliques. Evite ser fofo ou esotérico. Em vez disso, esforce-se para ter clareza com o seu URL. Certifique-se de que seu URL descreve sua página de maneira simples.

    Rastros de aranha

    Seu sitemap contém uma lista de URLs. Para verificar esses URLs, os mecanismos de pesquisa enviam programas automatizados chamados spiders. As aranhas coletam informações e as armazenam em um índice de pesquisa. As aranhas rastreiam seu site pegando palavras-chave e sua posição na página. Em seguida, o spider seleciona palavras no título, cabeçalhos, subtítulos, hiperlinks e outros atributos da página. Os motores de busca chamam isso de indexação de processo. Os mecanismos de pesquisa indexam dados de rastreamento em um banco de dados para pesquisas futuras.

    Os mecanismos de pesquisa usam esses dados e criam uma lista de fatores de classificação. Os fatores de classificação têm um objetivo - fornecer os resultados mais relevantes para a pesquisa de um usuário. Mesmo que os mecanismos de pesquisa se tornem mais inteligentes, nunca presuma que eles sabem tudo sobre o seu site. Use o que chamo de princípio da reversão do primeiro encontro ou princípio da divulgação do casamento. Quando você sai pela primeira vez, quer manter um pouco de mistério. Você evita contar ao seu par tudo sobre você.

    Quando você se casa, seu cônjuge sabe tudo sobre você. Considere os motores de busca como o nosso cônjuge - diga-lhes tudo sobre o seu site. Mais importante, torná-lo visível para que as aranhas façam a varredura. Quanto mais informações você fornecer em segundo e primeiro plano, melhor.

    Como as aranhas veem

    As aranhas ignoram certas informações. É importante que você saiba como os spiders dos mecanismos de pesquisa “veem” seu site. Para ver o que as aranhas capturam em seu site, eu recomendo usar um simulador de aranha. Você digita sua URL e o simulador de aranha mostra quais informações o rastreador se preocupa.

    Os spiders varrem as páginas que você envia, links internos e links de mapa do site. Deixe-me dar uma dica para superar sua concorrência. Só porque você coloca um link em um mapa do site, não significa que os mecanismos de pesquisa o verificam. Assim como uma conta bancária com dinheiro, os mecanismos de pesquisa funcionam dentro do orçamento.

    Orçamento de rastreamento

    Os spiders dos mecanismos de pesquisa rastreiam sites com ordens estritas. Como todo negócio, as aranhas têm orçamentos. Os orçamentos de rastreamento representam o número de vezes que um mecanismo de pesquisa rastreia um site em um determinado período. O orçamento de rastreamento consiste nas seguintes partes:

    1. Limite da taxa de rastreamento. Os limites ajudam a evitar tensão em seu servidor. Você deseja que os spiders rastreiem seu site em intervalos regulares. Assim como Cachinhos Dourados, nem muito quente, nem muito frio, apenas certo. A taxa de rastreamento melhora com a velocidade do site. Lembra que conversamos antes sobre a velocidade do site e como esvaziar sua mala? Bem, as aranhas recompensam sites mais rápidos. Os spiders dos mecanismos de pesquisa contêm um certo nível de “paciência”. Se uma página demora muito para carregar, os spiders seguem em frente e a ignoram. Se suas páginas carregam rápido e são digitalizadas facilmente, os spiders indexam mais do seu conteúdo. Os erros do site, que discutiremos posteriormente neste livro, penalizam seu limite de rastreamento.
    2. Procura de rastreamento. Os mecanismos de pesquisa analisam a popularidade do seu site e também a atualização do conteúdo. Lembra que conversamos anteriormente sobre como colocar um carimbo de data / hora no mapa do site? Agora você sabe por quê. Os mecanismos de pesquisa sabem sobre suas mudanças quando você as conta.

    The Digital Bouncer

    Se você já foi a uma boate, viu os grandes humanos parados na entrada e nas saídas. Os seguranças interrompem as lutas, mas também atuam como um filtro. Eles determinam quem entra e quem fica de fora. Você sabia que cada site tem um bouncer digital, chamado mlbjerseyschina.us? Robôs vem do nome Protocolo de exclusão de robôs. Você informa a esse arquivo quais mecanismos de pesquisa deseja verificar em seu site. Você também informa quais mecanismos de pesquisa devem rejeitar do partido.

    É importante observar que hackers astutos podem ignorar o arquivo mlbjerseyschina.us No entanto, esse arquivo serve como uma regra para os mecanismos de pesquisa que permitem no seu site. mlbjerseyschina.us permite informar aos mecanismos de pesquisa quais pastas devem ser evitadas. Vamos revisar o exemplo abaixo:

    Agente do usuário: *
    Disallow: / tmp /

    Este comando faz com que os mecanismos de pesquisa ignorem a pasta tmp para quaisquer páginas.

    O conteúdo do site vem em duas formas: conteúdo perene e conteúdo novo. Conteúdo perene significa conteúdo atemporal, como a árvore perene. Este conteúdo dura anos e a relevância permanece inalterada ao longo desse tempo. Os exemplos incluem livros mais vendidos de 50 a anos atrás.

    O conteúdo novo sempre evolui. As tendências de hoje se transformam nas manchetes esquecidas de amanhã. Criar novos conteúdos apresenta um desafio. Como você pode ficar por dentro da conversa sem se cansar? Você deixa outras pessoas fazerem o trabalho por você. Permita que outras pessoas criem conteúdo gerado pelo usuário (UGC).

    O conteúdo gerado pelo usuário vem em várias formas:

    • Fóruns
    • Imagens
    • Testemunhos
    • Comentários em postagens
    • Vídeo

    O uso produz mais uso. Quando os usuários veem a postagem de conteúdo, eles se sentem confortáveis ​​para postar seu próprio conteúdo. O conteúdo gerado pelo usuário dá ao seu site outra vantagem - uma visão sobre as esperanças e sonhos do seu cliente potencial.

    Quando as pessoas falam ou postam em seu site, você vê seus medos e desejos. Você aprende como eles falam. Depois de entender seu usuário, você pode adaptar o conteúdo futuro de acordo com as necessidades dele. Vamos revisar os tipos de conteúdo gerado pelo usuário.

    Comentários

    Quer seja uma postagem de blog ou um vídeo, adicionar uma seção de comentários envolve seu público. Os comentários fornecem conteúdo novo para os motores de busca. Os comentários dos usuários fornecem informações sobre o humor em relação ao seu conteúdo. Os usuários postam comentários? Ao lado dos compartilhamentos, os comentários fornecem outra maneira de medir a temperatura do seu público. Para comercializar melhor, você deve aprender o sentimento do público.

    Certifique-se de monitorar os comentários. Os bons comentários melhoram uma discussão existente. Os comentários ruins vêm na forma de spam ou reclamações raivosas e inúteis.

    Fóruns

    Os fóruns fornecem uma mina de ouro de conteúdo para os mecanismos de pesquisa. Os usuários podem iniciar discussões, comentar postagens e ver o que é popular em seu site. Os fóruns oferecem outra vantagem de SEO usando a lei das probabilidades. Suponha que seu fórum tenha pessoas. Em seguida, suponha que 1 em cada 50 pessoas, em média, produz um ótimo conteúdo. Usando essa lei das médias, você tem pelo menos duas pessoas em seu fórum para criar conteúdo sensacional. Esse conteúdo, se produzido, oferece a capacidade de obter comentários, curtidas e impulso. Outros membros do fórum compartilham esse conteúdo - gerando mais links e tráfego para o seu site.

    When you encourage engagement, your forum takes on a life of its own. As membership increases, you get more free and fresh content. Remember the law of averages above? What happens when your forum grows to 1, members? Now, you have twenty potential superstar content creators. More posts brings more comments and engagement. Engagement attracts users, more content, and more search engine exposure.

    Some of the highest traffic websites on the planet have forums. Why? Because forums generate a perpetual content machine. It didn’t start off like this. On the forum creation date, the website owners planted a seed. As people felt more comfortable, they posted more. More posts produced more engagement. And more engagement produced more publicity. Publicity brought more members, growing the forum to meteoric heights.

    Q: How do you grow your forum?

    A: You find and embrace power users.

    Power users have extensive knowledge of a product. They reap the most benefits from usage. Let’s use an example. Assume your business sells hammers. The regular user might lift up the hammer, swing it around, and bang a few nails. The power user takes the hammer and builds a house.

    In every forum, community, or group, there exists a group of power users. Let’s call them power posters or power contributors. Power posters post new content, comment on other content, and establish an active presence on your forum. When I started to grow MathCelebrity, I hung around a few educational forums. The best forums gave badges to content contributors. At the end of the year, the forums handed out awards based on user contributions. Entire discussions formed out of the awards ceremony. Awards, badges, and recognition create engagement. Engagement equals activity, and activity drives your forum. You’ll find the busiest forums encourage engagement.

    As these forums attracted more users, a power law formed. 80% of the page views and activity came from 20% of the posters. Can you guess which posters fell in the 20%? The power posters. Power posters gain the respect of other forum members. They drive discussions. They help you grow your forum. And the best part? They do it for free! Power posters help lower the defenses of shy forum members. Forum members view power posters as peers. Even if forum members respect your ability as a webmaster, they’ll bond easier with power posters. They view you as the boss. Just like the workplace, nobody confides in the boss. However, power posters provide a happy medium. They have authority and peer approval.

    Finding these power poster traits help you identify future power posters. You’ll find power posters have a leadership quality — driving and steering discussions. The right power poster with the right topic gets you indexed on search engines — driving thousands of users to your website.

    Take time to reward and acknowledge power posters. Treat them right, and they’ll help you drive your SEO to unimaginable heights. If you build your forum, and nurture power posters, the forum will grow into a village.

    I want to show you another powerful user generated content strategy — testimonials.

    Testimonials

    The universe contains no stronger selling power than a testimonial. It’s one thing to brag about your own product or service. It’s another when a person brags for you. Think about the most powerful testimonials. We value testimonials from friends, family, and colleagues. We look to others for how they feel. Whether it’s Amazon, Yelp, or other feedback, buyers seek out ratings and reviews. Testimonials provide a window into sentiment around your product. What impact do testimonials have on your website? Read these statistics by testimonial software provider Yotpo:

    • “Products with an average of 4 stars get times more orders than products with 3.”
    • “% more purchases are made for products with a 5-star rating than a 4-star rating.”
    1. More users buy your products
    2. More users download your content
    3. More users spread your message.

    This concludes user generated content. Now let’s move to the power of being timely. I want to show you how to hop aboard trending topics. Just like swimming with the current, you use less energy and get more results.

    “Things get much easier if one jumps on the bandwagon of existing trends” — Lei Jun (a guy worth 13+ billion)

    Which task sounds more appealing:

    1. Swimming against a strong ocean wave
    2. Jumping in a lazy river and floating with the current

    In , the Common Core math debate raged across the country. Math traditionalists squared off against Common Core advocates. Math traditionalists vilified Common Core while Common Core advocates preached about a new way to learn. Since MathCelebrity covers math tutoring with Common Core content, it presented an opportunity to weigh in. I inserted myself into the conversation on social media and forums. My participation and my positioning earned me a few backlinks and mentions out of it.

    Develop your timing. Even though you may want to sit back, it helps to insert yourself into the conversation from time to time. Remember, you can’t play the game if you sit on the bench. Putting yourself out there takes effort. I consider myself an introvert unless I’ve had a few drinks. Keep in mind, putting yourself out there takes time. When the mood strikes you, try the trending strategy. I’m glad I did because it’s paid recurring SEO dividends. People who wouldn’t find me through regular search found me in a trending discussion.

    I want you to try another strategy related to trending topics — polarizing conversation. Politics, economy, and human relations provide a wealth of opportunity to jump in a conversation. Pick any day during the year, and a large number of people get emotional about one of those subjects. The question becomes, how do you take your product or service and latch on to the trending topic?

    Recency Weighting

    Amit Singhal, Senior VP and Google Fellow invented the Query Deserves Freshness (QDF) algorithm. Amit first talked about QDF in QDF has been a ranking factor ever since. QDF comes into play for the following scenarios:

    • Recent events — natural disasters, political events
    • Hot topics — Trending news such as celebrity gossip, or topics on the world’s mind. Seek out debates and polarizing conversation. Does your topic evoke intense emotion?
    • Regular updates — Sports events, scores, or timely events per day or week such as stock prices and financial news
    • Frequent updates — Stock Prices, financial news, and ever changing events which the public pays attention to

    When you post an article, video, or content update, make sure you send it to Google for indexing. I’ve found my indexing happens within 24 hours. If you embrace the strategy of news insertion, 24 hours or less gets you in the game quickly. Since trending topics may last a few days before disappearing, every few hours turns into an advantage. To index your page with Google, follow along in the Google Search Console chapter coming up.

    If you want to learn more about timely news exposure, I recommend David Meerman Scott. He invented newsjacking:

    The art and science of injecting your ideas into a breaking news story so you and your ideas get noticed.

    I covered how to latch on to popular topics. Now, let’s talk about making yourself the popular topic. You do this using Social Proof.

    Back in , my wife flew me to Miami to celebrate my 30th birthday. On our third night, we went to South Beach to check out the nightlife. As we walked through the rows of nightclubs, a doorman handed us a shiny card, good for one free drink. He stood in front of a large door enclosed by velvet rope. Pounding music pumped through the walls outside. Two women who worked for the club danced away on a platform near the front door.

    So far, everything we saw and heard excited us. However, only one person stood waiting in line. When my wife asked the doorman if the place was busy, the doorman replied, “10 minute wait”. My wife asked again, and the doorman said the same thing. Now, this should have set off alarm bells, but hey, a free drink is a free drink.

    The ten minute wait, thumping music, dancing women, and velvet rope hinted at a club filled to capacity. Between the outward appearance of a busy club and the free drink, we decided to wait. After ten minutes, the bouncer unhooked the red velvet rope, and we stepped through the large door. Before we saw the dance floor, security herded us into a turnstile area to pay a $25 cover charge per person. Once we paid, and got our hands stamped, the turnstile rolled over and we walked to the dance floor. Our mouths dropped at what we saw. One person dancing, and two people sitting at a bar. Nobody else inside but three people. How did they pull this off?

    The doorman and club owners used a powerful conversion tool — social proof. They manufactured social proof through visual cues. They created the artificial “wait” time, reinforced with the velvet rope. The pounding music suggested a crowd. We got sucked in by other social cues, like the dancing women.

    My wife and I stayed for an hour before leaving. We walked past this club a few hours later, and saw more people in line. Apparently, social proof, whether manufactured or real, gets the job done. Social proof works in any business, whether it’s brick and mortar or online.

    Social Proof Offline

    Social proof is a psychological phenomenon based on other’s actions. People grant themselves permission based on other’s actions. Monkey see, monkey do. When you understand and embrace this, your life gets easier. Your job for websites relies on the gathering of social proof — whether real or manufactured. Bartenders often seed their tip jars at the beginning of the night with a few dollars from their pocket. It sets the cultural tone for other people to tip. Smart brands find any way they can to show social proof. Consider McDonalds iconic sign — over billion served. Who can argue with a billion anything?

    It doesn’t stop with businesses, people harness social proof in the dating world. As I write this, you can buy a wingwoman service. The service gets a guy one woman to go out for a night on the town and act like his friend. The wingwoman service builds trust through social proof. Women naturally trust other women. And, if a woman sees another woman with you, the immediate assumption is, “This guy can’t be too bad, if another girl spends time with him.” By the way, nobody researched you or your background. You could be a violent criminal for all they know. Whatever your background, human nature never changes — people look to their peers for decisions.

    Notice the power of the wingwoman service — other people in the bar know nothing about you. Yet people make a large assumption on your behalf, simply by who stands next to you. Wing women provide a testimonial in person, even though it’s manufactured.

    Social proof extends to the digital world. And the more you embrace it, the better your chance to increase your search rank.

    Digital Social Proof

    When a user lands on your website, they don’t get to meet you in person. However, the user makes judgments immediately after landing on your website. Fortunately, you get one piece of social proof from search engines. By making it to the search results page, you gained credibility. The search engine vouched for you by featuring your results.

    Just like the wingwoman example, you gained transferred social proof from search engines. If your website had little worth, then why would search engines feature you? Consider this the good news. But don’t get cocky, because this honeymoon period lasts for a few seconds. The next part relies on you. Once the user lands on your website, now it’s your turn to gain more credibility.

    As I said in earlier chapters, create engaging content. If you want the relationship to progress, you must go beyond great content. Continued engagement, lead generation and a sale take more than great content. To speed up this process, use digital social proof. Since digital social proof comes in various forms, let’s review some powerful methods to use.

    Come One, Come All Social Proof

    Except for narcissists, people criticize themselves the harshest. When it comes to gathering social proof, you might write off social proof you already have. Just because you think a certain award means nothing, doesn’t mean your user feels the same. Just because you got a low level certification for your industry doesn’t mean you hide it. Any and all social proof is powerful, when used correctly. Remember, people don’t know you. So you need to show them your expertise, your awards, your press, and your testimonials.

    Step one in social proof — gathering any material you can. To start, we follow human nature. People follow the herd. And the herd thirsts for experts. The good news is, search engine success relies on human nature. And human nature never changes. It’s been this way for thousands of years. So once you master the principles, use them mercilessly to your advantage. Armed with this insight, let’s discuss tactics.

    Interviews

    If you’ve ever been interviewed on video, audio, or in print, feature this on your website. I’ve seen websites set up a media or press link. Inside this link, they display all their interviews and all press mentions. I recommend you do the same. Set up links to podcasts and website interviews somewhere on your website. Interviews give people a glimpse into your personality. Interviews position you as an authority in your marketplace. Why would somebody interview you if you weren’t worth it?

    When your finish any interview, get a transcript. Since people consume content in different ways, it’s good to have the transcript. Besides, search engines scan the transcript text giving you more content to submit.

    Contributing Articles on Popular Sites

    After I wrote an article for mlbjerseyschina.us, we gained more credibility with their audience. It’s social proof by extension. The thought process works by association. If a person writes for a large publication, they gain affiliation and respect attached to the publication. Include guest posts or mentions on large websites as well. You get social proof via another audience. When you guest post, you borrow credibility from the host website.

    Earlier, I talked about forums. MathCelebrity gained links and a new audience from one post on a cryptography forum. Since cryptography uses prime numbers, I posted a prime number calculator to contribute. The audience liked it, giving us additional links to our prime number calculator. This post brought more page views to our discrete math calculators. Sometimes, one well placed article or post explodes your traffic.

    Press Releases and Media Spots

    Highlight all press releases, media placements, or media mentions. Even if it’s a general event, press mentions mean something to people. I noticed an increase in searches for both my name and my website after I did my iHeartRadio interview. I’ve heard the same from colleagues with press releases as well.

    Refer back to your press placements whenever possible. I had two inquiries from new fans about advertising and premium services after seeing my interview placed on a sales page. Use my press formula: gather up all your press, find out where you can use it, and exploit it.

    Press links also contribute to the “press multiplier effect”. When journalists look to do interviews, they check and see what other press mentions you have. The same approach goes with podcasts, radio, and television. After I did my iHeartRadio interview, I received another interview request with a magazine shortly after. In their invite email, the media person for the magazine referenced my iHeartRadio interview. Besides asking for press, or getting referrals, how else can you get press?

    Books and Courses

    Any books you write, whether digital or paperback, position you as an authority. You become a magnet for press when you publish a book. Feature books on your website where applicable. By the way, here’s a little tip. Set yourself as the page author for your webpages. I’ll show you how to do this later if you need help. When you set yourself as the author, Google finds a way to pick up your books, and tie them back to your website. Reference all your books in any of your online profiles and social media pages.

    Take the same approach with courses. When you build a course, you become a teacher, giving you authority status. If the course builds off a book, highlight the book in the course copy. Make sure you have scripted talking points for your course. Use these bullet points when referencing your courses anywhere.

    I use Author of One Second Math for any course based on programming or regular expressions. Because both of these concepts get featured in my book. Book and course combinations create a ladder effect for your visitors. First you wrote the book. Then, you created a course. It’s a one-two punch for expert positioning. Each piece of content builds off the next.

    Testimonials

    I talked earlier about the power of testimonials. It’s a rite of passage for any online shopper to look at reviews and testimonials first. When you get a few high praise testimonials, start using them to build social proof. Feature them on your webpages. Attach them in emails. Highlight them on social media. Remember, humans follow herd behavior. If enough of the herd says or does something, the rest will follow. With enough powerful testimonials, you’ll influence the herd.

    Credentials and Certifications

    Feature any related credentials or certifications in your industry. Even if your credentials come from another industry, your fans may find it important. It’s another authority positioning ornament. On MathCelebrity, I passed a digital marketing exam and featured the certification next to my name. Pretty soon, people started asking me how to pass the exam. This led to me creating paid study guides, new products, and a whole new audience. And it all started with a marketing certification on a math tutoring website.

    Certifications give you authority and show your dedication. It says, “I studied, took the exam, and passed it. I’ve went through the hardships. Now I’ll make your life easier because of what I know.” The more authority and uniqueness you display, the more social proof you gain.

    Unique selling proposition (USP)

    An important lesson you learn in lead generation and sales is the power of being unique. Ever seen the show “Mad Men”? Producers based the lead character, Don Draper, off TV advertising legend Rosser Reeves. Reeves coined the phrase, “Unique Selling Proposition”, or USP. USPs answer the following questions:

    • What do you do better than anybody in your industry
    • What makes you more unique than anybody else?
    • Why should I buy from you and your company?

    I highlight how traditional tutors require a scheduling investment, driving, and limited hours. I compare that to the open 24 hours, split second response, in the comfort of your own home experience with MathCelebrity. USP’s help you attract the right audience, and repel the wrong people.

    Traffic and Social Follower Numbers

    If you get high website traffic, you have a goldmine of social proof. For interviews I’ve done as well as consulting gigs, I refer to the , (and climbing) unique monthly visitor number often. Even though I’m tooting my own horn, traffic of this size speaks to social proof. The first thought people have is, “, people visit his website without him using ads. He must be doing something right.”

    The same principle applies with social media followers. If you have a large Facebook following on your page or in your group, highlight this. Do you have a large number of Twitter or Instagram followers? Feature this as well. Large number of followers triggers a reaction from website users. It says, let me find out why this person has so many followers.

    Geographic Social Proof

    To extend to international markets, I feature the number of countries using our website. Instead of pigeonholing our website as an American math tutor, I feature the different countries of our visitors. Right now, we have over 35 countries, consisting of:

    • People who bought products
    • People who signed up for courses
    • People who use our site and write testimonials

    Product Sales Numbers

    If you sell on volume, or sell high revenue amounts, you have additional social proof. For my courses, once I got over 1, enrollments, I setup a running tally within my page. As the number kept increasing, digital social proof pulled more people in.

    Social proof gives you powerful persuasion tactics. Start by taking notes on anything and everything you have to offer. Find out where to use it. Then continue to highlight and build your social proof library.

    Next, let’s discuss various Google Tools to help you stomp out your competition. Google wants to see you do well. Google wants quality content produced for their audience. To help, they offer free tools to improve your website experience. At a minimum, install them and check them once per week.

    To improve SEO, start tracking website metrics. I use Google Analytics to automate tracking. If your website represents the human body, think of Google Analytics as the nervous system. It tracks, regulates, and suggest adjustments. Like the human nervous system, it provides a feedback loop. If you eat right and exercise, your body feels better. If you punish your body, the nervous system tells you.

    The same feedback process happens with Google Analytics. Your analytics numbers reflect traffic and engagement. When your website improves, the numbers tell the story. When your website lags, the numbers tell a different story. Google Analytics gives you a story at any moment about your website.

    Google Analytics tracks user information such as language spoken, country, device used. We will track time on site, and what activities a user performs. And finally, goal setting. Goals include email newsletter signups, opt-ins, purchases, and upsells.

    Chances are, you have Google Analytics installed. But have you used Google Analytics automation powers to help your business?

    To begin, Google Analytics provides one script to track information on your website. Installation takes place once. If you want to track purchases and events, setup takes a few extra minutes. The initial setup takes five minutes. After this, Google Analytics tracks activity on your website. Let’s review what Google Analytics tracks.

    Audience

    • Active Users — Tracks 1 day, 7 day, 14 day, and 30 day active users. The charts shown give you a visual representation of your website traffic. From here, you can also add a segment of your audience with one-click.
    • Lifetime Value — This ranks in the top three trackable metrics. Lifetime value equals the amount of money your customer has spent with you as of today. Google Analytics breaks this down by channel. Want to compare the amount of revenue the customers you acquired via advertising versus free traffic versus social media? It’s all here. How does this automated report help? It shows you which acquisition channel brings you the highest revenue spend. Let’s say social media acquisition brings you 12% of your customer lifetime value spend. But, paid advertising brings you 70% of your lifetime spend. The Lifetime Value report shows you where to spend more time and effort acquiring customers. In this case, paid advertising is a cash cow. Dedicate more resources towards it.
    • Cohort Analysis — Figure out what dates you acquired users as well as when they returned. For example, the cohort analysis tells you 25% of users acquired last week came back within 3 days. This powerful report shows you what successful tactics you made. Did you post a popular social media update? Did you write a comprehensive blog post? Did you host a giveaway? The Cohort Analysis report tells you this. Segment this report even further by device, revenue, sessions and other metrics.
    • User Explorer — Sometimes, us business buffs get too wrapped up in the big picture. We neglect micro events within our business which have great impact. The User Explorer report helps you take a fine tooth comb to your audience. This report shows you metrics for individual people who land on your website. How many times have they visited within a certain time frame? How long did they stay on average? How many times have they purchased and how much money have they spent in this time frame?

    Have you heard of the Power Law, also known as the 80/20 rule? It states 20% of the causes account for 80% of the activity. Translating the Power Law to your business website, 20% of your pages account for 80% of your traffic. 20% of your customers account for 80% of your revenue. For instance, I’m looking at a February report for MathCelebrity. I see one customer accounted for 25% of my revenue for the month! This report helps you focus on the big whale customers, those who spend more money than anybody else. It gets better: you can drill down into each individual and find out how they found your website, what time they visited, and what device they used. Try this: sort this report based on the highest ten spending customers. Do they have anything in common? This report provides those type of breakthroughs!

    • Demographics — This report shows you the age and gender of your website visitors
    • Interests — What subjects and websites interest your visitors? Use this personal information to learn about your customers. Also, if you want to advertise, you now know what top categories your website visitors frequent. Instead of throwing darts at a board guessing, you have their interests right in front of you. Do your website visitors love movies, video games, or other technology? This report gives that to you.
    • Geographic — Gives the location and the language of your users
    • Behavior — Shows new versus returning visitors. How many times do returning visitors coming back? How many pages viewed between new and returning visitors?
    • Technology — What browser, operating system, and network do your website visitors use? What devices people use when visiting your website?
    • Traffic — Where does your traffic come from?
    • Are they typing in your website directly or using a saved bookmark?
    • Did they find you through organic search on Google, Bing, or other search engines?
    • Were they referred from another website (backlink)? Google Analytics has a Referral report showing the top website referrers
    • Did they come from social media (Facebook, Twitter, Instagram)?
    • AdWords — Google’s Advertising Traffic
    • What keywords did a user type in from paid search to find your website?
    • What hour of the day did they click your advertisement?
    • Social — What social media websites did your visitors come from?
    • What networks did they share to?
    • On what pages did they share to social network?
    • Site Content (Landing Pages) — Identifies the first page users visit when they arrive at your website
    • Site Content (Exit Pages) — Identifies the last page users visit before leaving your website
    • Site Speed — How fast do your pages load? You can sort by slowest or fastest page. Also, Google provides speed suggestions. Look for the hidden gem here: do you have a correlation between site speed and page popularity? Check to see if changes speed up a page. Do more users stay on the page versus leaving out of frustration?
    • Site Search Usage — How many visitors who arrive on your website use your search engine? If you have a low search engine use, it says two things:
    • Users cannot find your search engine
    • Your website bores users — they leave shortly after arrival
    • Site Search Terms — What terms and phrases do users search for on your internal search engine?
    • How many unique searches do they run each time?
    • How many people exit after searching?
    • How many pages do they visit after searching?
    • How long do they stay on your website after searching? This tells you how compelling and informative your search results are.
    • Site Search Pages — What pages do they visit after they search?
    • Events — Shows how users interact with your website. Examples include button clicks, link clicks, video watches, downloads, and widget interactions. Events come with 3 parts:
    • Category — A name given to the way you group events
    • Action — What action does a user take with an event
    • Label — Notes on the action they took. Think of this as extra detail.
      • Event = Video Watch, Action = 50% Watched, Label = Demo Video. This describes a user playing a video on the website, watching 50% of it, and the video is called “Demo Video”
      • Event = Download, Action = free PDF eBook, Label = “How to Automate Your Business”. Event describes a user who downloaded an eBook called How to Automate Your Business Events can be assigned values as well. How many downloads did a particular user perform?
      • Goals — You know the old saying: What gets tracked gets improved. This section of Google Analytics tracks how many conversions your website gets. Conversion examples include downloads, newsletter signups, and purchases. To do this, you set up Goals. Google Analytics classifies goals into the following types:
      • Destination — Did a user visit a specific page or location?
      • Duration — Did a user stay on your website for a specific amount of time?
      • Pages/Screens — Did a user view a certain amount of pages?
      • Event — We discussed events above. The event goal track these conversions, such as Facebook share, Video Play, ad click Goals get assigned a value. These values feed Goal reporting, such as completion rates and conversion rates.
      • Ecommerce — Track which products sold, revenue generated, and average order and quantity size
      • Sales Performance — Shows you sales by transaction information, date and time for example
      • Transactions — Revenue, Tax, Shipping, and Quantity if applicable
      • Time to Purchase — Another hidden gem. This report tells you the number of days and number of sessions between the user’s first visit and the day they buy. Time to purchase measures your sales cycle.
      • Multi-Channel Funnel (MCF) –The user journey between the first time they discover your website until they buy. Did a user first find you on social media, then browse your website, then sign up for an email, and then buy a product? The MCF report tells you this. It shows you the path length, conversion count, conversion value, and the percentage of total conversions from the path. Like I described above, this report gives you another opportunity to embrace the Power Law. Analyze your conversion paths and you will find 1–2 of them generating a large amount of your conversions.
      • Assisted Conversions — What paths assisted in the conversion? While a customer might buy from an email newsletter, they found the newsletter from a social media post. Think of a conversion as a collection of links in the chain. This report lets you know the individual parts of the chain. Optimizing the chain helps you optimize your conversions.

      The admin tab lets you do the following:

      • Setup integrations with other Google products such as AdSense, AdWords, and Ad Exchange
      • Build your personal settings for each of your websites
      • Build alerts — Alerts provide automate monitoring and notification via email and text messages. When metrics reach a certain level, you get notified.
      • Are users leaving your site right away? Set up an alert for Bounce Rates?
      • Are your conversion goals spiking? Send yourself and your team a text message.

      Each metric and analysis report listed above comes with extra features.

      1. With the click of a button, you can email yourself and your team the report
      2. You can export the report to csv, Excel, PDF, and Google Sheets
      3. You can add the report to a custom dashboard
      4. You can create a shortcut for yourself. One click of a button in Google Analytics gets you to the report immediately

      Let’s meet another employee in your automation arsenal. This employee sits on your website and talks to Google. They track what search terms your website shows up on. They track what search terms on Google get website clicks. They also calculate the Click Through Rate (CTR) when you show up on a Google search page. This employee monitors any errors the search engines find. You receive error notifications as well as how to fix the problem.

      Who is this tireless worker tracking search engine activity? It’s time to meet your new employee — Google Search Console.

      How does it work?

      Install a file on your website or log in using Google Webmaster Tools. Nothing more to do. Search Console takes 90 seconds to install. After installation, the tool starts monitoring your website performance on Google. I like to think of this tool as the Google concierge. Anything you want to know about your website and Google, the Search Console gives it to you. After you install the file, let’s review each level of the Search Console reporting features:

      Search Appearance

      • Structured Data — Extra information you provide to search engines for categorization
      • How many instances of your website have structured data? Structured data provides information with a high degree of organization. It gives search engines more detail on what a particular piece of your website does. Is it a song, a movie, a list of dates for a concert venue, an article, a book review, a product? Structured data tells search engines what your data means. Structured data provides another benefit: appearance on the search engines. Structured data makes your search engine results shine with extra, detailed information.
      • HTML Improvements. Google provides you an organized report for issues within your HTML page code. Remember the tags I talked about earlier? Fixing issues gives your site a better ranking in the search engines. Example improvements include:
      • Meta description issues — too long, too short, or duplicates?
      • Title Tag issues: Identifies long, short, missing, or non-informative page titles
      • Non-indexable content. Search engines cannot decipher your webpage.
      • Search Analytics — This helps you analyze your search engine performance. As you make changes, track your ranking, clicks, and impressions from week to week. Search traffic metrics include:
      • What search terms, also known as queries, did people run where you showed up on search engines?
      • How many times did your website appear in search results?
      • What pages appeared on the search results?
      • How many clicks did those pages in the search results get?
      • What countries did the searches come from?
      • What position in the search engine results did your website appear? If you pay attention to no other Search Console statistic, pay attention to this one. Improving this statistic alone alters your website destiny.
      • Links to Your Site — An important report for backlinks which help your Google ranking. Google treats backlinks count as digital votes. Metrics include:
      • How many total links point to your website?
      • What websites link to your site the most?
      • What content has the most backlinks?
      • How is the data linked?
      • Internal Links — How do you link internal pages?
    Источник: [mlbjerseyschina.us]

    Free Traffic Frenzy: Como obter mais de visitantes de graça

    Sentado em uma mesa frágil, olhando para uma conta de retenção de US $meu colega frustrado exclamou: "O tráfego gratuito custa dinheiro!" Meu colega, diretor de marketing, recebeu a conta como cortesia de uma agência de SEO. Em troca do resgate do rei que ela pagou, meu colega recebeu um relatório de 15 páginas cheio de jargões. “Estou lendo uma linguagem misteriosa”, ela me disse, “e nada disso faz sentido”.

    Cenários como este acontecem diariamente. Você gostaria de decodificar o mistério e aprender os segredos por trás de um site que atrai visitantes mensais? Melhor ainda, gostaria de saber como esse tráfego chega gratuitamente? Quando digo grátis, quero dizer - zero gasto com publicidade, zero taxas de PS4 Save Wizard 2020 Crack & License Key 2020 e zero dólares gastos em agências de SEO sugadoras de sangue. Vou mostrar a você as táticas por trás do tráfego de seis dígitos para a MathCelebrity. Eu uso essas mesmas táticas com meus clientes particulares.

    Você abriu este livro para aprender sobre SEO. Se você possui um negócio ou deseja decodificar os mistérios de SEO, este livro o ajudará a compreender as informações de SEO. Correção, você deseja informações acionáveis. Você se cansa de ser menosprezado pelos chamados especialistas. Você deseja informações claras e concisas de sites de sucesso. Há anos vejo pessoas como você serem bombardeadas com conselhos confusos.

    SE-Oh meu Deus

    Quer sejam gurus de SEO ou agências caras, as pessoas se cansam de jargões e promessas quebradas. Se você segue seus blogs, você se sente confuso. Se você lê seus e-mails, precisa vasculhar um vocabulário secreto.

    E quanto aos serviços de agência de SEO pagos? Você gastou muito dinheiro para obter resultados mínimos ou nulos. Pior ainda, essas mesmas agências explicaram pouco ou nada sobre o que faziam ou como funciona. A desculpa mais comum que eles dão é "espere para ver".

    Eu sei como você se sente. No início de minha formação em SEO, segui gurus e dei dinheiro para agências. E eu fui esmagado. Assim como você, estou cansado de furtos e conselhos vazios. Em troca de seu tempo e dinheiro, você obtém aumentos mínimos de tráfego. Em vez de jargão, você quer conhecimento e resultados.

    Conhecimento é igual a poder

    O MotoGP 17 Free Download do SEO começa com o conhecimento - conhecimento real. SEO carrega uma reputação de partes iguais de pó de fada e misticismo. O mistério muda, os jogos mudam e também os rumores. Você quer saber o que funciona, por que funciona e o que deve ser evitado. Você está cansado de receber um balde de lixo confuso lançado em seu caminho sobre SEO. Aposto que você já viu os seguintes impostores:

    • O guruaquele que prega, mas não pratica
    • O tomador de dinheiroo dinheiro que eles levam, a experiência que eles falsificam
    • O doador de opiniãoJogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar. Sempre tem uma opinião, e sempre errada. O doador de opinião não poderia atingir ADOBE PHOTOSHOP CS 8 crack serial keygen água se caísse de um barco.

    Finalmente, você veio aqui para gerar tráfego sem gastar dinheiro. Você deseja tráfego consistente e orgânico no piloto automático. Os resultados da pesquisa orgânica fornecem credibilidade instantânea com os usuários. Os resultados da pesquisa orgânica liberam dinheiro para gastar em seu negócio.

    Sidenote: Não tenho problemas com tráfego pago. O tráfego pago oferece uma rota poderosa para expandir seus negócios. Se você usa tráfego pago, este livro oferece outra arma em seu arsenal. E as técnicas que apresento neste livro também ajudam em suas estratégias de tráfego pago.

    Lembre-se de que o tráfego de pesquisa paga funciona como um leilão. O leilão recompensa você pelo dinheiro gasto, pelas taxas de cliques e pela experiência no website. Quando você melhora na geração de tráfego orgânico, sua busca paga melhora. Abordarei a experiência do site e a experiência do usuário - ferramentas poderosas no tráfego gratuito e pago.

    Sua próxima pergunta é: por que devo ouvir o autor? Deixe-me apresentar-me. Meu nome é Don Sevcik, e construí o MathCelebrity, um site educacional com um pico de volume de tráfego de visitantes únicos mensais. Essa torrente de tráfego vem de mais de dez anos de tentativas e testes.

    O custo total que paguei por esses visitantes… $ 0, Todo o tráfego que obtemos é orgânico, também conhecido como gratuito. Conseguimos isso por meio das técnicas de SEO que compartilharei com você neste livro. Depois de ter sucesso com meu próprio site, ampliei minha experiência por meio de consultas a clientes. Como um aparte, eu aumentei as pontuações de SEO para todos os meus clientes. Meus clientes vêm de educação, finanças, saúde e muito mais.

    Por que mais estou qualificado? Porque eu sou um praticante do jogo skin in the game. Ou seja, só compartilho táticas que usei pessoalmente com sucesso. Também mostro erros estúpidos que cometi. Estou dando a você uma base de conhecimento cumulativa desde Incluí acidentes felizes, fracassos infelizes e técnicas testadas em batalha. Façamos uma pausa por um momento e deixe-me oferecer mais um motivo para ouvir. Porque não tenho paciência. Fique comigo, porque minha impaciência ajuda no seu aprendizado.

    A impaciência é uma virtude

    Não consigo sentar em reuniões por mais de cinco minutos sem ficar entediado. Não consigo ouvir alguém falar demoradamente por mais de 30 segundos antes de desligar. É bem possível que eu tenha mudado uma chave genética no nascimento. Agora, como minha falta de paciência o ajuda? Simples. Eu só recolho o que funciona. Eu apenas escuto e compartilho o que importa. Portanto, na pesquisa que reuni desdeconcentro-me nos retornos viáveis ​​para o seu investimento de tempo. Isso significa que é melhor eu ver um resultado em sete dias ou menos, ou me livro dele.

    Quero que você pegue os truques que reuni devido à minha impaciência e gere mais tráfego livre.

    Agora que você sabe quem eu sou e o que faço, vamos começar a compartilhar. Meu primeiro presente para você está dentro da sua cabeça. O órgão Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar três libras dentro do seu crânio lhe dá uma vantagem injusta. E vou mostrar a você como pensar para ter mais tráfego livre. Parece bom? Ok, vamos pegar.

    “Dê-me seis horas para derrubar uma árvore e passarei as primeiras quatro afiando o machado.” - Abraham Lincoln

    Antes de entrarmos em estratégia e tática, vamos primeiro falar sobre sua mentalidade. Etapa um - separe-se do rebanho. Separar-se do rebanho exige que você identifique o comportamento do rebanho e, em seguida, faça o oposto. Vamos revisar o comportamento do rebanho de SEO. Primeiro, vamos conhecer o rebanho.

    Eles acompanham cada atualização do Google nas notícias e, em seguida, pontificam por horas. Eles seguem todos os chamados especialistas em SEO e consideram o que eles dizem um evangelho. Eles se curvam aos pés das agências de SEO. Eles ficam obcecados com a palavra “hacks”. Eles atendem e se curvam no altar do Google e, às vezes, do Bing. O rebanho trata os visitantes do site como um subproduto. Um sonho de apenas dez segundos.

    Isso soa familiar? Se você estiver correndo com o rebanho, pode precisar de uma desintoxicação mental ou digital. Não fique chateado, é preciso esforço para se desapegar. O pensamento colmeia infesta esta indústria como um vírus. A desintoxicação digital é difícil, mas necessária. Porque você abriu este livro me diz que você deseja desintoxicar. Então venha comigo e Snapgene Registration Key 2021 With Crack [ Latest Version ] começar sua limpeza mental.

    “Observe o que as massas fazem, depois faça o oposto.” - James Caan

    Finja que você é seu cliente

    Esqueça por um momento, sobre Google, Bing, agências de SEO e todo o pó mágico de fadas. Depois de limpar sua cabeça, comece a pensar nas pessoas. Mais importante ainda, os usuários que visitam seu site. Imagine que eles visitam seu site e consomem seu conteúdo. Escolha qualquer tipo de conteúdo - postagens de blog, infográficos, calculadoras, vídeos. Esqueça o sistema de entrega, vamos nos concentrar na experiência.

    Quero que você imagine o usuário ideal visitando seu site e consumindo seu conteúdo. Visualize o cenário ideal em sua cabeça, desde o momento em que chegam ao seu site, até que saem de seu site. O que você deseja que eles façam, imediatamente após terminarem de consumir seu conteúdo?

    Anote suas respostas, porque você as consultará mais tarde. Se você não tem uma resposta agora, não se preocupe. Quero que você passe um tempo pensando sobre essas questões - como Abraham Lincoln passou o tempo afiando a serra. Reserve algum tempo para fazer um brainstorm. Esta sessão de brainstorming coloca você à frente de 95% do rebanho imediatamente. Enquanto você pensa sobre isso, deixe-me dar as respostas que geraram o tráfego do meu site.

    Imagine o seu visitante ideal

    Tenho dois visitantes ideais:

    1. Estudantes de matemática, do quinto ano até a faculdade, que precisam de ajuda para fazer o dever de casa agora.
    2. Pais com um aluno que tem dificuldade em matemática. Este pai quer ser tutor de seu filho, mas eles precisam se atualizar em matemática. O pai não tem tempo nem paciência para ler outro livro para obter ajuda.

    Meu visitante ideal tem urgência. Os deveres de casa e os testes têm prazos, então alunos e pais precisam de ajuda agora. Eles precisam de uma explicação completa e fácil de entender.

    Imagino meu usuário ideal abrindo um mecanismo de busca e digitando uma frase matemática. Os exemplos incluem calculadora de divisão sintética e calculadora de notação de intervalo. Eles chegam ao meu site após a pesquisa. Eles apresentam um problema, examinam o trabalho de Capture One Pro 13.1.1 Crack Archives e imediatamente o compreendem.

    Assim que eles resolverem o problema, quero que uma de duas coisas aconteça. De preferência, ambos.

    1. Eu quero surpreendê-los pelo nível de detalhe no trabalho de matemática. Eu BullGuard Antivirus Crack Is Here [2020] Archives que eles se inspirem o suficiente para compartilhar isso com seus amigos. Ao compartilhar meu site, os usuários se transformam em tutores de matemática. Logo depois que eles compartilharem esse problema, quero que eles executem outro problema e outro problema. Quero que usem meu site até que terminem e entendam seu dever de casa.
    2. Quero que eles passem mais tempo comigo e com mais ninguém em meu setor. Porque quanto mais tempo eles passam na minha página, duas coisas acontecem. Eles confiam na minha capacidade de entrega. E eles vão querer passar mais tempo comigo no futuro.

    Comece com o fim em mente

    Veja o que eu fiz lá? Estou executando toda a experiência do usuário, antes, durante e depois pela minha cabeça. Faço isso para deixar claro o que preciso fazer para cumprir meu objetivo. E tudo começa a funcionar ao contrário do objetivo final. Para pegar Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar o princípio de “7 hábitos das pessoas altamente eficazes” de Stephen Covey

    Comece com o fim em mente.

    Observe acima, eu disse a experiência do usuário. Eu não disse nada sobre SEO ou motores de busca. Fiz isso de propósito por motivos que contarei a você em alguns instantes.

    Também listei as ações desejadas que desejo que meu usuário execute. Cada ação que o usuário executa conta como outra meta. Enquanto eles completam um objetivo, as rodas para ganhos de SEO começam a se mover, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar. Agora, vamos romper a hierarquia com o rebanho. E quero que você queime esse princípio em sua cabeça. Consulte-o sempre que começar a pegar a doença de rebanho:

    Evite perseguir o Google e as atualizações do algoritmo. Recuse-se a ficar obcecado com as últimas atualizações do algoritmo. Eu sei que isso soa como blasfêmia no mundo rebanho de SEO. Mas não cheguei a mais de visitantes mensais seguindo o rebanho. O que me leva a algo que eu queria gritar do alto há anos. Guardei para este livro, apenas para você.

    Eu não me importo com os motores de busca. Eu me importo com as pessoas.

    Ahhh, aí, eu disse isso. Foi ainda melhor do que o esperado. Você vê, quando o seu site envolve as pessoas, o resto vai cuidar de si mesmo.

    O envolvimento começa com a mentalidade certa em relação às pessoas. Portanto, vamos comparar a mentalidade de rebanho com a mentalidade vencedora.

    • Rebanho: Construa para mecanismos de pesquisa, About Us - Windows Activator recompensá-lo e falar às pessoas sobre você.
    • Vencendo: Construa para as pessoas, sua mensagem é compartilhada em toda parte, suas ações comunicam seu valor para os motores de busca.
    • Rebanho: trate as pessoas como corretores e os mecanismos de pesquisa como clientes
    • Vencedor: trate as pessoas como clientes, onde os mecanismos de pesquisa desempenham o papel de intermediários.
    • Herd: Vou seguir cegamente e farei tudo o que as agências de pesquisa e influenciadores me disserem para fazer
    • Vencendo: vou pegar as melhores informações, compará-las com os resultados e manter o que funciona. Descarte o resto.
    • Rebanho: vou construir o que acho que as pessoas precisam
    • Vencendo: vou descobrir o que as pessoas querem e dar a elas

    Ao refletir, tente reunir seus pensamentos em torno de um tema central. Com o tempo, o tema central toma forma em uma frase ou sentença. Eles dizem que você pode resumir todas as ideias poderosas em uma frase.

    Em 4 de novembro deJogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, Ronald Reagan debateu Jimmy Carter para a presidência dos Estados Unidos. Em seus comentários finais, Ronald Reagan fez à multidão uma pergunta simples.

    “Você está melhor agora do que há 4 anos?”

    A pergunta de Reagan cortou e capturou o humor do país em uma frase. Essa questão se tornou a Grande Ideia e selou a eleição de Reagan. É poderoso, simples e mensurável.

    A Grande Ideia também se aplica ao seu negócio. “O que estou fazendo Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar está tornando meu negócio melhor do que há 30 dias?” Lembre-se de que uso 30 dias como um número arbitrário. Quadros de tempo de 1 semana, 1 mês ou 1 ano fornecem um instantâneo.

    Não importa o quão agitada sua agenda fique, reserve uma hora por semana. Vá para algum lugar quieto. Pergunte a si mesmo: o que estou fazendo agora está tornando meu negócio melhor do que na semana passada, mês ou ano?

    Se você respondeu “Não”, então sabe o que precisa fazer. Você não precisa de influenciadores, tapinhas nas costas ou sessões de kumbaya perto da fogueira. Compare sua situação de um período de tempo para outro. Depois de comparar os prazos, pergunte a si mesmo a pergunta de Reagan.

    Você gostou da resposta?

    Pergunte ao seu cliente

    Depois de fazer a si mesmo perguntas sobre seu site, concentre sua atenção em seus clientes. Em vez de adivinhar, gosto de entrar em contato com os clientes e obter suas opiniões honestas em meu site.

    Tive essa ideia do meu primeiro emprego ao sair da faculdade. Duas décadas atrás, trabalhei no rastreamento de saltos - um termo chique para perseguir devedores que desaparecem. Os maiores infratores desapareceram por capricho. Os devedores pararam de atender ligações e ignoraram as cartas repetidas para suas casas.

    Para rastrear essas pessoas, encontrei amigos e familiares do devedor. Aprendi a fazer perguntas abertas. Parei de fazer perguntas com uma resposta sim ou não. Comecei a fazer perguntas que exigiam descrições, como:

    • “Como você conhece o Sr. X?”
    • “Eu gostaria de ajudar o Sr. X, como posso alcançá-lo?”
    1. O cliente perdeu o emprego.
    2. O cliente teve problemas de relacionamento.
    3. O cliente vivia de salário em salário. Eles tiveram uma despesa única neste mês, como contas médicas.

    Veja, a natureza humana nunca muda. As pessoas se movem em rebanhos. E o comportamento do rebanho é rastreável. Você verá isso com a regra 80/20, também conhecida como Lei da Potência. 20% de (x) produz 80% de (y). Agora vamos tentar um experimento de 5 minutos usando a Lei da Potência:

    1) Acesse sua ferramenta de transações de vendas e encontre os 10 maiores clientes que gastam.

    2) Ligue para cada um desses dez clientes.

    3) Descubra as seguintes informações:

    • i) O que eles gostam em seu produto ou serviço
    • ii) Como você os atende melhor
    • Você torna (i) ainda melhor
    • Você melhora (ii)

    Agora que estabelecemos um estado de espírito para entrar, vamos deslizar para a execução. Começamos abraçando um princípio chamado Kaizen. Kaizen vem de um estatístico americano chamado William Edwards Deming. Deming acreditava em Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar incrementais contínuas em todos os aspectos do seu trabalho. O termo japonês kaizen vem do pós-Segunda Guerra Mundial. Significa melhoria ou mudança para melhor.

    Construir o tráfego do site exige uma grande quantidade de trabalho. É fácil perder o rumo. Para tornar sua vida mais fácil, divida grandes metas em pedaços pequenos.

    Objetivos Pequenos

    Para manter o controle, concentre-se em uma pequena meta todos os dias. Escolha um aspecto do seu site. Legibilidade, velocidade, taxa de rejeição, engajamento, etc. Escolha um deles e defina um prazo. Pode ser um dia ou uma semana. Então, eu quero que você melhore seus números 1% por período. Faça algo todos os dias ou todas as semanas para melhorar a experiência do seu site em 1%.

    Escolho 1% porque é gerenciável e quantificável. 1% dá a você outra coisa - impulso. Veja, você só precisa começar a se mover. Assim que você começa o movimento, a primeira lei de Newton assume o controle. Objetos em movimento tendem a permanecer em movimento. O movimento contínuo, mesmo com melhorias de 1%, paga dividendos.

    Se você for consistente com Kaizen, os juros compostos assumem. Você vê, 1% por dia durante 30 dias equivale a mais de 30%. O poder de composição transforma pequenos ganhos em ganhos exponenciais. Albert Einstein resumiu da melhor maneira:

    Os juros compostos são a força mais poderosa do universo.

    Vamos usar uma estratégia Kaizen com 1% de melhoria por dia. Combine todos os dias e veja o que você ganha:

    • Após 30 dias, você melhora 33,45%
    • Após 60 dias, você melhora em 79,87%
    • Após 90 dias, você melhora em ,44%
    • Após dias, você melhora em ,77%
    • Após dias, você melhora em ,64%
    • Quer passar um ano inteiro com dias? 1% por dia, todos os dias, resulta em um ganho de ,93%

    Agora você tem um plano de melhoria diária. E por falar em melhorias, vamos discutir outra maneira de melhorar - evitando erros.

    As sociedades agrárias de antigamente fizeram grandes avanços quando passaram a se perguntar: “Como podemos obter água?” para "Como podemos fazer com que a água chegue até nós?"

    Chamamos isso de inversão do processo de pensamento. A inversão vira sua pergunta de cabeça para baixo. Em essência, a inversão ajuda a evitar erros. Imagine o que você quer e pergunte, como você pode evitar que o oposto aconteça? Em vez de perguntar como melhorar, pergunte-se: "O que eu faria para falhar?" Esta questão força você a identificar o caminho errado e evitá-lo.

    A inversão também ajuda a expandir seu site. Se usarmos a inversão, começamos com o fim em mente. Vejamos alguns exemplos:

    • Pensamento regular: como você pode fazer com que um usuário se inscreva no seu boletim informativo?
    • Inversão: Quais itens em seu site impedem o usuário de se inscrever em seu boletim informativo?
    • Pensamento regular: como você pode fazer com que mais pessoas comprem seu produto ou serviço?
    • Inversão: Qual item do site impede que seus usuários comprem seu produto ou serviço?
    • Pensamento regular: Como faço para que o usuário leia meu artigo?
    • Inversão: Quais distrações e desordem impedem meu usuário de ler o artigo?

    O que você pode remover para melhorar as coisas? Imagine a jornada do usuário do início ao fim. Remova qualquer congestionamento que esteja interferindo em sua experiência. Com todos os possíveis obstáculos removidos, pergunte-se: como seria o seu IDM Crack 6.35 Build 9 Retail With Serial Key [Newest] de desempenho evitam erros

    Se você olhar para qualquer campo, os melhores desempenhos abraçam a inversão. O investidor bilionário Warren Buffett e seu parceiro de negócios Charlie Munger praticam a inversão. Evitar a estupidez exige menos esforço do que se tornar uma pessoa brilhante. Charlie resume o sucesso da Berkshire Hathaway usando a inversão com esta citação:

    “O segredo da Berkshire é que somos bons em remover a ignorância. A boa notícia é que Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar temos muita ignorância para remover ”.

    Atletas profissionais praticam inversão durante uma partida. Pense em pingue-pongue ou tênis. No ensaio de Charles Ellis deThe Loser's Game, ele escreve:

    “O amador raramente vence o adversário, mas se vence o tempo todo. O vencedor neste jogo de tênis consegue uma pontuação maior que o oponente, mas ele consegue essa pontuação maior porque seu oponente está perdendo ainda mais pontos. ”

    A inversão se concentra em evitar erros bobos. Faça um tour mental pelo seu site. Quais itens ajudam o usuário? Que itens podem confundir o usuário? Como você pode remover esses obstáculos?

    Vamos discutir mais uma mentalidade de SEO - automação. Eu deixo a tecnologia fazer a maior parte do trabalho para mim. Quando você deixa a tecnologia fazer o trabalho, você evita o estresse, limpa sua agenda e não se esquece das coisas. Ao liberar seu tempo e limpar sua programação, você se concentra em tarefas importantes de construção de negócios. Eu uso dois princípios quando deixo a tecnologia fazer o trabalho por mim:

    1. Atualizações únicas. Construa-os uma vez e eles funcionarão para sempre.
    2. Automação. Eu uso scripts, trabalhos agendados e software para lidar com certas tarefas de SEO.

    Minha inspiração para atualizações únicas vem da lenda do infomercial Ron Popeil. Ron vendeu mais de 2 bilhões de dólares em produtos por meio de infomerciais. Suas frases de efeito grudam em seu cérebro como cola. Uma de suas famosas apresentações para a televisão veio do produto Showtime Rotisserie. Quando tiver alguns minutos, vá ao YouTube e assista a esta apresentação. É uma educação valiosa.

    Durante a apresentação de Ron, ele lê as instruções do churrasco. Ele pronuncia uma frase inesquecível para o público:

    "Basta configurar e esquecer."

    O público repete a frase com ele em uníssono durante todo o infomercial. Anos depois do infomercial, as pessoas ainda usam essa frase de efeito.

    O princípio definir e esquecer também traz valor para o SEO. Quando se trata de SEO na página ou de atualizações de velocidade da página, mostrarei como fazer atualizações únicas em seu site. Essas atualizações configuram e esquecem. Funcionam agora.

    Agora, certos princípios de SEO requerem monitoramento e trabalho consistentes. Se não podemos usar definir e esquecer, nossa próxima pergunta é: podemos usar a automação? Vamos explorar os benefícios da automação para o trabalho diário do seu site.

    Faça o trabalho enquanto dorme

    Imagine o seguinte: você se encontra em um sono profundo. Enquanto você relaxa sob as cobertas, um funcionário trabalha incansavelmente para ajudá-lo a construir relacionamentos com seus clientes. Esse funcionário também lida com tarefas repetíveis exigidas por sua empresa. Tarefas repetíveis requerem lembretes. Que tipo de lembrete Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar pessoas usam? Eles também:

    • Defina um lembrete de calendário para eles todos os dias, semanas, meses ou trimestres
    • Alguém os lembra a cada período de tempo sobre isso

    Esses trabalhos agendados são executados em segundo plano. Eles nunca se cansam ou fazem uma pausa. Você não tem que pensar sobre eles.

    No MathCelebrity, eu defini os trabalhos agendados para serem executados durante horários de tráfego lento. Impacta menos meu público quando os scripts são executados durante períodos de baixo tráfego. Normalmente, esses trabalhos são executados entre 4h e 5h CST todos os dias.

    Quando os trabalhos agendados são concluídos, recebo um resumo por e-mail. Caso algo dê errado, saberei quando acordar pela manhã. O e-mail me envia um relatório de SEO completo das últimas 24 horas. Eu chamo de meu

    Painel Executivo

    O painel executivo serve como seu briefing diário para o seu site. O painel contém métricas de SEO que discutirei mais tarde, como:

    • Ranking
    • Taxa de cliques (CTR)
    • Taxa de rejeição
    • Visitantes únicos
    • Páginas vistas
    • Existe uma página do meu site desativada?
    • A velocidade da minha página diminuiu?
    • Nosso engajamento na mídia social despencou?

    Finalmente, incluo uma seção de status no relatório do painel de todas as atividades de manutenção. Por exemplo, tenho um script que discutirei mais tarde para otimizar meu banco de dados e arquivos. O painel fornece detalhes sobre as tabelas otimizadas. Essas atividades otimizam a velocidade da página, um fator de classificação de SEO vital.

    Se a otimização falhar, receberei um relatório de erro. Eu amo esses relatórios de erro - eles servem como meus guarda-costas digitais. Eles procuram constantemente por problemas e me alertam sobre eles mais cedo ou mais tarde.

    A automação exige um investimento inicial de tempo. Mas o tempo que você gasta agora paga dividendos futuros. A melhor maneira de decidir sobre automação vem de seu investimento de tempo manual. Quanto tempo você gasta em certas tarefas? Quanto tempo leva para lembrar de fazê-los? Com que frequência você trabalha nessas tarefas?

    • Diário
    • Semanalmente
    • Por mês

    Automatizar por período de tempo

    Para qualquer tarefa diária, mesmo que leve cinco minutos, prefiro automatizar. Porque esses cinco minutos ocupam espaço em meu cérebro - roubando minha energia mental para tarefas mais importantes. Quanto mais força mental eu conservo para tarefas maiores, melhor eu desempenho.

    Eu recomendo que você tenha uma sessão de brainstorming de automação. Crie um gráfico com duas colunas abaixo:

    1. Tarefas que você deseja automatizar e saber fazer
    2. Tarefas que você deseja automatizar, mas precisa de ajuda

    Existe software livre ou scripts na Internet para ajudá-lo a automatizar? Você pode trocar favores com uma pessoa experiente em tecnologia? Por exemplo, você pode oferecer seu produto ou serviço em troca de ajuda de automação?

    Defina restrições para você mesmo. Como você pode automatizar sua segunda coluna sem gastar dinheiro? Essas restrições estimulam a produtividade. Eu defino automação como a interseção de preguiça e engenhosidade. Cada pequeno sucesso leva a uma grande realização.

    Trate cada sucesso como uma vitória. Quando você começa, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, o SEO é uma merda. As vitórias parecem poucas e distantes entre si. Eu gostaria que fosse diferente, mas não é. Imagine que você está sentado no topo de uma colina coberta de neve na Suíça. Você precisa fazer uma bola de neve com um metro de largura e 1,80 de altura. Você enrola uma pequena bola de neve na mão. Você começa com uma pequena bola de neve, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar. Agora, pegue esta bola de neve e empurre-a colina abaixo. Quando você empurra pela primeira vez, é uma luta.

    Conforme você continua a empurrar, o ângulo da colina o ajuda. A bola de neve começa a rolar sozinha. À medida que rola, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, ele ganha velocidade. A velocidade acumula mais e mais neve no topo. Logo, a bola de neve explode em tamanho. Eu uso a imagem da bola de neve 3D Ultra Pinball: Thrillride 3D crack serial keygen representar o momentum. Depois que a bola de neve se move a uma velocidade decente, fica cada vez mais fácil construí-la. A colina começa a fazer o trabalho por você.

    A mesma regra se aplica ao SEO. O começo parece sem esperança. A jornada começa da mesma forma para muitos sites. Você cria conteúdo poderoso para compartilhar com o mundo. Mas surge um problema, o mundo não aparece. À medida que você trabalha mais e mais, deve considerar abandonar o SEO. Não tenha medo, deixe-me ajudá-lo a repensar sua missão. Depois de criar conteúdo de qualidade, pare e obtenha um backlink. Ou um resultado de mecanismo de pesquisa. Comece com um e, a seguir, construa a partir daí.

    Ao longo do livro, darei a você estratégias e Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar de construção de momentum para usar. Conforme você executa mais e mais destes, os resultados começam a chegar. Mesmo que seja uma nova estratégia, comece agora.

    Para dar a você outro visual de momentum, verifique o gráfico de uma Lei de Potência. A função para uma lei de potência pega o número 2 e o eleva à potência de n. Agora, quando n é igual a 1, você obtém 2. Quando n é igual a 2, você obtém 4. Esses números parecem minúsculos. Mas, quando n = 8, você obtém Quando n atinge 20, você ultrapassa Conforme n sobe, os ganhos explodem.

    Quando você olha para o gráfico, não é linear. É exponencial. E se você seguir as táticas e continuar a melhorar, você irá do nada, para um pequeno crescimento linear, para ganhos exponenciais.

    Faça com que as pessoas trabalhem para você

    Conforme você divulga seu nome no público digital, as pessoas começam a fazer o trabalho por você. Conforme a experiência do usuário melhora, as pessoas começam a fazer o trabalho por você. Conforme você aprimora seu conteúdo e seus produtos, as pessoas começam a fazer o trabalho por você. Primeiro aprenda os princípios. Em seguida, implemente-os. Em seguida, melhore-os. É difícil parar um trem quando ele começa a se mover. As mesmas regras se aplicam ao SEO.

    Você notará que quando as pessoas começarem a criar links para o seu conteúdo, mais pessoas farão links para o seu conteúdo. O mesmo acontece com ações e segue. Conforme sua “tribo” cresce, mais pessoas se juntam a ela. Números geram mais números, não diferente de uma bola de neve rolando por uma colina íngreme.

    Agora você tem a mentalidade por trás de um site de tráfego de seis dígitos. Vamos pegar suas táticas mentais e transformá-las em execução física.

    Parece contra-intuitivo, mas começamos nossa estratégia fora do seu site. Porque? Bem, lembra como falamos sobre o rebanho? O rebanho gosta de ficar seguro no ninho, como um filhote de passarinho. Assim como os Your Uninstaller! Professional 6.1 crack serial keygen de passarinhos, você precisa deixar o ninho para crescer. Evite restringir seu foco apenas à otimização no site. Para progredir, expanda sua visão para fora do seu site. A seguir, vamos discutir estratégias de SEO externo.

    Em qualquer eleição, o que as pessoas dizem pouco importa. Somente quando as pessoas votam, elas revelam suas preferências. O mesmo conceito se aplica ao mundo digital. Quando outros sites possuem links para o seu, chamamos isso de backlink. Os motores de busca os contam como votos digitais. Conforme o tempo passa, você quer mais votos digitais.

    However, not all backlinks are equal. Backlinks from spam sites hurt your ranking. Remember the old saying:

    People judge you by the company you keep.

    Google scores each backlink website. Like real life, they judge you by the company you keep. When you have a large percentage of spam backlinks, your SEO gets punished. Think of this as digital ballot stuffing. So when you go hunting for backlinks, focus on quality first, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, then you build on the quantity.

    Find out who links to you

    Using a tool like Ahrefs or Raven Tools, you get an automated list of your backlinks delivered to you. Take this list, and try to find a pattern within your backlinks. Do these websites cover a particular industry? Do the linking websites share any relations? Using pattern analysis, you gain deeper insight into who links to your website.

    Building on the existing backlinks, ask yourself a few questions:

    • What keywords do the backlinks share? If you find a pattern, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, you have an idea about your popular content. When MathCelebrity started to grow, I noticed large amount of algebra links. For a month after this, I focused on algebra calculators. My traffic never stopped growing after this.
    • What anchor text describes the link? Your company name, keyword, or your product? You get clues into how people view your content by the way they describe their links. Use this insight and craft your message accordingly.

    Search for high domain rank linking opportunities in your network or line of business. When you reach out to websites asking for backlinks, make sure you have an automated template. Use a mail merge program, or a list to template program. You want the person’s name, email address, and website URL.

    “Vanity is my favorite sin” — Al Pacino in the Devil’s Advocate

    Include a personal message in your backlink email. I used this strategy on LinkedIn to quadruple my connections within a year. Before I personalized invites, my bland connection requests had a small hit rate. After I added personalized messages to invites, my acceptance rate skyrocketed. Find out something unique or special about the webmaster before pressing the send button.

    I snagged a backlink on an education forum, after reaching out to the owner. I started the invite by referencing a quote directly out of her book. I built another relationship with a large education website from having my antenna up. The owner tweeted about study problems in the classroom, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar. I messaged her with a link to an article about concentration. Next, I tied the article in with a YouTube video she posted from a year prior. I got a response within five minutes. Remember, people love to talk about themselves. And they love to hear their name. So get personal with your invites.

    Include the reason why linking to you benefits the person you contact. Reason why embraces the WIIFM principle:

    Vanity + WIIFM = Backlink Bonanza

    Track your contacts for backlinks. Treat these people as partners for your website. Take it a step further and add them Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar a separate list in your CRM, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar. Set up a 3–5 day autoresponder.

    Day 1 marks the your first backlink request. If the webmaster adds your backlink, set up a CRM rule to cancel future backlink request emails. If your first backlink request goes unanswered, your autoresponder takes over. Set it to drip feed another email 2–3 days later, requesting a backlink or a link exchange.

    Influencers: How To Wipe Out Billion Dollars With 18 Words

    On February 21,media sensation Kylie Jenner posted the following 18 word tweet:

    sooo does anyone else not open Snapchat anymore? Or is it just me… ugh this is so sad.

    Shortly after, Snapchat (SNAP) stock plunged 6%, equivalent to billion dollars in value. Snapchat’s plunge demonstrates the power of influencers. Kylie Jenner had million Twitter followers at the time of the tweet. When she posts, millions tune in. So why did Jenner tweet her discomfort with Snapchat? Because she disliked Snapchat’s new design. And many Snapchat users shared her disdain for the changes. What if Snapchat handled the update differently? What if they consulted with influencers like Jenner up front?

    Influencers act like digital power brokers. With a large following and social clout, their words and preferences carry heavy weight throughout their network. One suggestion from an influencer changes the course of brands. To put a dollar amount on it, did you know Kylie Jenner gets $, or more for Instagram brand promotions?

    For SEO, your job starts by finding ways in with influencers. Step 1, how do you engage influencers? Start with email outreach, favors, and delivering value to their audience. Unless an influencer finds your brand, you need to put your brand in front of them. To get in Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar of homeschool audiences, I offered to write an article for a popular homeschool website. I tailored the article to show the benefits of homeschooling in the business world. I also discussed my experiences at homeschool conferences. I mentioned very little about my own brand.

    This article earned me a profile page on the website with a link to MathCelebrity. The article helped me build a relationship with the site for future promotions. The profile page earned me a backlink for search engines on a popular website. I learned a key lesson from this campaign — focusing on the influencer’s interests.

    While manual outreach works, I like to automate tasks. To save time and speed delivery, try influencer automation software like Klout. Klout tracks influencers in your line of business. Scan this list and connect with influencers on social media. Since Klout provides a influencer score, start with high scoring individuals first. Once you have your influencer list, add them to your contact list. Tag this person in your contact list as “influencer”. This way, you can target future emails to industry influencers only.

    Take advantage of social media metrics. Klout reports give you metrics such as:

    • Followers
    • Likes
    • Mentions
    • Retweets

    What about keyword and influencer relations? The software BuzzSumo lets you type a keyword, and returns influencers related to this keyword. BuzzSumo provides metrics for your outreach campaign, including retweets and replies. Use these metrics to target people who retweet valuable information.

    To refine your outreach program, BuzzSumo breaks down the results as follows:

    • Bloggers
    • Influencers
    • Companies
    • Journalists
    • Regular People

    What about gifts? Try giving a free sample or free trial to an influencer’s audience. Nothing disarms skeptics O&O Defrag Professional 24.1 Build 6505 Full Version in the digital Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar than the word “free”. Find a way to tie in your offer with the influencer’s interest.

    How about another strategy — the expertise appeal? Roundup posts or videos summarize important events within your industry. Reach out to a list of influencers and ask their opinion on a topic you want to cover. Make it simple for influencers to respond. On 90% of viral roundup posts I’ve read, they all had one question. Simple requests such as answering one question increase the response rate.

    Once the answers come in, prepare your roundup post. Or, you prepare a roundup post with links to influencers thoughts on a topic. Excluding the interview, you create an influencer central post. People love summaries — all the important information in one place.

    I’ve seen people mention a list of influencers in a post or video. If even one influencer responds, you get instant attention. As an added bonus, if the influencer links to your roundup, you earn a powerful backlink. Also remember, getting influencers to add content to your website grants you sideways authority. Influencers pick and choose who they talk to, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar. If they talk to you, your credibility increases within your industry.

    Let’s switch gears, and go offsite for another valuable SEO strategy — user generated content.

    Testimonials

    As I read books and reviewed products, I noticed more clicks coming in from review sites. I picked up a few clicks from Goodreads, a book recommendation website. Every time I finish a book, I supply a rating on Goodreads. The rating contains a link to my personal profile, which has my website on it. Besides, I’m an author, so I get my own author page. This author page links back to my books and my website. If it takes 30 seconds to supply a review, you’ve spent your time well. Why? Because once you finish, you have no work left.

    User generated content creates a perpetual cycle. Search Engines get more fresh content, and you get a new backlink from your review. Search engines index user generated content (UGC) such as testimonials and forum comments. More readers find the user generated content. The more readers, the more user generated content. User generated content supplies search engines with a constant stream of fresh content.

    I almost forgot one more powerful force with user generated content…trending topics. People gravitate towards popular threads, products, and news. And when you comment, you put yourself “in the game”. When you provide valuable reviews, you position yourself as a respected authority. Quality reviews build your following. As more people follow you, more people see your profile, with a link back to your website. With continued reviews, you place yourself in front of more eyeballs.

    Guest Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar and posting

    Invest in finding new audiences. If you spend four hours writing one guest blog post with the right audience, it goes a long way to building your backlink profile. I like to call this passive automation. Informative blog posts get new leads and customers indirectly. If they like your content, they either follow you, or link to you in the future. As a guest blogger, you come “preapproved” by the website owner, which helps you gain credibility with your target audience.

    How do you automate guest blogging opportunities? You build a list of potential websites. As I described above with influencers, create a list of email addresses and websites. Set up your emails to reach out to website owners offering to guest blog. Once you have your list, you add them to your CRM with a tag of “guest_blogger”. Build a 3–5 day autoresponder sequence for initial contact and follow up.

    Follow the same steps as we did with influencers. If the original email remains unopened, send follow ups. Again, remember the WIIFM principle. Give the webmaster a selfish reason to let you guest blog. Offer Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, valuable items to the audience you will write to.

    Choose your guest blogging opportunities carefully. Target high traffic, high engagement websites. Also, target websites in your line of business. Examples include trade journals, review websites, and industry news. Place yourself where the conversation happens.

    I found a great example of this in the movie “Unbreakable”. Bruce Willis plays a superhero who thrives on helping people. As he struggles with his identity, Samuel L. Jackson tells Bruce Willis:

    Go to a place where people are.

    Only by being in the right place, can you help people. Let’s stay on the theme of being in the right place, and work on our next strategy — broken link fixes.

    Broken Link Opportunities

    Using tools like SemRush and Broken Link Check, you scan for potential backlinks. Follow these steps:

    • Find websites describing your line of business
    • Check for links on this website leading to broken or error pages
    • Contact the webmaster and play the role of the knight in shining armor
    • Suggest your link as the place to point to

    “Dear Webmaster, I reviewed your website resources on blue trinkets. I noticed you have a broken blue trinket link. My website provides a useful resource for blue trinkets. I’d Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar to volunteer my website as a potential resource for your updated link.”

    Now, once you get your script together, build a contact template. Add the broken link URL, your product or service, and your replacement link. Use this system to contact webmasters and get more backlinks.

    Finding broken links grants you favor with a website owner. You took the time to find issues with their website, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar. The website owner spent no money, and in return, they get a fresh link to show their audience. You get a new backlink. Everybody wins.

    Link Exchanges

    Sometimes, you have to give to get. You’ve heard the saying, “One hand washes the other, and both hands wash the face”. Link Exchanges present a prime opportunity to adopt this mindset. Your website is the left hand, your link exchange website is the right hand, and search engine gains are the face.

    Using your backlink scanning tool, find a list of websites in your industry with a domain rank greater than or equal to Call this Group A. Next, cross check this list with the existing websites who already link to you. Call this Group B. You want a list of B not in A. Now, to automate this, build another email template for outreach. Connect this template to your list of link exchange prospects. Using webmaster name, url, and line of business, you send the webmaster an email requesting a link exchange.

    To automate further, follow the same process I mentioned above with influencers, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar. When your script runs, add the link exchange webmaster to your CRM. Make sure to add them on a separate marketing list in your CRM. Tag their account with “link_exchange”. Complete your automation with a 3–5 day autoresponder email sequence.

    Quality versus Quantity

    Start your backlink gathering with a variety of sources. But, as you start to climb the search engine ranks, you find yourself going against stronger competition. Once you get to the top two pages of search engines, adjust your strategy. When backlink hunting against stronger competition, pay attention to quality versus quantity. Target higher ranked backlinks — they pay more dividends than ten weak backlinks.

    Use Page Rank (PR) and Domain Rank (DR) to measure backlink quality. These scores tell you how popular a particular website is. Gather more backlinks with higher PR and DR websites — they bring more credibility. Think about it, would you rather have:

    • A random person on the street waving a sign with your company name on it
    • A respected authority or celebrity waving a sign with your company name on it

    Using Ahrefs, you find three backlink types:

    1. New backlinks
    2. Lost backlinks
    3. Broken backlinks

    Check your backlink profile once a week. Are you gaining backlinks, staying flat, or losing backlinks? Also, what quality backlinks do you attract? Use Ahrefs for deeper insight. Ahrefs gives you an automated report, as well as run scans for you to get this information.

    Alexa Insights

    Once per week, I check mlbjerseyschina.us for increasing Organic Rank. Their ranking tool tells you website popularity. Search City Car Driving Home Edition crack serial keygen give more weight to backlinks on high traffic websites. You want popularity by association. When popular websites link to you, search engines assume your site must be valuable.

    Welcome to the new Google. Piles of weak backlinks used to get you higher traffic rank. I say “used to”, because the game has changed. To maximize results, you need to go whale hunting.

    Step 1: I find blogs or education sites to attempt a link exchange. Next, I go to Alexa and check their page rank. I’m shooting for 1 of 2 things on Alexa:

    1) A global rank ofor below

    2) A U.S. rank of 50, or below

    If the webmaster denies your link exchange offer, offer the blog owner a free trial to your service. You can also offer something of value. In exchange, you can ask for a review of your product or service which they place on their website. If neither of those work, I’ve worked with blog owners to help them fix problems on their website. I’ve gained favor with webmaster by finding spelling errors, expired backlinks, and other website errors. If I do them a favor, they may:

    • Give me thanks on their blog
    • Be open to mentioning me in the future since I did something for them for free (Law of Reciprocity)
    • Even though our website covers math tutoring, we may get one of their fans asking us for help. If their fans have a website, we get another backlink.

    Forum Goldmines

    Two years after starting MathCelebrity, I found two math tutoring forums. They had high traffic and a strong Alexa ranking. They dominated the eLearning industry. To expand my reach, I posted my calculators on question and answer posts. Each post had a signature which linked back to my website. As I posted more, my website link gets planted into people’s heads.

    Forums offer a place to ask questions and show your expertise. This expertise turns into people linking to your answer. With your profile visible, your answer thread links to your site. As you answer more questions, more people link to you. The search engines pick this up, making exponential growth possible. I recommend Quora for expertise sharing. Quora has industry influencers posting and commenting.

    As you answer more questions on Quora, they list you as a category expert. More people request your answers on topics. People see your profile activity as you contribute more. Your profile puts your website and social media links one click away. When Quora selects you as a resident expert, your profile gets a boost. Think of this as an indirect way to DVDVideoSoft Crack + Premium Serial Key [2020] your website in front of people.

    For question and answer websites, follow these steps:

    1. Fill out your profile. Put all social media links allowed. Add Glarysoft Glary Utilities Pro 5.1.x.x - Nov 2020 crack serial keygen website and company name.
    2. Find places to chime in with expertise.

    Trade magazines and industry publications

    No matter what field you work in, you’ll find a trade publication or Ezine covering your industry. Trade publications translate into valuable real estate for your business. Use these methods to find your way into them:

    • Public speaking
    • Trade show conference
    • Guest articles
    • Featured resource

    At a homeschool conference in Las Vegas, people tracked us down after reading our guest card promo. “I saw your ad, I had to come and talk to you. I want to add your website as a resource in our directory.” Directory links put you in front of multiple eyeballs.

    Favors are like seeds

    Seeking out backlinks requires finesse. Try offering something of value first before asking for a return favor. I once saw an unknown blogger gain notoriety at a conference using this method. He transcribed audio presentations into summary notes, then posted them on his website. Summary notes provided a summary to people who missed the conference. Conference attendees appreciated his bullet pointed recap. This little gesture built credibility. The next year at the conference, this same blogger presented on stage instead of taking notes.

    Demonstrate value and offer help. People gravitate to other helpful people. I’m reminded of Warren Buffet’s quote:

    “Someone is sitting in the shade today because someone planted a tree a long time ago.”

    Start planting backlink seeds now. The giant tree you see months from now may be your own.

    Now, let’s discuss another tactic to gain notoriety — being in multiple places at one Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar. They say money, and success, follows speed. The more people know about you, the faster your name spreads.

    When the media asked actress Sally Kellerman why she stumped for Governor Jerry Brown, she said:

    “20 years ago, I asked 10 friends to help me move. Jerry was the only one to show up.”

    You’ll find great value from being in many places. Find out where the most people need help from your product or service, and get there. Answer questions and help people out. Whether it’s forums, blogs, or online question and answer sessions, make yourself visible. If you’ve seen the movie Lord of the Rings, you need to be the Eye of Sauron — all seeing. You don’t have to do this all the time, but you need to do it enough in the beginning. Get your name and website on the top of the list for helpful people.

    In my third year building MathCelebrity, I started answering questions on a few popular math forums. I noticed a distinct increase in my traffic from the time I helped. As I posted more often, my name showed up on other websites. As my mentions grew, people came to me for help. Once you make a name for yourself, you’ll get more help requests. Your name becomes affiliated with the words help and service.

    Answer the Call

    Be the guy who answers the call. Find forums or discussion hubs where you can contribute. Next, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, find questions where your answer blows away any competitor. I used this strategy in my third year of MathCelebrity. I scoured math tutoring forums and offered help on difficult problems. When applicable, I linked back to my website. Or, I featured my website in my profile. After a while, I started getting personal requests for help.

    A propósito, quando as pessoas procuram você, você passa de caçado a caçador. À medida que ajuda mais pessoas, você se transforma em um ímã de tráfego. Certa vez, ajudei um estudante universitário desesperado às duas da manhã com uma aula de estatística. Construí uma nova calculadora para ajudá-los a resolver cinco problemas. No dia seguinte, eles enviaram uma nota de agradecimento poderosa. A nota incluía alguns amigos e mencionava como eles contaram a todos que conheciam meu site. Em três dias, comecei a receber 30 visitas diárias a esta nova calculadora.

    Depois de estabelecer um ponto de apoio Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar os estudantes universitários, procurei outros lugares para ajudar. Encontrei outro fórum de tutoria de matemática com pessoas necessitadas. Depois de responder a perguntas por uma semana, pedi a mais três pessoas que me procurassem em busca de ajuda. Durante os momentos em que ajudei nos fóruns, meu tráfego continuou crescendo.

    Ideias de produtos e serviços

    Quando você trabalha no modo de ajuda, obtém uma visão poderosa dos problemas das pessoas. Conforme você ajuda, eles confiam mais em você. Quando eles confiam mais em você, eles se abrem. Você começará a ouvir coisas como “Seria bom se…” ou “Você consegue…”. Trate essas questões como uma pesquisa de mercado gratuita. Utilize-os para sua vantagem. De minhas conversas no fórum, eu tinha uma ideia por semana com os alunos que ajudei. Cave profundamente, aprenda os pontos fracos, resolva problemas. Depois de fazer isso, o tráfego começa a cuidar de si mesmo.

    “Se você não é o primeiro, você é o último.” - Ricky Bobby

    Parabéns, você conseguiu um emprego como treinador de futebol. No dia do draft, você escolhe um jogador de um grupo de dez. Você fica no campo examinando os jogadores. Você os observa jogar, pular, correr e pegar. Depois de algumas horas, você restringe sua escolha a dois jogadores. Você manda todo mundo fazer as malas. Durante a próxima hora, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, você executa os dois últimos jogadores em uma série de exercícios. Você quer encontrar o melhor jogador para o seu time.

    Depois de uma hora, você revisa suas anotações. Ambos os jogadores têm habilidades iguais para arremessar, pegar e pular. Na parte inferior do seu bloco de notas, você nota uma diferença entre os jogadores. O jogador A corre 40 jardas mais rápido do que o jogador B. Agora tenho uma pergunta para o seu treinador qual jogador você escolhe?

    Paciência zero na natureza humana

    Antes de discutirmos a resposta, vamos discutir a experiência do usuário. Vamos usar o exemplo do treinador acima, mas em vez de atletas, usamos páginas da web. Pegue dois negócios exatamente iguais. Mesmo produto, mesmo conteúdo, mesmo layout de página, mesma oferta. Mas a página da Web da Empresa B carrega um segundo mais rápido.

    Os usuários se importarão? Eles vão notar? Leia esta estatística para descobrir:

    “Um atraso de 1 segundo na resposta da página pode resultar em uma redução de 7% nas conversões” - Aberdeen Group

    Mais uma estatística para fazer seu queixo cair:

    “47% dos consumidores esperam que uma página da web carregue em 2 segundos ou menos” - Akamai

    Fique comigo, nós começaremos a pesquisar rank em breve. Vamos analisar o que acontece com as taxas de rejeição com tempos de carregamento mais lentos. Se um usuário fica frustrado com a velocidade de Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar da página, ele sai. Ou eles podem se perguntar: “Se a velocidade da página diminuir, que outros problemas vou encontrar?” Páginas inchadas aumentam sua taxa de rejeição. E a taxa de rejeição, meus amigos, afeta o SEO.

    Lembra-se do exemplo do treinador de futebol anterior? Pegue duas páginas da web com o mesmo conteúdo, a mesma oferta, os mesmos backlinks e o mesmo ramo de negócios. Mas a página B carrega um segundo mais rápido, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar. Adivinha qual superará o outro?

    O mais rápido .

    E os benefícios da velocidade vão além do tempo de carregamento da página. É melhor você ser rápido como um relâmpago para chamar a atenção das pessoas também.

    Oh, olhe para o esquilo!

    Embora a natureza humana não mude, nossa atenção fica pior. Um estudo recente do Consumidor da Microsoft nos dá notícias sombrias. Você tem, em média, oito segundos para chegar ao ponto em que alguém visita seu site. Oito segundos. O que significa que cada segundo que você consome com o tempo de carregamento da página diminui o tempo da mensagem. Quanto mais tempo você tiver para fisgar o visitante, maior será a probabilidade de ele permanecer com você.

    No tempo que o leitor médio levou para completar a última frase acima, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar minha janela de oito segundos. Puf se foi. Mostro isso para ajudá-lo a entender o quão rápido você precisa para chamar a atenção.

    Mecanismos de busca controlam você

    Agora, vamos examinar isso sob os olhos do mecanismo de pesquisa. Os motores de busca desejam fornecer conteúdo relevante. O conteúdo relevante não significa nada Halo Infinite Cracked PC Game [ RePack ] as pessoas não ficarem por perto para digeri-lo. Os carregamentos lentos da página fazem com que os usuários frustrados apertem o botão Voltar, para nunca mais voltar. Este botão Voltar penaliza você na guerra por rank de pesquisa. Cada vez que Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar pressiona o botão Voltar em 30 segundos, a pontuação de SEO do seu site é atingida.

    Não para por aí. Suponha que sua página tenha carregado 1–2 segundos mais rápido. Suponha que essa velocidade o ajudou a manter 25% mais visitantes por mais de um minuto. Sabemos que quanto mais tempo um visitante permanece em seu site, mais investido ele está. Quanto mais investidos estiverem, maior será a probabilidade de agirem. A ação vem na forma de opt-ins, compras e compartilhamentos para sua rede.

    Você vê, cada segundo a mais que sua página leva para carregar, você perde visitantes. Você perde referências. Você perde leads. E você perde clientes. Você pode estar se perguntando: um segundo é grande coisa?

    sim.

    Para mostrar por quê, vamos falar sobre perda de peso. Em vez de gordura, precisamos perder outra coisa

    Esvazie sua mala

    Dois meses atrás, eu administrei meu site no Google Page Speed ​​Insights. O Google sugeriu compactar e minimizar meus arquivos para fazer minha página carregar mais rápido. Fiz uma alteração - removi os espaços em branco dos arquivos do meu site. O que aconteceu depois? A remoção de espaços em branco carregou minha página da web mais rápido.

    Como? Bem, imagine que você tire férias. Você precisa carregar uma mala grande. E se você removesse 25% dos itens da mala? Além disso, esses 25% dos itens não têm valor para as suas férias. Você não precisa deles.

    Se você remover esses itens, como você se beneficiaria? Para começar, você teria que carregar menos peso. E menos peso significa menos pressão sobre o corpo. Menos peso significa que você anda mais rápido. E menos peso significa uma experiência mais prazerosa. Então, como isso se traduz em meu exemplo de insights do Google Page Speed?

    Reduzi a quantidade de material no meu site em 25%. Tradução - aliviei minha mala digital. Depois de aliviar minha mala, refiz o teste de velocidade da página e minha classificação de velocidade da página aumentou em cinco pontos. Dois dias depois de fazer essa alteração, minha página da web saltou da página seis para a página quatro no Google para a página em questão. Uma nota final: esta palavra-chave tem uma competição acirrada.

    Agora você conhece a psicologia e a estratégia por trás da velocidade da página. Com sua abordagem mental concluída, vamos discutir a automatização de tarefas de velocidade de página. Eu uso o Google Page Speed ​​Insights para métricas de carregamento de página. Você entra na página do site do url que deseja testar na caixa de entrada. O Google Page Speed ​​Insights retorna um relatório de métricas de velocidade da página. Eles mostram uma pontuação de velocidade de página para dispositivos móveis e desktops. O Page Speed ​​Insights oferece cores de avaliação: vermelho, amarelo ou verde.

    • Vermelho significa um problema crítico que prejudica a experiência do usuário
    • Amarelo significa um problema não crítico. Isso ainda afeta a velocidade da sua página
    • Verde significa que o Google gosta do que você fez com a página

    Para evitar esquecer a velocidade da página, defina um lembrete de calendário mensal para verificar o Google Page Speed ​​Insights. As verificações mensais garantem que você mantenha a velocidade da página em primeiro lugar. Se você conhece um programador, ou pode se programar, automatize esta etapa usando a API do Google. Tenho um programa semanal que funciona no domingo à noite. Usando a API do Google, ele envia algumas páginas do meu site por meio do programa Page Speed ​​Insights, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar. O Google retorna minha pontuação de velocidade de página para essas páginas. A última etapa de automação que criei produz dois alertas de e-mail:

    1. Se minha pontuação de velocidade da página móvel cair abaixo de 70
    2. Se minha pontuação de velocidade da página para desktop cair abaixo de 65

    Além da perda de peso digital, de que outra forma você pode reduzir o tempo de carregamento da página? A resposta está em um trabalho ruim com muitos chefes.

    Já trabalhou em um emprego em que precisava de níveis de aprovação para as menores decisões? Primeiro, você tinha que perguntar ao seu chefe. Então seu chefe perguntou ao chefe deles. Seu chefe perguntou a um executivo. Você preencheu pilhas de formulários. Aprovações aprovações necessárias. Todo o processo demorava semanas, às vezes meses, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar. E os resultados - camadas extras desperdiçaram tempo e reduziram a produtividade.

    Compare isso com empresas de pensamento independente. Onde você tem uma ideia, você a conversa com algumas pessoas e, em minutos, você age.

    Detalhes de solicitações HTTP

    A burocracia também acontece no mundo digital. As páginas da web ficam atoladas com decisões extras. Para carregar uma página da web, várias decisões ocorrem. Chamamos essas decisões de solicitações HTTP. HTTP significa Protocolo de Transferência de Hipertexto - linguagem da web para, pegue um arquivo e use-o para apresentar nossa página da web. Quanto mais solicitações HTTP você fizer, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, mais tempo sua página levará para carregar. Vamos usar uma página da web de exemplo, chamada mlbjerseyschina.us Esta página contém os seguintes arquivos:

    • 2 arquivos de imagem .jpg
    • 2 arquivos Javascript (js)
    • 1 arquivo CSS
    • O total de solicitações HTTP é igual a cinco (dois jpg, dois js e um arquivo css)

    Painel de rede do Google Chrome para resgatar

    Para ver quantas solicitações HTTP sua página da web faz, recomendo o painel de rede do Google Chrome. O painel de rede mostra cada solicitação HTTP, a latência e o tipo de arquivo. Nos próximos capítulos, mostrarei como reduzir o número de solicitações HTTP. Também mostrarei como reduzir o tamanho de cada solicitação HTTP.

    Ferramentas de velocidade de página

    Eu recomendo o Pingdom para analisar a velocidade da página. Pingdom divide a ample guitar crack mac Archives da página por arquivos e processos. A análise mostra quais arquivos e processos demoram mais. Desta vez, o carregamento da página fica mais lento. O Pingdom até os testa em diferentes locais ao redor do mundo. Os alertas em tempo real informam sobre quaisquer problemas de velocidade da página. Os alertas o mantêm alerta para evitar um site lento e desajeitado.

    Comece com os insights do Google Malwarebytes 4.1.2.179 Basit Archives como seu alvo. Atire para uma pontuação de 75 ou mais em computadores e dispositivos móveis. Em seguida, use o Pingdom e outras ferramentas como GTMetrix e YSlow.

    Depois de reduzir o número de solicitações HTTP, vamos trabalhar na redução do tamanho de cada solicitação. Venha comigo na máquina do tempo e vamos voltar mais de dez anos. Encontraremos outra tática de SEO em um famoso comercial sobre compressão.

    Já viu o comercial de saco de vácuo para roupas? Se não, confira o vídeo no YouTube chamado “The Vacuum Seal Space Saver Tote”. A premissa atrai você para dentro - você armazena roupas usando uma fração do espaço usado para dobrar.

    O comercial abre com uma mulher sentada em um armário cheio de roupas. Ela empilha um cobertor, um travesseiro e alguns outros materiais em uma pilha de um metro de altura. Em seguida, ela enrola a sacola com lacre a vácuo ao redor da pilha. Ela inicia o aspirador e, em segundos, a pilha encolhe para menos de um pé de altura. Mais tarde no comercial, ela abre a bolsa e desempacota as roupas em perfeito estado. Nada mudou com as roupas - exceto o ar dentro do espaço de armazenamento.

    Você sabia que o SEO tem uma bolsa de proteção de espaço a vácuo? Chama-se compressão e ajuda a reduzir o tempo de carregamento da página e a acelerar o seu site. A definição de compressão é:

    Reduzindo a quantidade de espaço ocupado

    No comercial de vácuo, a compressão removeu o ar. Para o seu site, a compactação remove itens digitais. Vamos revisar como funciona.

    A conversa do navegador e do servidor

    Quando um usuário visita seu site, ocorre um processo de quatro etapas:

    1. O navegador da Internet do usuário solicita uma página em seu site

    2. O servidor procura o arquivo e determina se o usuário fez uma solicitação de página válida

    3. Para solicitações válidas, o servidor lê o arquivo e o envia para o navegador

    4. O navegador lê o arquivo e o apresenta ao usuário

    A conversa do navegador e do servidor (compactado)

    Quando um usuário visita seu site, vamos revisar o processo compactado de quatro etapas:

    1. O navegador da Internet do usuário solicita uma página em seu site
    2. O servidor procura o arquivo e determina se o usuário fez uma solicitação de página válida
    3. Para solicitações válidas, o servidor lê o arquivo e envia Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar versão compactada ao navegador. Os arquivos compactados constituem uma fração do arquivo em tamanho real.
    4. O navegador descompacta o arquivo compactado e o apresenta ao usuário

    Estudo de caso de ganhos de velocidade

    Quando adicionei uma ferramenta de compactação chamada GZIP ao MathCelebrity, meus arquivos de página compactados encolheram 80% ou mais. Menos informações significa tempos de carregamento de página mais rápidos. Como você conhece a mecânica por trás da compressão, mostrarei o código de alguns servidores. Use este código para construir GZIP. A beleza disso é que, uma vez que você configurou, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, está feito. Ele se aplica a arquivos antigos até este ponto e a qualquer novo arquivo adicionado em uma data futura. Agora, vamos examinar alguns exemplos de compactação em servidores.

    Servidores Apache

    Em seu arquivo .htaccess, adicione este bloco de código:

    # BEGIN GZIP
    <ifmodule mod_deflate.c>
    AddOutputFilterByType DEFLATE text / text text / html text / plain text / xml text / css application / x-javascript application / javascript
    </ifmodule>
    # END GZIP

    Servidores Nginx

    gzip on;
    gzip \ _min \ _length ;
    gzip_proxied expirou no-cache no-store auth particular;
    gzip_types text / plain application / xml;

    Cole este código, salve e pronto! Aproveite os benefícios de velocidade e vantagem sobre seus concorrentes.

    Em frente, para uma boate, onde vou mostrar a você outra tática de velocidade de página.

    Você já foi a um bar ou boate onde mostrou sua carteira de identidade? Após visitas repetidas, o porteiro o reconheceu e o deixou passar sem mostrar sua identidade. O porteiro conhecia sua aparência, sua idade e sua personalidade.

    Agora, e se você cortasse o cabelo, tingisse o cabelo ou ganhasse muito peso? O porteiro irá cardar você novamente. Como você parecia diferente ou agia diferente, o porteiro precisava verificar sua identidade. O porteiro só fazia cartões para novas pessoas, ou pessoas existentes que fizeram mudanças físicas drásticas.

    Ao evitar mostrar sua identidade, você economizou tempo. Você continuou andando, sem parar, direto para o bar. Você sabia que também pode fazer isso com os arquivos do seu site?

    Os carregamentos de páginas têm seus próprios, sem necessidade de mostrar sua tática de identificação. É chamado de cache de arquivo. Quando você armazena arquivos em cache, certos arquivos são armazenados na memória após o primeiro uso. Dessa forma, quando um usuário visitar uma página no futuro, o site utilizará os arquivos armazenados ao invés de produzir novos. O navegador lê o cache, se instruído.

    O armazenamento em cache acelera o tempo de carregamento da página - proporcionando ao usuário uma experiência melhor. A configuração do cache leva 60 segundos. Um bloco de código automatiza esse processo.

    Para sites de servidores WordPress e Apache, vamos revisar um exemplo. Primeiro, encontre o arquivo .htaccess dentro dos arquivos do seu site. O arquivo .htaccess fornece instruções para o seu servidor. Se você não tiver habilidades técnicas, peça ao seu desenvolvedor web para fazer isso. Em seguida, cole o seguinte bloco de código no arquivo .htaccess.

    # Iniciar CACHE
    FileETag MTime Size
    <IfModule mod_expires.c>
    ExpiresActive On
    ExpiresDefault “acesso mais 3 dias”
    ExpiresByType texto / css “acesso mais 7 dias”
    ExpiresByType texto / simples “acesso mais 3 dias”
    ExpiresByType imagem / gif “acesso mais 1 mês ”
    ExpiresByType image / png“ access plus 1 month ”
    ExpiresByType image / jpg“ access plus 1 month ”
    ExpiresByType image / jpeg“ access plus 1 month ”
    ExpiresByType application / x-javascript“ access plus 7 days ”
    ExpiresByType application / javascript“ access plus 7 dias ”
    ExpiresByType application / x-icon“ access plus 1 year ”
    ExpiresByType application / mlbjerseyschina.us-fontobject“ access plus 1 year ”
    ExpiresByType application / x-font-ttf “access plus 1 year”
    ExpiresByType application / x-font-opentype “access plus 1 year”
    ExpiresByType application / x-font-woff “access plus 1 year”
    ExpiresByType image / svg + xml “access mais 1 ano ”
    </IfModule>
    # Terminar Cache

    Este bloco de código armazena em cache imagens, texto, scripts e arquivos de fonte. Siga estas etapas simples:

    1. Cole este código em seu arquivo .htaccess
    2. Salve isso

    The ExpiresByType specifies the file type first — image, script, or a font. Next, it specifies how long we cache the files before checking for updated files. Let’s take the png files, we have access plus 1 month. What this means is, immediately after a new user visits your website, the clock starts now, counting for 30 days. Cached files load to a user’s temporary directory. When they return to your website within 30 days, the webpage uses the cached files in the user’s cached folder. The cache process speeds up the loading time by grabbing the cached image.

    With each cached file, the page load time gets faster. Make this change and watch your page speed score and SEO rank increase. If you use WordPress, check out the WP Super Cache plugin.

    Staying with file delivery tactics, let’s discuss another file delivery trick — embracing the shortest distance between two points.

    In Michael Lewis’s book, “Flash Boys”, he talks Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar a high speed trading company moving their server a few feet away from an exchange server. The high speed trading company paid millions of dollars to gain a few thousandths of a second. Why? Because each fraction of a second meant faster trading and more profits. The less distance information traveled down the internet cables, the more money they made. Why? Because they executed trades faster before price moved in their favor.

    CDN’s get closer

    The same principle works with files loading for web pages. Instead of high speed trading orders, we want to speed up static content delivery. Static content means content delivered without changing. Three examples of static content include:

    • Images
    • Javascript
    • Cascading style sheets (CSS)

    Consider your home internet. Pretend you have two cables which grab Internet information. One of them reaches three blocks away. The other one reaches miles away. Which cable delivers faster? Closer means better and faster, the goal of a CDN. It determines the closest server to your location, and grabs the static content from there.

    CDN’s reduce latency — the time it takes between a request made and a request fulfilled. When a server produces a webpage, it follows the instructions on the page to build the components. The more components required, the longer the build takes.

    Component location determines page speed as well. Take jQuery files as an example. You can link directly to the jQuery website for the script. Or, you can download the jQuery script to your local server. The local option works faster, because the browser makes no request to an external site. Why go grab files over the internet when you have them right next to you?

    Now you have the basics to optimize file delivery in a website page load. I’ve also covered optimizing delivery based on location. Now, I want to get more detailed, and go through each file type. With each file type, I’ll show you ways to optimize them within a page load.

    “Telling stories with visuals is an ancient art. We’ve been drawing pictures on cave walls for centuries.” — Deborah Wiles

    Images give you a vivid way to express information. While images convey powerful messages, they take up space. More space means more time to load on a page. Fear not, I have good news. You see, you have a few tools to speed up and optimize image loading.

    Let’s begin with color depth. Color depth, or pixel depth, equals the number of bits per pixel to display a color on a computer screen. To optimize images, you reduce the color depth. While you reduce the color depth, you maintain the original color of the image. When optimizing images, follow these two rules:

    1. Reduce the color to the lowest possible level
    2. Avoid compromising the image appearance

    I recommend image compression tools for this. If you use WordPress, check out WP Smush. Otherwise, I use the website mlbjerseyschina.us Simply upload your image, choose your size and settings, and you get back a compressed image.

    Resize Images

    What about images with multiple sizes based on a website section? You might use a thumbnail for a profile picture. Many websites choose the lazy route, and set up a full size image, and let the HTML resize command resize it. When the browser resizes, it takes extra time to load the page. Instead, resize your image to fit your browser first. Do this using image resizing tools like Pic Resize or Image Resize.

    Image comments

    Sometimes, people write comments or text inside images. They might leave their name, or a description about the image. While the user cannot see this text on a webpage, it makes the file size larger. You can see these comments if you drag an image file into a text editor. For any images on your website, make sure your final image file removes comments.

    Lossless versus Lossy Image Compression

    Before we get into image types and compression, let’s discuss the two compression types. Lossless compression uses a statistical algorithm to generate a data model. This algorithm makes no sacrifices in the image quality. It reconstructs the image from compressed data. Nothing gets lost.

    Lossy compression works differently. Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar compression may store the compressed image at a lower resolution than the original image. For MathCelebrity, and my consulting clients, I always use lossless compression.

    Image Types

    Let’s look at the common image types using on web pages and their compression types.

    • Graphics Interchange Format (GIF) — Supports lossless compression
    • Portable Network Graphics (PNG). Supports lossless data compression
    • Joint Photography Experts Group (JPEG) — Lossy data compression
    • Tagged Image File Format (TIFF)
    • Bitmap image (BMP) — Supports lossless compression

    Next on our list for file optimization, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, I give you another digital weight loss tactic.

    What if you gained by losing? Consider a person carrying 33 pounds of extra weight. It’s the same as carrying four gallons of water every day, all day. As the overweight person shaves pounds off their frame, their entire world changes. Their facial features shine. They have a defined chin and jawline. They take better pictures. They get more energy. Imagine walking a few miles everyday holding four gallons of water. Every eight pounds they lose, they drop off another gallon of water. The extra energy gives this person pep in their step. They have more energy to focus on things they love.

    By losing weight, they gained a better life, We call this addition by subtraction. The same principle in dieting carries over to websites. Website files lose weight using a process called minification. Minification gives the user the same website file, but faster. When a website files “loses” weight, they lose bytes. Bytes equal units of digital information. Think of bytes as pounds in the digital world. When files lose bytes, they load faster giving the user a faster experience.

    Removing unnecessary characters in your script files helps you lose digital weight. Digital weight loss comes in two forms — random blank spaces and code comments. When a web page loads, your browser ignores code comments and random blank spaces. But, they increase your page load time, because the server spends time removing them.

    Since the browser ignores them, why use them? The server only reads the characters performing tasks. Minification removes comments and random blank spaces up front, before the page loads. Now when your web page loads, all the unused bytes get left behind.

    I minify two types of files. Javascript (js) and Cascading Style Sheets (CSS). I’ll walk you through each minification process.

    Let’s get deeper into minification. You want to minify all your javascript files. These file names end in a .js file name — such as, mlbjerseyschina.us The Javascript programming language performs dynamic actions on a website. As websites evolve, more and more Javascript gets used.

    It’s important to learn minification earlier. This way, you get in the habit of optimizing Javascript files. To minify Javascript Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, I use a website called JS Compressor found at mlbjerseyschina.us What does minification remove from javascript files? Let’s review a few example below:

    • Comments — Used by developers, comments document their code. When the dc unlocker crack download Archives runs, the browser ignores the comments. But remember, comments add space to the file.
    • Unnecessary formatting such as blank spaces. Blank spaces get ignored, but they add space to the file.
    • Shorten variable names. You might declare a variable such as myreallylongvariable. Instead, abbreviate to mrlv. The variable mrlv, repeated a few times, uses less bytes than myreallylongvariable.

    // Hello, I wrote my comment
    var my_really_long_variable = ‘xyz’;

    var num = 2;

    Now let’s review the minified javascript file:

    var my_really_long_variable=’xyz’,num=2;

    Notice the minified version removed the comments and blank spaces. Minification removed multiple declaration of variables using the command “var”. It stated “var” one time, and then placed all the variables after it on one line. Do you see how minification reduces file size? Javascript optimization extends beyond minification. What about timing? What if we delay the Javascript loading to speed up the rest of the page load?

    Wait for it…Wait for it

    We do this through asynchronous page loads. Asynchronous means delay until another event runs. On MathCelebrity, I use a share widget called Sumo share. Sumo uses Javascript files for the share widget. Since I don’t need the sumo share widget when the page loads, I delay the loading of this file until my vital content loads. This way, the user can read my content first. The Sumo widget pops up after the vital pieces of the page loads.

    Besides reducing file size and file load time, you can eliminate the number of Javascript files used. As an example, imagine you and seven friends want to go to a party. If you each took your own car, you use eight cars. Eight cars takes up more roadway. But what if you and your friends took two cars, seating four people in each car? We use the reduced car example in our Javascript and CSS file load.

    Combine Files

    Remember we talked about HTTP requests earlier? In the example above, think of each HTTP request as a car. They all go to the same place. With each file you add, you create another HTTP request. With Javascript, you can reduce the number of HTTP requests by combining files. If you have three Javascript files used on a webpage, consider combining them. When you combine all three files into one file, you reduce the amount of HTTP requests made.

    External versus Internal

    While we reduce the amount of files we use, why not reduce the amount of external files we use? Let’s discuss local versus external files:

    • Local — Stored on your server
    • External — A command sends a request to another website to grab code and use it for your website.

    Let’s continue with CSS minification. You want to minify all your CSS files. These file names end in a .css file name — such as mlbjerseyschina.us CSS stands for Cascading Style Sheets. CSS helps you style multiple elements on a website using TuneMobie Spotify Music Converter v2.9.5 WIN crack serial keygen command. As websites evolve, more and more CSS gets used, expanding unused code. To minify CSS files, I use a website called CSS Minifier found at mlbjerseyschina.us What does minification remove from javascript files? Let’s review a few examples below:

    • Comments — Used by developers, comments document their code. DMCA - Windows Activator the script runs, the browser ignores the comments. However, comments add space to the file.
    • Unnecessary formatting such as blank spaces and indentation. Blank spaces get ignored, but they Charles Proxy 4.6.2 Crack Full License Key 2021 (MAC/WIN) space to the file. The same rules apply for indentation.
    • Remove newlines.

    `// Hello, here is my comment .myclass { display: none; }

    .mathwork { border: 0; clip: rect(0 0 0 0); height: 1px; margin: -1px; overflow: hidden; padding: 0; position: absolute; width: 1px; }`

    Now let’s review the minified version of this CSS file:

    .myclass{display:none}.mathwork{border:0;clip:rect(0 0 0 0);height:1px;marginpx;overflow:hidden;padding:0;position:absolute;width:1px}

    Notice the minified version removed the comments and blank spaces. Minification removed newlines, and then placed all the statements in one line. Now you see how minification shaves down file size. After reducing file size, we move to file placement.

    Inline CSS

    Some website owners like to put CSS directly into the HTML on a page. We call this process inlining. Too much inlining bloats a web page. Instead, we place our CSS in .css files and include this on the webpage. It’s cleaner, and avoids bloat.

    Combine Files

    Remember we talked about HTTP requests earlier? Each file needs another HTTP request. With CSS, you can reduce the number of HTTP requests by combining files. If you have three CSS files used on a webpage, consider combining them. If you combine all three files into one file, you reduce the amount of HTTP requests made.

    External and Internal

    We use the same principle above with external Javascript files as we do with external CSS files. I recommend you download the code locally, instead of going out to Traktor DJ Studio 3 crack serial keygen Internet to get code.

    Ok, time to shift gears. I’ve discussed files for page load. Now let’s discuss data and database optimization.

    If your website stores and accesses data, then your website relies on a database. Databases contains structured sets of data. Whether you use eCommerce, personal data on your customers, or content management systems, you use a database. And optimizing your database pleases your users. This chapter helps you find ways to speed up database requests. The less time spent on database requests, the faster your page load.

    Optimize Tables

    When you optimize your database, you reduce storage space of table data and indexes. You have a few options to do this. You can do this manually at regular intervals. For example, once every month, you can go into your tables, and optimize them manually. Or, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, you can automate this process.

    Since I’m impatient, I don’t want to wait a month. So I built a nightly script to optimize databases. At AM CST, a script runs to optimize my tables. I don’t have to do anything else. When I get my morning dashboard report, it sends me the statistics of the optimize tables script. The report tells me how many tables optimized, how many successes, and how many failures.

    The script selects my database and gets all the tables. Next, it loops through each table, and runs the optimize script on each table. Note the dynamic ability of this script. If tomorrow, I have three more tables in my database, it will optimize those new tables. If next week, I have two less tables, it won’t try to optimize the old tables anymore. It selects the tables in my database to optimize, and then runs the script.

    Optimize Queries

    If you use WordPress or a database driven website, queries grab data to present to your user. Since queries take time to go fetch data and return it to the user, we have another chance to speed up a website. Adding indexes speed up query requests. Indexing assigns a unique value to every record. When a query uses an index, sorting and filtering results runs faster. Let’s use a table with Xl designer keygen,serial,crack,generator,unlock,key name, last name, and gender. I’d add a new field called personId. Each person gets a unique id. And anytime you grab personal data on your website, use their personId instead of their name. Any queries you run use personId, so they run faster.

    In the comedy movie “Spaceballs”, the hero, his sidekick, and the princess escape from the bad guys into the desert. The hero tells the princess to pack lightly for their trip. Later on, the scene cuts to the hero and his sidekick under the boiling sun — lugging a large container of the princess’s belongings. As the hero and his sidekick start sweating and panting, they drop the case and open it up. Inside, they find a large hair dryer and nothing else. The hero, upset with the princess for ignoring advice, exclaims:

    “Take only what you need to survive!”

    The Spaceballs scene brings us the next step for query optimization — grab only the data you need. Picture a trip to the grocery store. Your grocery list has fruit, and fruit only on it. If you fill up your basket with other groceries, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, you waste time and space. When you go to grab fruit, put fruit in your basket and nothing else.

    Let’s use our example database above. For a particular webpage, we want to count the number of male and female users. Our query should only select the gender field. Skip first name or last name in our database query. Less information means a faster response.

    Congratulations! You completed the page speed SEO tactics. It’s a lot of information. Speed improves removes bloat, improving user experience. And I see many slow and bloated websites out there. The chapter you just read puts you far ahead of your competition.

    Let’s discuss on-page SEO strategies next. You’ll discover tips and tricks to build directly within your web page. These tips optimize user experience and boost your SEO rank.

    To achieve SEO success, use full disclosure with search engines. Disclosure begins with a clean, informative page for users and machines to read with ease. Page readability starts with HTML tags. Tags define an element, and elements define key parts of pages. Always write tags in lower case. You define tags as follows: <tag>. The following tags play an important part in your webpage.

    Head (Header section) tag

    The head section tag, written as <head>, provides a container for metadata. Metadata means data about data. When you give a speech, think of the header section as the introduction. If you’ve worked on presentations before, you’ve heard the old saying: Tell them what you are going to tell them. Then tell them. Then tell them what you told them. The header section covers the telling about the telling.

    Title Tag

    Define this tag using <title>My Title</title>. Place this tag within the header section above. Out of all the HTML tags, title tags rank number one. Just like a book title or movie title, title tags provide the short summary for what your user will consume. The page title shows up in two important spots:

    1. The ribbon of Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar web browser. When you have a web page open, the title lays on top of the webpage ribbons.
    2. Search engine results. The title displays as the text description on the link.

    Your title matters more than anything else in your content. Blasphemy? Not a chance.

    For today’s lesson, let’s rewind time back to A publisher named E. Haldeman Julius gained fame selling Little Blue Books. The Little Blue Books came in x 5 inch format. All the books had a blue cover, hence the name.

    After Julius sold , Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, books, (yes, you read this number correctly), he wrote a book about it. If you publish content, put “The First Million” on your required reading list.

    Why? Because Julius liked to test during sales. He discovered changing the title of the Little Blue Books transformed sales dramatically. He’d take the same book, same format, same content, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, same author, same everything. He’d change the title only, and then push it to the market and see what happened.

    Let’s review the copies sold from title changes from Haldeman’s book testing:

    • How to Break Bad Habits sold 29, copies
    • How to Form Good Habits: 20, copies
    • How to Psycho-Analyze Yourself: 43,
    • How I Psycho-Analyzed Myself sold only 13,
    • Gautier’s Fleece of Gold: 6,
    • The Quest for a Blonde Mistress: 50,

    Meta Tags

    Meta tags tell you data about data. Let’s review the key meta tags you place in the header section of the page:

    • Meta description — A brief description about the page
    • Meta robots — Tells search engines whether they scan the page or not
    • Meta copyright Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar Any copyrights about the webpage or business

    Control your image! Did you ever wonder why Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar Facebook posts have a certain image, and look a certain way? It’s called the Open Graph protocol. Place Open Graph tags inside your header section. Open Graph tags control the way Facebook posts for your website look. Let’s look at the vital Open Graph tags:

    • og:title — The title of your page, content, object. This will be the title of your Facebook post.
    • og:site_name — The name of your website.
    • og:description — A 1–2 sentence describing the post. This gives you a chance to write a powerful preview for the user.
    • og:type — The type of content. These help you categorize your content, blog, article etc.
    • og:image — The URL for an image you want to represent the your content. Images must be either PNG, JPEG and GIF format. Size must be at least 50px by 50px.
    • og:url — This will be the URL for your content link. If the user clicks the Facebook post, they will go to this link.

    The body holds the meat of your content. Once your article, or your video, or your content begins, wrap it in the <body> tag. For my presentation example above, the body represents your presentation after the introduction. Videos, blog posts, and sales page go inside the body tag.

    Anchor tags

    1. Link Destination — Where do users go after they click the link?
    2. Link Text or anchor text — What description do you give the link?

    Header tags (H1, H2, H3)

    Search engines use the headings to index the structure and content of your web pages. Headings define document structure within the body. Certain readers skim your pages by its headings. Make sure each heading engages users. Use <h1>, <h2>, <h3> tags where applicable.

    Headers and subheads serve two purposes. One, it helps search engines build a roadmap of your content. Number two, it helps readers skim your content. Human nature never changes. When people see a block of text, they decide if they want to read it. Some people read the full text. Others jump around by skimming pieces. Good subheads help the reader skim. Good subheads also provide a reading roadmap. If the roadmap interests the reader, the reader will dive into your post.

    Subheads give you one more SEO advantage — a good story map. Read each of your subheads from start to finish. If you build them correctly, they tell the condensed version of the story. Better stories mean more time on page. More time on page reduces bounce rate. And, more time on page increases the probability a reader shares your content.

    P (Paragraph) tag

    Readability and SEO depended on test structure. Break up your content in logical chunks using the <p></p>. The first sentence of each paragraph serves two purposes. One, it introduces the chunk of text to the reader. Number two, it helps SEO by organizing your content.

    Blockquote tag

    Blockquotes provide a clean way to highlight quotes in your content. Wrap quotable content in the <blockquote> tag. Blockquotes provide nice eye relief from paragraphs.

    This section Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar page tags. Next, I’ll show you how to optimize your content. You learned step one with titles and headlines — grabbing attention. Now we move to step two — getting the user to read your content.

    Are you stuck in a response rate rut? Customers turned off by your webpage? Do coworkers ignore your emails? Do you write up great ideas which your peers ignore?

    If you answered yes at least once, then how about a creativity experiment? Try this: find somebody successful in another industry in another town. You’ll get creative inspiration from exiting your comfort zone. Once you find the right person, spend an hour studying what they do.

    9 Figures Writing

    For my creativity experiment, I picked a newsletter company in Delray Beach, FL. While information products don’t sound sexy, the bags of money they make sure does. Stansberry Research rakes in 9 figures a year selling, wait for it…newsletters and books. With millions of dollars pouring in, they provided a perfect model to learn from.

    Years ago, Stansberry’s head copywriter Mike Palmer gave a presentation on writing strategy. Mike’s writers follow a set of simple rules. One rule jumped out during the presentation. Mike uses a measure called Flesch-Kincaid. Flesch-Kincaid comes from a United States Navy research project. Flesch-Kincaid assigns a grade level based on readability. Mike requires all writing have a 7th grade, or below, Flesch-Kincaid readability level.

    Think about it — a company making hundreds of millions of dollars writes for 7th grade reading levels! Even more fascinating? Their audience includes multi-millionaires.

    Mike stressed the importance of writing clarity to raise response rates. His team avoids writing to impress. Instead, they write to elicit response. It’s easier to respond to something you understand.

    The Greased Slide

    As the presentation continued, Mike provided another gem. He said to think about your writing like a greased slide. Your reader starts at the top of the slide, the headline. The headline pulls the reader into the first sentence. The first sentence pulls the reader into the second sentence. Each sentence flows into the next sentence. Writing clarity helps the reader finish your piece without stopping. The bottom of the slide represents the call to action and response.

    While Stansberry has an innovation reputation, you’ve heard the greased slide mentioned before. Synapse x keygen,serial,crack,generator,unlock,key ago, Michelangelo mentioned it as well. When asked how he sculpted the statue of David, he said:

    “You chip away what isn’t David.”

    Think of your original message as the rock. You chip away your first draft until you have your written Statue of David, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar. When you strive for a 7th grade reading level, chipping away helps increase readability. As you chip away, your message reveals itself. As your writing “disappears”, your message appears.

    Now here comes the fun part. You can use the greased slide principle to test response rates. Let’s use a webpage or an email message as an example. Try this A/B test below:

    1. Send half of your audience your original writing.
    2. For the other half of your audience, take your chisel and chip away the original message. Clean up your writing until you get a 7th grade Flesch-Kincaid score or lower. To help your cause, I recommend the Hemingway Editor for cleanup. When you finish, use this new message for the A/B test against the control.

    “If it sounds like writing, I rewrite it.”

    Search engines admitted their preference for readability. I’ve harped Tekla Structures FULL CRACK Archives readability for years, but I got my gloating moment on February 15,when Gary Illyes of Google tweeted:

    “if you read out loud the text on your page and it doesn’t sound natural, that piece of text may weigh much less during ranking”

    To ensure readability, read your text out loud. Look for choke points as you read. Keep in mind, readability extends beyond words. What about the look of the page?

    Paragraph appearance

    When readers view a page, they scan paragraphs. Check the size of your paragraphs, because large paragraphs intimidate readers. Try breaking large paragraphs in chunks. When you shorten paragraphs, make sure you group thoughts together correctly.

    Vary paragraph sizes as well. If every paragraph sits at one inch height, the page looks repetitive. Strive for variety within your readability.

    We heard a valuable piece of praise at homeschool conferences. Multiple parents raved about our “clean” look for the step by step math. Part of the clean presentation came from breaking steps up within the math. Unlike many math tutors, we broke one larger step into two smaller steps. We displayed each step on a separate line. Each substep used a new paragraph. This increased readability, and helped the users understand math concepts. To this day, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar praise our clean look.

    Sentence Buy windows 10 product key Archives - Windows Activator os parágrafos consistem em frases, vamos revisar o comprimento das frases a seguir. Usei o teste de respiração como regra prática. Respire fundo e leia a frase em voz alta. Se precisar respirar novamente antes do final, você terá uma frase inchada. Sketch crack windows Archives, corte ou edite a frase até que ela passe no teste de respiração. Construa uma ideia por frase. Quando você enfia várias ideias em uma frase, o leitor perde o interesse. Dê-lhes uma Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar de migalhas de pão a seguir, onde cada frase leva à próxima.

    Voz Passiva versus Voz Ativa

    A escrita ativa incentiva a leitura. Isso coloca os leitores em movimento, tornando mais fácil seguir suas palavras. Ao editar, elimine a escrita passiva, a menos que afete sua mensagem. Vamos revisar alguns exemplos de escrita passiva versus ativa:

    • Passivo: a bolsa foi trazida por ele.
    • Ativo: Ele trouxe a bolsa.
    • Passivo: as notas são verificadas pelo professor.
    • Ativo: o professor verifica as notas.

    Palavras de transição

    Falei sobre o slide untado antes. Quando você desenvolve um slide liso e untado, suas transições ajudam a conectar as seções do slide. Admiro a Stansberry Research porque suas frases de transição puxam você para a frente. Algumas de suas peças ultrapassam palavras. Então, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, por que as pessoas leem a peça inteira e depois compram seu produto? Porque as palavras fluem. Cada frase leva à próxima.

    Em vez de ler, parece que estou planando. E cada parágrafo tem uma transição perfeita para o próximo. Stansberry usa palavras de transição para puxar o leitor para o próximo parágrafo sem atrito. Quer você use texto, áudio ou vídeo, as palavras de transição direcionam o usuário.

    Fluência Cognitiva

    Abrace o poder da fluência cognitiva. A fluência cognitiva mede a facilidade com que você processa as informações. E quanto mais fácil você processar as informações, maior será a probabilidade de você confiar nelas. Quando você expressa ideias usando uma linguagem difícil, as pessoas confiam menos em você. Por que, porque eles têm dificuldade em entender sua peça. O Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar de pensamento funciona assim - “Se o escritor torna isso difícil de entender, talvez ele queira esconder algo”. Compare isso com uma escrita clara. A pessoa diz: “Entendi! Faz todo o sentido. ”

    Evite repetir-se e repetir variações do que disse. Use a repetição apenas quando contribuir para a sua mensagem. Vejo muitos escritores novatos enfatizando demais os pontos de seu conteúdo. A ênfase excessiva aparece por meio de tautologias. As tautologias dizem a mesma coisa duas vezes em palavras diferentes. Por exemplo, “É uma inovação”. Em vez disso, digamos, é uma inovação. A clareza da escrita ajuda a evitar redundância. Como a famosa tautologia do filme “Austin Powers”:

    "Permita-me apresentar-me."

    Agora, para o objetivo final. Você limpou sua escrita, simplificou sua linguagem e eliminou redundâncias. Agora você esclarece sua mensagem. Você deseja deixar uma impressão duradoura sem confusão. É hora de Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar o seu conteúdo e abandonar todas as palavras que comunicam mais Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar um significado. Para fazer isso, vamos explorar o Efeito Rashomon.

    3 pessoas diferentes - 3 ideias diferentes

    EmAkira Kurosawa fez Rashomon - um filme sobre diferentes pontos de vista sobre um assassinato. Deste filme surgiu o Efeito Rashomon. Definimos o Efeito Rashomon da seguinte forma:

    Um evento descrito de forma diferente por pessoas que viram a mesma coisa. Ou diferentes interpretações do mesmo evento.

    Ou eles viram a mesma coisa? Quando você cria uma página da Web e sua Grande Ideia, você deseja evitar o Efeito Rashomon. Certifique-se de que quem lê sua página entende a Grande Ideia em três segundos. Do título, ao corpo, ao final, seus leitores devem ser claros sobre qual é a sua mensagem. Agora vamos discutir outra maneira de aumentar a clareza - removendo distrações.

    Durante a gravidez da minha esposa, paramos para comprar roupas de maternidade na Destination Maternity. Eu detesto viagens de compras - quando passam 30 minutos, eu atinjo meu limite. Vou ficar mal-humorado e começar a perguntar a ela a cada cinco minutos quando podemos sair da loja. Quando entramos na Destination Maternity, olhei para a hora para manter uma nota mental. Enquanto navegávamos pela parte da frente da loja, notei um sofá e uma TV no meio da loja. A Destination Maternity criou uma área de estar com revistas, água e uma TV. Que bom, pensei comigo mesmo. Sentar faz o tempo passar mais rápido, então me sentei e relaxei.

    90 minutos depois, minha esposa parou na área de estar e me disse que havia terminado de fazer as compras. Quando peguei meu telefone, percebi como o tempo passou zunindo. 90 minutos pareceram 15 minutos. Minha esposa comentou sobre como era bom fazer compras sem eu importuná-la. Eu atribuí isso a mim estar de bom humor, ingênuo para a verdadeira fonte de minha felicidade.

    Cerca de um ano depois da viagem da Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar Maternity, peguei o livro de Paco Underhill - “Why We Buy: The Science of Shopping”. Underhill vende consultoria de varejo para empresas físicas. Sua empresa trabalha em estratégias para que as pessoas gastem mais tempo e dinheiro nas lojas. Eles ajudam a remover obstáculos em uma viagem de compras. Os comentários de Underhill sobre o design da loja me atingiram bem no meio.

    Veja, as lojas descobriram há muito tempo - as mulheres controlam as decisões de gastos familiares. Eles também sabem que a maioria dos homens fica entediada e impaciente como eu em uma loja. Quando ficam impacientes, HooTech Total Audio MP3.Converter v2.3 crack serial keygen maneiras de encurtar a viagem às compras. Os exemplos incluem resmungar, reclamar e suspirar. Em essência, os homens se tornam sabotadores de compras. Underhill identificou outro culpado em interromper as viagens das mulheres às compras - crianças pequenas. Então, como eles resolveram isso? Removendo distrações.

    Abra espaço para o comprador

    Mais lojas construíram áreas de lazer destinadas aos homens. Eles construíram áreas de lazer projetadas para crianças. As áreas de lazer ocupam o tempo do distrator, então a mãe fica relaxada. Quando a mãe relaxa, ela consegue se concentrar nas compras por períodos mais longos. O tempo gasto equivale a um investimento, que se traduz em mais dinheiro no final da ida às compras. Os consultores de varejo querem que a mamãe compre sem interrupções. Manter os filhos e os interesses amorosos ocupados ajuda a mãe a gastar mais dinheiro.

    Vamos pegar o exemplo do consultor de varejo e aplicá-lo ao seu site. Ao apresentar conteúdo a um usuário, você deseja que ele consuma todo o conteúdo. Você não quer distrações, apenas consumo de conteúdo. Desempenhando o papel de consultor de varejo acima, removemos as distrações. Isso significa remover quaisquer itens de navegação do site ou widgets de distração na página. Destaque o conteúdo e mostre exatamente o que você deseja que eles consumam. A clareza do conteúdo significa a diferença entre o fracasso e o sucesso do tráfego orgânico.

    Distrações equivalem a conteúdo não lido. Quando os usuários não conseguem ler ou encontrar seu conteúdo, eles saem, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar. Se legibilidade é King, então um ambiente sem distrações é Queen. Depois de produzir o conteúdo, vá à caça de distrações. A maneira mais rápida e barata de encontrar distrações vem dos dois pequenos orbes em seu rosto. Aperte os olhos e olhe para a sua página da web. Agora, o que salta à sua frente primeiro? Chamamos isso de teste de estrabismo.

    O teste de estrabismo analisa duas coisas:

    1. Distrações de seu conteúdo ou do objetivo principal do usuário

    2. Distrações dentro do seu conteúdo

    O teste de estrabismo identifica os problemas número um rapidamente. Distrações dentro do conteúdo dão um pouco mais de trabalho. Você tem espaço em branco suficiente? Parágrafos, gráficos e layout fluem? Um teste de estrabismo de cinco segundos ajuda a identificar lacunas no consumo de conteúdo.

    Fluxo

    No livro “Addiction by Design”, o autor cita entrevistas com viciados em caça-níqueis. Os jogadores de caça-níqueis de todas as origens dão a mesma razão para o jogo contínuo - fluxo. Algumas das sessões de “fluxo” dos jogadores duraram 13 horas ou mais. Um jogador entrou em choque diabético por não comer. Outro viciado em caça-níqueis inventou desculpas para sair mais cedo do trabalho - garantindo que não houvesse telefonemas para o bandido de um braço só.

    Os jogadores procuram uma fuga, fluindo de cada rodada da máquina caça-níqueis. Quando questionados sobre por que eles apostaram os jackpots que ganharam, eles disseram: "Meu objetivo não era ganhar, meu objetivo era estar no meu próprio mundo."

    O dll files client license key Archives também entrevistou designers de caça-níqueis. Depois de testar jogos e temas, eles descobriram uma peça-chave de design - um botão. O toque do botão permite que o usuário permaneça no fluxo do jogo, jogando rodada após rodada sem interrupções. Os designers da slot machine tornam o mais fácil possível passar para a próxima rodada. O jogador pressiona o botão e eles vão para o próximo jogo.

    Como você faz seu site fluir? Como você faz seus usuários deslizarem de um lugar para outro em seu site? Comece tornando o próximo destino intuitivo e fácil de encontrar. Em seguida, torne seu conteúdo tão envolvente que eles não tenham escolha a não ser se perder em seu site. Algumas dicas para emprestar da história do caça-níqueis incluem:

    • Faça o usuário se sentir especial
    • Faça de cada experiência um presente ou prêmio. Cada giro da máquina caça-níqueis acima, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar perdendo giros, tocou música, mostrou um gráfico ou ofereceu feedback instantâneo ao jogador
    • Elimine qualquer perda de tempo em seu site que tire o usuário de seu estado de fluxo. Quer que eles vão a algum lugar depois Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar lerem seu conteúdo? Simplifique. Um clique, um movimento do mouse. Reduza ou remova qualquer esforço exigido do usuário.

    Nunca assuma que seu usuário sabe de alguma coisa. Armado com esse Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, concentre-se em organizar seu site usando taxonomia. Taxonomia, a palavra chique para categorização, ajuda os usuários a navegar no seu site. A categorização ajuda a organizar seu site e força você a manter o conteúdo no tópico. Se você quiser um visual inesquecível, imagine uma teia de aranha.

    Comece com uma categoria de nível pai, ampla o suficiente para descrever seu site. Para MathCelebrity, eu uso matemática como categoria principal. O centro da teia de aranha representa sua categoria pai. Amarre todo o conteúdo do site de volta ao centro de alguma forma.

    Em seguida, defina suas categorias de segundo nível. Para matemática, temos disciplinas como Álgebra, Cálculo, Trigonometria. Pense neles como os círculos da teia de primeiro nível fora do centro. Dos assuntos, como categorizamos ainda mais? Bem, cada disciplina de matemática tem conceitos ou lições. Por exemplo, Álgebra tem solução de equação, polinômios de fatoração, monômios. A partir de cada conceito, podemos decompô-lo em outro nível. Notas de aula monomiais, calculadoras monomiais, questionários monomiais. Cada conceito possui diferentes sistemas de aprendizagem. Depois de dividir as categorias Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar subcategorias, você se encontra no círculo externo da teia de aranha.

    Eu uso uma imagem de teia de aranha por outro motivo - viscosidade. Depois de categorizar seu site corretamente, você constrói relacionamentos. Os relacionamentos fornecem um plano para o conteúdo relacionado. O conteúdo relacionado se Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar como tópicos em uma web. O termo aderência vem de outro princípio de experiência do usuário - manter as pessoas presas ao seu conteúdo. Você os faz grudar em tudo o que você produz.

    Loja de sapatos de exemplo

    Hora do exemplo! Vamos usar um site sobre sapatos. Depois que um usuário lê um artigo sobre calçados esportivos, ele deseja mais informações. Se, no final do artigo, você mostrar a eles artigos relacionados, há uma boa chance de eles clicarem e lerem mais. Pense nisso, você já comeu apenas uma batata frita?

    Quanto mais informações úteis e relacionadas você fornecer, mais tempo permanecerão. Conseqüentemente, o fator pegajoso. O tempo gasto requer um investimento. As pessoas dão preferência extra a coisas nas quais passam mais tempo. Construa seu site para mantê-los interessados ​​e engajados. Categorize e organize as informações e você deixará Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar usuário preso, como uma mosca em uma teia de aranha.

    No MathCelebrity, incluo calculadoras relacionadas na parte inferior de cada calculadora. Se um usuário tiver um problema de geometria, apresentarei outras calculadoras de formas depois de mostrar a resposta. Se um usuário precisa de fatoração de equação, apresentarei outros métodos de fatoração na parte inferior da lição. A propósito, você já viu a apresentação de opções antes. No site da Amazon, os clientes que compraram “x” também compraram “y”. A Amazon estuda hábitos de compra com um microscópio. Assim que surge um hábito de compra previsível, a Amazon coloca produtos relacionados na sua frente. Com um clique, você pode comprar mais produtos. Cada clique faz com que o usuário se fixe mais.

    Ao categorizar, comece de forma ampla e, em seguida, divida cada nível de Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar site em seções. Se você quiser uma experiência divertida e gratuita para ajudá-lo, tente a classificação de cartas. A classificação de cartões ajuda a organizar as informações em seu site em um fluxo lógico. Para classificar os cartões, pegue seu site e faça associações de palavras com suas partes de conteúdo. Escreva uma palavra para descrever seu site em um cartão de índice. Escreva as subcategorias, uma em cada cartão. Agora escreva cada conteúdo em um cartão. Se você não gosta de cartões de índice, pode encontrar software gratuito na Internet para fazer isso.

    Card sorting gets better results in groups. Bring in friends or colleagues to help you. Remember, you have a close relationship with your website. The closer you get, the harder objective decision making becomes. To get a fresh look, seek outside opinions. Shuffle the cards, and have your friends organize them. Watch other people organize the cards. Listen to their thought process while they shuffle. The results might surprise you. If these card sorting results differ from your card sorting results, it’s time to rethink your website structure.

    After you improve your website structure, we focus on what people really want. When people type something in a search engine, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, either Google, or your search engine, find out what they want. We do this using semantics.

    When search engines first hit the scene, people battled over keywords. Search for baseball, pizza, or flowers, and you’d get a list of related items. Scam artists filled up their website with keywords. The same scammers got lucky and ranked for certain search terms. Search methods and devices have changed. Voice search and writing like you speak dominate search queries. To take advantage of this, build your content based on semantics.

    Merriam Webster defines semantics as:

    The study of the meanings of words and phrases in language

    Search Intent

    As search engines grew, they got smarter. The easiest writing to read comes from writing like you talk. Search engine users digest conversational writing easier. When users search, more links show up with a conversational content format. Keep this in mind when you create content for different search request types. Let’s discuss the three types of search categories:

    1. Informational: Searcher’s want to learn something.
    2. Navigational: Searcher’s want a specific piece of information.
    3. Transactional: Searcher’s have their wallet in hand, ready to buy.

    Informational — The user wants a specific piece of information.

    • How many inches in 3 feet?
    • What time does the library open?
    • Distance between Chicago and Fargo North Dakota
    • How much
    • How many
    • What is
    • What time
    • MathCelebrity website
    • CNN
    • Wikipedia

    Transactional — A specific conversion action

    • Buy movie tickets
    • Purchase parking passes
    • Download eBook

    Semantic Detail

    Let’s use a real-world example from the MathCelebrity website. I’ll compare a general search, a more refined search, and an intent search.

    • General Search: “equations”
    • Refined Search: “algebra”
    • Direct Intent Search “2x — 9 = 31”

    Incredible content takes work. Think of it as an art form. Going back to the mental technique of inversion, it helps to remove roadblocks. The next section shows you how to find where readers drop off. I call them linguistic roadblocks.

    5 hours, 6 edits, and 7 headaches later, you finally finish your content piece.

    Shortly after, despair sets in when you look at the numbers. People abandoned your content piece without doing anything. Traditional statistics tell you somebody left the page without converting.

    But why did they leave? Did your headline bore them? Maybe your second paragraph confused the reader? Did your close turn them off?

    When you sit next to your prospect, you watch body language. You read a person’s facial expression. Little quirks give away what part of your presentation turns the prospect off.

    You Cannot Hit What You Cannot See

    Things change in the digital world. We lose the ability to see facial expressions and tone of voice. Body language disappears in cyberspace.

    While we lose body language, we get to see digital behavior. What if you knew the exact spot where your prospect abandoned your sales letter? What if you knew what part of your blog post people clicked off on?

    See What They Do Without Being There

    The good news is, you have a looking glass. It’s a website plugin called Scroll Depth. Scroll Depth tells you what part of the page users exit. Now you’ll know the exact paragraph, section, or headline users click off.

    Once installed, you connect this to Google Analytics. From this point forward, you’ll know exactly how far users scroll down the page.

    Scroll Depth takes the guesswork out of content abandonment. If you know how far down the page users jump ship, you know the exact paragraph where your content missed the mark.

    Automated Segmentation

    It gets better. You might have people read your sales piece. 10 of them convert, Pycharm license key Archives other 90 leave. ScrollDepth tells you the 90 people left after your 3rd paragraph. Now you have a starting point to improve your content.

    What if your sales piece converted at 10%, and the other 90% who abandoned left in different parts? 25% of them left after the headline. 50% of them left after the first paragraph, and the remaining 25% left after the second paragraph. Early paragraph exits mean you have a weak lead. You also know you have three segments of people to speak to.

    Take these three segments, and figure out where your content loses people. Revise it, reread it, and send it out again.

    Since you connected Scroll Depth to Google Analytics, you get more information on scrolling activity. Do people scroll further on mobile than desktop?

    ScrollDepth gives you x-ray vision for audience behavior, and how your content resonates. It takes a few minutes to install. It may be the most valuable few minutes you spend in your business.

    How does MathCelebrity, with no employees and a small budget, getunique monthly visitors for free? One of my secrets comes from the Kaizen principle I mentioned earlier. I use this principle to build over pages — used by our fans daily. In the educational niche, the phrase online math tutoring costs money to rank for. If you Google this phrase, you’ll notice large, established players with deep pockets. They’ve either spent money to build up their brand or have been around for many years. Most companies don’t have large cash reserves nor a big staff to build their brand. So how do they compete? We look to China for the answer.

    Let’s go back in time to China around the ’s for the answer. I got my inspiration from a principle called lingchi. Translated, it means death by 1, cuts. Instead of going for the “kill” by ranking for online math tutoring, I take another route using long-tail keywords. Wordtracker defines long-tail keywords as:

    Three and four keyword phrases which are very, very specific to whatever you are selling.

    Long-tail keywords create focus. How do I increase my focus for MathCelebrity? I build a page for each math tutoring principle my students come across. I optimize those pages, and then I go to the next long-tail keyword. Examples include “synthetic division calculator” and “interval notation calculator”. Google those phrases, and see who comes up at the top of page one.

    Over time, my long-tail keywords ranked higher and higher. So even if a person didn’t find me searching for online math tutoring, they might find me for a more focused term. The more long-tail keywords I rank for, the more power I have over big brands. Each long-tail keyword I beat established brands on delivers Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar “cut”. Pretty soon, each of those cuts adds up, just like lingchi. With enough cuts, I beat some large brands on total organic traffic. Now you have the theory, let’s look at mechanics.

    I use a strict keyword formula for every page on MathCelebrity. It sounds simple, but it serves a laser focused purpose which I will describe later. Ready?

    Pick a main theme or phrase you can boil down the content on your page to. One phrase. Generally, 1 to 5 words. Call this x.

    Keyword Formula:

    • Set your Page Title = x
    • Set your Meta Description = x
    • Set your Meta Keywords = x
    • Set your OG Description = x
    • Set your Twitter Card Description = x
    • Have at least 1–2 mentions of x in the body of your content.

    MathCelebrity covers math tutoring. I can name off the tip of my tongue at least 30 subjects. Each subject has a concept. Each concept includes calculators acting as a niche.

    To isolate your niche ideas, create a page for each niche. Each niche page gathers leads, followers, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, and fans.

    Lead Generation Real Estate

    Each page serves three purposes:

    1. It gives you a chance to blow your audience away
    2. It provides a gateway to show them what else you have
    3. Also, each page gives you another lead generator. Call this a micro-funnel if you will.

    MathCelebrity has calculators for both of those terms. In the old days, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, we failed to rank for rational roots. Since we do rank for synthetic division calculators, we’ve created a back door to our rational roots calculator. How?

    When the user searches for “synthetic division calculator”, we show up on the top of Google page 1. The user clicks the MathCelebrity page result. As they scroll down on the synthetic division calculator page, we have a link pointing to rational Avast! Home Edition 4.7.718 crack serial keygen. When the user finishes their synthetic division problems, they click over to rational roots. We’ve bypassed Google for the second visit by leveraging their first visit. In essence, we got two searches for the price of one.

    The user chose our synthetic division calculator ArcGIS Pro Activation Code Archives on Google. After the user ran a calculation, MathCelebrity gained authority on synthetic division calculators. Next, the user clicked the rational roots calculator. We also built trust with rational roots help. And here lies the hidden benefit of long tail keywords. Who do you think the user goes to the next time they need rational root help? MathCelebrity. Next time they need help, They’ll bypass Google and come to us directly.

    Nice to meet you — What else do you have for me?

    You want to piggyback off a high performing page as a gateway into the rest of your website. Remember, we ranked on Google for synthetic division calculator. So after the user lands on the synthetic division calculator page, we build related links. If I had setup one page on my site for “math tutoring”, we’d limit our avenues of discovery. Fans who searched for “synthetic division calculator” might not find other calculators. Failure to show up on search results means losing all potential follow up traffic.

    The phrase “math tutoring” puts me head to head against deep pocket companies. Instead of bankrupting my company, I narrow focus. Individual math concepts help me rank easier. We do this using a long-tail keyword approach. Once they land on a page from Google, we make it easy to find other concepts in math tutoring. Because once they land on our website, they get the full math tutoring experience. A memorable experience builds trust.

    Building momentum through trust

    If you give the user what they want on their first search, you gain trust. This trust puts you in the front seat to answer more of their related questions. And now you know the power of long-tail keywords. Ranking for high competition keywords is like fighting Godzilla head on. No thanks. I’d rather chop away at his ankles.

    The point here is: Laser focus on one target niche or concept. Expert marketers call this the “One Big Idea”. Take this one big idea and use it to drive traffic to related pages on your website.

    Once a user lands on your website, you get access to a treasure chest of information. This information helped me develop a powerful SEO secret. This secret generated overunique visitors. This secret My Garage Free Download PC Game me dominate page 1 on Google for over search terms.

    If you own or manage a website, you sit atop a goldmine of traffic. You probably don’t even know about it. This goldmine provides daily ideas for new content. Why Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar what your users want? Instead, they tell you what they want.

    How does this help? Because the user gives you content ideas for free!

    Another benefit? Overcoming our own arrogance. Often times as website owners, we produce content we think people want. You see this same mentality with people who trade stocks based on hope. What we think or hope means nothing. What the market wants, the market gets. Why argue with the market? Start tracking internal search and let the Market tell you what they want.

    The second search seals the deal

    How do website owners find content ideas? They use the autocomplete box on Google. Use this method to track search requests on Google — just start typing. Google has other resources for keyword planning as well, such as the AdWords account Keyword Planner. Keyword Planner gives you great ideas for first-tier content. But Google stops after the first search.

    The question becomes, how do we get to search history? What happens after the first search? Internal Search monitoring gets what you want. Track user searches inside your website. If a user finds Topic A on your website, what do they search for next? I reference an old saying I heard as a teenager, a play off the phrase, “Actions speak louder than words”.

    “Never listen to what people say, rather, watch what they do”

    Imagine your dream customer visits your house while you lounge on vacation. They found you through a search, and decided to drop by your house. Since they want to find out more about you before they buy, they do some research. By research, I mean snooping. They rummage through your fridge, open your medicine cabinet, and snoop through your files. But here comes the best part — everything they do gets recorded. While they snoop through your stuff, they don’t realize the camera records them. Think about all the valuable intelligence you gather.

    • What foods do they eat?
    • What books do they read?
    • What clothes do they try on?

    Let’s take a real world example. On MathCelebrity, people search for math problems and math terms. They also search for science terms, programming terms, and exam certification questions. When we don’t have what they want, I build it within 24 hours.

    Building a multi-headed hydra

    Imagine if your customers approached you and told you what they want with lucid detail. You build this and they pay you for it. They spread your message around the world. Your content expands, your search rank improves, and your name spreads far and wide. You now have the holy grail of website growth. Your fans hand you the keys to the kingdom — take those keys and unlock the door! This strategy has proved to be lucrative for Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar website, and I use it obsessively to this day.

    Using the tracked search approach, I built a capture box on the site for missed searches. A missed search means a user runs a search with zero results. Instead of losing the user forever, we do two things:

    1. Log this search on Google Analytics
    2. Set up an information capture box. This capture box allows them the option to add their email address for notifications.

    Building trust through consistent delivery

    Notification systems provide another benefit — Trust. Trust in your website and trust in your ability to deliver quickly. I remember one of our fans giving us five calculator ideas in the course of two weeks. It all started with the response time to the first ticket Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar logged. This fan loved our quick response time. The automated email started a conversation with this fan, which led to more ideas.

    Because MathCelebrity solved this fan’s problem, we gained an ambassador. After building the five calculators she requested, she told her friends. We earned the ultimate reward — an unsolicited referral. Internal search monitoring and delivery speed made this referral possible. This level of service converts users into ambassadors for your brand.

    To get ahead of your competition, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, start treating searches like conversations.

    First search, then second, then third. Follow the conversation, and learn what people want.

    If you answer the user’s first question, they ask you another. If you answer the second question, they ask you another. Each question they ask means more time invested. And the more time they invest, the more likely they buy your product or service. They also look at you as a trusted advisor.

    Just like a conversation, if it “flows”, the conversation lasts longer. If your website lacks flow, it feels like an awkward social conversation where the person finds Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar excuse to leave.

    Start tracking and watching

    Listen to your user’s concerns. Stop racking your brain coming up with content. Let your fans guide you. One of my favorite quotes comes from the movie Training Day:

    “It’s chess, not checkers.”

    Chess champions look four, five, even ten moves ahead. Treat our content strategy the same as a chess match. Seek out relations in all searches. How does one search relate to the next?

    As you build more related content based on user requests, your site grows. You become a trusted expert. Your presence on Google expands. So start reading your daily internal search report. If you don’t, the next content idea people give you will vanish.

    Since searches work like conversations, you get to see your customer’s lingo. Once you know their language, content ideas appear.

    The Long Tail Keyword Creator

    Internal Search will give you ideas into:

    • How your customers talk
    • How they use phrases
    • The exact phrases they use to find content

    Your website contains a roadmap. This roadmap provides powerful insight into your customer’s desires. The power lies in the subtlety. You see, the search engine allows your customer to ask the questions. Correct answers start a momentum process. If the user finds one answer, they might look for more. Using automation, we tap into their thought patterns and serve them relevant content. If we keep providing answers to their questions, we build an authority position. Authority helps us elevate our status in the user’s eyes. Authority lets you control the conversation, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar. Think about it:

    What if people told you what they wanted in advance, you created it, and then they bought from you? It’s a powerful principle, easily accomplished in 90 seconds using automation. You do this by tracking every internal search ran on your website.

    You can do this two ways:

    1. Using Google Analytics, we go to Admin → View Settings. Scroll down to Site Search Settings, and Flip the Site Search Slider to “On”. Directly below the slider, you’ll see a box asking for a query parameter. Browsers use this URL parameter when somebody runs a website search. If you use WordPress, it’s “s”. On my website, mlbjerseyschina.us, when I search for the phrase “tutor”, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, the URL reads mlbjerseyschina.us?s=tutor. Notice the “s” after the question mark? Use this query parameter.
    2. Set up a custom tracking program. I do this on mlbjerseyschina.us A custom solution gives you more flexibility than Google Analytics. I like to track the search term, the search date, and the user’s details. If the user has a record in my CRM, I pick up the email address and any account information. If the user searches for something related to a prior purchase, it gives me product ideas. I can tailor email marketing and text message marketing to this customer based on their digital votes, a.k.a., searches on my websites.

    Report Creation

    For Google Analytics, use the 008Soft MP3 Splitter v2.0 crack serial keygen to create a dashboard of search terms each day. Next, compare the search terms against your Sid Meier”s Civilization V – Download Game + Crack content. You’ll start to see Trainz Simulator 2009 - World Builder Edition 1.0 crack serial keygen and ideas for new content. For custom search report tracking, I have a reporting dashboard. When a user runs a search, I record it in my database. The next day, I get an email report of the searches and the time ran.

    After you setup the search tracking report, view it every day. Why? Because the user gives you content ideas…for free! Think of each search as a digital vote. As the voting continues, you get an idea of what the popular searches are. Now you have a blueprint Hitman absolution crack serial keygen what content to build.

    Using the tracked search approach, you pick up missed searches. A missed search means a user ran a search with:

    • Zero results
    • Wrong results
    • Classify and organize your shoe site with brand, color, size, and model
    • Set your page title to describe these traits
    • Customize your search engine to detect these requests and filter accordingly

    When users run a search with no exact match, most websites present the closest related content. Using automation, you have another opportunity to expand your website. Add a capture box with text such as, “Looking for something else? Please add your email address and let us know how we can improve the search.” When they submit this form, their email, search term, and comments get attached.

    Take this information, and send an email to yourself. Or, log the information to your support database. Next, when you build the exact content the user wanted, send them an email with a link to the new content. Using this notification system, it encourages the user to be more involved in the website. It also demonstrates your rapid response time. Now the user gets real-time updates about fixes to the website you made based on their suggestion.

    Case Study: Build Your Own Ambassador

    This notification system create another benefit: Trust. Trust in your website and trust in your ability to deliver quickly. I remember one of our fans on MathCelebrity giving us five calculator ideas in the course of two weeks. It all started with the response time to the first ticket they logged. This fan loved our quick response time. The automated email started a conversation with this fan, which led to more ideas. Not only did MathCelebrity get five new ideas from one person, we found a new ambassador. After building the five calculators, this fan told her friends. Thank you for the free publicity. You see, internal search monitoring and delivery speed made this possible. This level of service inspires people to become ambassadors for your brand.

    Trate seus embaixadores como membros da realeza. Se você encontrar alguém que goste do seu site, tire ideias dessa pessoa. Se eles lhe derem boas ideias, construa-as e inclua seu novo embaixador. Digo isso porque um embaixador pode espalhar sua mensagem por toda parte. As pessoas valorizam o feedback de seus colegas mais do que qualquer material de autopromoção. Quer uma prova?

    Veja as avaliações da Amazon e o Yelp. O sistema de revisão por pares domina o cenário digital. Os embaixadores têm amigos e colegas para lhe dar mais ideias. É um círculo perfeito e você deve abraçar. Ouça as preocupações do seu usuário e o tráfego livre o seguirá.

    Mais uma coisa: usando automação, certifique-se de marcar embaixadores em seu CRM. Envie e-mails personalizados e agradeça por serem campeões de sua marca.

    Abordei Melody Sauce VST Crack 1.5.4 (Mac) Plugin Download pessoas certas para o seu site. Agora vamos falar sobre a maneira certa de dizer as coisas. É hora de você dominar o contexto, dominando a linguagem do seu cliente.

    Se o conteúdo é rei, o contexto é a rainha. Você não pode ter um sem o outro. Se pesquisar sapatosvocê fez uma pergunta geral. Você não forneceu contexto para sua pesquisa. Você quer tamanhos de calçados, marcas de calçados, sapateiros, estilos de calçados? Mas, se você digitar marcas de Nero 6.6.0.12 Ultra crack serial keygen esportivos, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, agora você deu mais detalhes. Ao adicionar duas palavras, você esclareceu a pesquisa. O esclarecimento por meio do contexto nos leva à próxima lição. Vamos falar sobre Indexação Semântica Latente (LSI). Primeiro, vou separar esta frase:

    • Latente - Oculto em vez de explícito
    • Semântica - Significado em vez de palavras
    • Indexação - Encontrando informações e recuperando-as quando solicitado

    Para simplificar, vamos usar a tecnologia. Comece com a barra de pesquisa do Google. Digite uma frase e veja o que mais aparece na caixa suspensa. Isso lhe dá uma boa ideia das pesquisas mais populares usando a frase. A seguir, olhe para as pesquisas relacionadas do Google. O usuário pode não atingir seu objetivo final de pesquisa na primeira tentativa. As pesquisas relacionadas mostram a jornada por trás do termo de pesquisa. O que mais eles procuram?

    Tesouro enterrado da amazon

    Em seguida, recomendo ir para a Amazon. Digite seu termo de pesquisa e dê uma olhada nos produtos que a Amazon retorna. Agora, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, vá para os produtos mais bem avaliados e comece a revisar os depoimentos. O que as pessoas dizem sobre o produto? O que eles gostam e não gostam? Ainda mais importante, que frases repetidas você vê nos depoimentos?

    Ao ver a revoice pro mac torrent Archives de frases comuns, escreva alguns dos termos. Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar seguida, vá para o link “Todas as avaliações”. Encontre a caixa de pesquisa nesta página. Digite seus termos repetidos e veja quantos depoimentos contêm sua frase. Se você encontrar uma frase repetida em 10, 15, 20+ depoimentos, agora você tem o idioma do seu cliente. A linguagem define o público.

    Exemplo: digito “professor de matemática” na Amazon. O primeiro livro tem resenhas. Fazendo uma verificação rápida das dez primeiras avaliações, vejo a palavra educação domiciliar repetida. Isso me diz que encontrei um mercado aquecido. Assim que encontro esse mercado aquecido, dedico uma seção do meu site aos alunos que aprendem em casa.

    Continuando com outra frase comum nas análises da Amazon, verifico a palavra fácil. 18 resenhas discutem a fácil leitura do livro. Agora eu tenho outra pista - as pessoas querem simplicidade.

    Quando você chegar à página do produto, observe os produtos relacionados. Você encontrará uma mina de ouro de informações ao examinar “Clientes que compraram“ X ”também compraram“ Y ”. Produtos relacionados, vendas incrementais e complementos fornecem informações sobre o que as pessoas realmente desejam. Como as pessoas se movem em rebanhos, produtos relacionados mostram o comportamento do rebanho em tempo real. Em seguida, vá procurar um telefone celular. Agora, olhe para os produtos relacionados. Carregadores, estojos e fones de ouvido. A linguagem da avaliação da Amazon e produtos relacionados mostram a história, agora você precisa contá-la corretamente.

    Exemplo de tutoria matemática

    Usando buscas relacionadas à Amazon e ao Google, percebi que as pessoas lutavam com problemas com palavras. Também notei que as pessoas precisavam de ajuda para resolver o problema. Portanto, tenho dois conceitos para construir:

    1. Eu quero resolver problemas de palavras
    2. Eu também quero mostrar às pessoas como começar um problema de palavras

    Para outro site com uma tribo ativa e vocal, confira o Product Hunt. Enquanto escrevo isso, o Product Hunt tinha 9 milhões de visitantes mensais. Você vê votos positivos, votos negativos e comentários sobre ideias de produtos novas e em alta. Votos e comentários fornecem a pulsação emocional de seu público-alvo. Dez minutos lendo comentários e percepções sobre o Product Hunt proporcionam a você mais educação do que um diploma de quatro anos na faculdade.

    Para uma lição sobre atendimento ao cliente, observe como os proprietários de produtos respondem e interagem com a tribo Product Hunt. Absorva as táticas que os criadores usam para obter ideias em tempo real. Participar dos tópicos de educação e Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar me ajudou a construir ideias para a MathCelebrity.

    Stemming

    Outra variação para experimentar com o seu conteúdo é o stemming. As raízes das palavras vêm da quebra das palavras em sua forma mais simples. Plurais, advérbios, particípios, “ing” no final da palavra. Vejamos um exemplo:

    • Cavaleiros
    • Cavalgando
    • Passeios

    Agora, como isso afeta você para SEO? Assim como sinônimos e LSI nos capítulos anteriores, usamos radicais para encontrar variações de palavras e frases. Digamos que você escreva um artigo de palavras sobre árvores altas. Você obtém algum tráfego para este termo de pesquisa e as pessoas respondem. Mas então você vai para a ferramenta de palavras-chave do Google e pesquisas relacionadas, e você encontra a pesquisa popular, “árvores mais altas da América”.

    Diante disso, você pode atualizar seu artigo existente ou escrever outro artigo enfocando as árvores mais altas da América. Muitas vezes, com sinônimos, lematização e variações de palavras, seu conteúdo pode ser próximo a uma palavra-chave popular. Muitas vezes, uma mudança em uma frase ou palavra faz a diferença entre o tráfego médio e excelente. Observe também que, com qualquer mudança na frase, atualize seu conteúdo, se necessário, para se concentrar na nova frase.

    Stemming atende à natureza humana, adaptando o conteúdo à fala. Só porque você diz uma frase de determinada maneira, não significa que o mercado fale a mesma frase, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar. Como você deseja atrair e reter tráfego, a redução o ajuda a espelhar a fala das pessoas. Para falar a língua das pessoas, aprenda o que as pessoas dizem e como o dizem.

    Evitando a Repetição

    O stemming fornece outro benefício - variação. Se você continuar usando a palavra “alto” em Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar artigo sobre árvores altas, vai entediar as pessoas. O artigo não contém variações. Se usar palavras PlayClaw 5 crack Archives o mesmo radical e variantes de palavras, você fornecerá uma nova leitura para seus usuários. Quanto melhor a leitura, mais usuários permanecem em seu site. E quanto mais tempo eles ficam, mais os mecanismos de pesquisa dão crédito a você.

    Faça uma experiência. Se você vir seu conteúdo repetindo frases mais de três vezes, tente Adobe Illustrator CC 2021 25.1.0.90 Serial Key Full (Cracked) variantes de palavras com a mesma palavra raiz. Agora leia o artigo novamente. Parece diferente? A leitura é diferente? Seu conteúdo inspira emoção? Do contrário, você quebrou a regra fundamental do marketing:

    “Ser chato é o pecado final”.

    Agora, vamos mudar de dicas de texto para imagens.

    Quer se trate de uma postagem de blog, artigo ou página de vendas, você costuma usar imagens para aprimorar sua mensagem. As imagens desempenham seu próprio papel no SEO. Para evitar atualizações manuais, incluí uma lista de verificação abaixo para automatizar a criação de imagens de SEO.

    Quer você use um plugin com o WordPress ou um script, use esta fórmula útil para nomear e armazenar seus arquivos de imagem:

    1. Determine uma frase relevante para descrever a imagem
    2. Agora pegue esta frase, torne-a minúscula. Use isso para a sua alt tag. Use também para a sua legenda
    3. Pegue a frase alt tag em (2) e substitua todos os espaços por travessões para Snapgene 5.3.1 Crack + Registration Code [Latest] Free Download palavras. Chame isso de nome de arquivo de imagem. Observação: os travessões ajudam os mecanismos de pesquisa a distinguir palavras exclusivas
    4. Depois de obter o nome do arquivo, determine qual extensão de tipo de imagem deseja, (jpg, png, gif).
    5. Nosso nome de imagem final usa a etapa (3) com um “.” seguido pela extensão da imagem em (4)
    1. Para descrever essa imagem, a chamamos de mamãe, papai e criança de mãos dadas
    2. Em minúsculas, temos mãe, pai e filho de mãos dadas. Use-o como nossa alt tag e Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar a frase em (2), substituímos todos os espaços por travessões. mãe e pai e filho de mãos dadas
    3. Agora escolhemos um tipo de extensão de imagem, digamos .png
    4. Pegamos (3) e (4) 24x7 Scheduler Java Edition 2.1.104 crack serial keygen os combinamos para obter nosso nome de arquivo: Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar este ponto, você aprendeu como otimizar o conteúdo. Agora você aprenderá como fazer com que os mecanismos de pesquisa encontrem seu conteúdo. Você faz isso com mapas de sites. Pense em um sitemap como um ponto “você está aqui” em um mapa. O mapa do site fornece aos motores de busca todo o seu conteúdo. Em vez de os mecanismos de pesquisa vasculharem, eles vão para uma página e obtêm todas as suas páginas. Mais importante ainda, o mapa do site mostra aos motores de busca onde encontrá-lo.

      Agora que você sabe sobre sitemaps, e XML? XML significa Extensible Markup Language. XML fornece um formato fácil para humanos e máquinas lerem. XML tem dois propósitos:

      1. Carregar dados em um formato legível
      2. Compartilhe dados em um formato legível

      Soldados franceses descobriram a Pedra de Roseta em Esta laje de granito continha hieróglifos egípcios, escrita demótica e língua grega. Todas as três mensagens na pedra diziam a mesma coisa. A pedra de Roseta quebrou a barreira do idioma. Agora, todos que leram a pedra entenderam a mensagem.

      XML fornece uma linguagem universal para qualquer sistema de troca de informações. Com os princípios básicos de XML em mente, verifique um exemplo de entrada XML da MathCelebrity. Você pode ver isso emmlbjerseyschina.us:

      <? xml version = ”" encoding = ”UTF-8"?>
      <urlset xmlns = ”mlbjerseyschina.us">
      <url>
      <loc> http: // www mlbjerseyschina.us / mlbjerseyschina.us </loc>
      <lastmod> –05–04T 20 + 00 </lastmod>
      </url>
      </urlset>

      Vamos revisar as seções e linhas importantes acima.

      1. Tags definem um elemento de dados. Abordei as tags anteriormente na seção de tags HTML.
      2. A linha de tag do url declara um novo url em seu site.
      3. A linha <loc> aponta para um arquivo que você deseja que os mecanismos de pesquisa verifiquem. Coloque o URL da página da web aqui. Conforme você constrói mais conteúdo, você terá mais entradas de url em cada página do seu site.
      4. A linha <lastmod> é gravada no formato W3C Datetime. Use o formato AAAA-MM-DD com hora, minuto e segundo opcionais. Esta linha informa aos mecanismos de pesquisa quando você modificou sua página pela última vez. Se a data de modificação mudar, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, os mecanismos de pesquisa examinam seu conteúdo novamente.

      Em vez de criar manualmente o mapa do site sempre que criar um novo conteúdo, automatize o processo. Isso é feito por meio de um script ou de vários plug-ins de site. Se você usa o WordPress, use o plugin XML Sitemap. Se você não usa o WordPress, há dois métodos para usar.

      1. Execute um script todas as noites para reproduzir seu arquivo de mapa de site XML. Isso verifica sua biblioteca de conteúdo e adiciona os links ao mapa do site
      2. Crie um script de ouvinte para reproduzir o mapa do site sempre que publicar um novo conteúdo. Os ouvintes detectam alterações em seu site. Logo depois de publicar uma nova página, o script do ouvinte detecta seu novo conteúdo e recria o Sitemap XML.
      1. Novos arquivos
      2. Arquivos existentes que você modificou. A tag <lastmod> é atualizada com a data em que você modificou a página.
      3. Remova arquivos antigos. Se você excluiu ou renomeou uma página, atualize o mapa do site para refletir isso.

      A seguir, vamos falar sobre a placa de identificação do seu site, - estrutura de URL. URL significa Uniform Resource Locator. Você digita este endereço para chegar a um site. Queremos coisas simples e legíveis. Gosto de seguir uma fórmula de três etapas para meu URL.

      1. Pegue o título da página ou a Grande Ideia
      2. Faça todas as palavras em minúsculas
      3. Para cada espaço, substitua-o por um traço
      1. Calculadora de Divisão Sintética ← Grande Ideia
      2. calculadora de divisão sintética ← Minúsculas de (1)
      3. Calculadora de divisão sintética ← Substitua os espaços por travessões

      Embora seu URL não pareça importante, pense onde ele aparece. Links em páginas da web e links nas páginas de resultados de mecanismos de pesquisa. As pessoas verão seu link e, se não fizer sentido, poderá custar cliques. Evite ser fofo ou esotérico. Em vez disso, esforce-se para ter clareza com o seu URL. Certifique-se de que seu URL descreve sua página de maneira simples.

      Rastros de aranha

      Seu sitemap contém uma lista de URLs. Para verificar esses URLs, os mecanismos de pesquisa enviam programas automatizados chamados spiders. As aranhas coletam informações e as armazenam em um índice de pesquisa. As aranhas rastreiam seu site pegando palavras-chave e sua posição na página. Em seguida, o spider seleciona palavras no título, cabeçalhos, subtítulos, hiperlinks e outros atributos da página. Os motores de busca chamam isso de indexação de processo. Os mecanismos de pesquisa indexam dados de rastreamento em um banco de dados para pesquisas futuras.

      Os mecanismos de pesquisa usam esses dados e criam uma lista de fatores de classificação. Os fatores de classificação têm um objetivo PhotoPad Image Editor 6.74 Product Key + Crack Download fornecer os resultados mais relevantes para a pesquisa de um usuário. Mesmo que os mecanismos de pesquisa se tornem mais inteligentes, nunca presuma que eles sabem tudo sobre o seu site. Use o que chamo de princípio da reversão do primeiro encontro ou princípio da divulgação do casamento. Quando você sai pela primeira vez, quer Zynga Poker Code crack serial keygen um pouco de mistério. Você evita contar ao seu par tudo sobre você.

      Quando você se casa, seu cônjuge sabe tudo sobre você. Considere os motores de busca como o nosso cônjuge - diga-lhes tudo sobre o seu site. Mais importante, torná-lo visível para que as aranhas façam a varredura. Quanto mais informações você fornecer em segundo e primeiro plano, melhor.

      Como as aranhas veem

      As aranhas ignoram certas informações. É importante que você saiba como os spiders dos mecanismos de pesquisa “veem” seu site. Para ver o que as aranhas capturam em seu site, eu recomendo usar um simulador de aranha. Você digita sua URL e o simulador de aranha mostra quais informações o rastreador se preocupa.

      Os spiders varrem as páginas que você envia, links internos e links de mapa do site. Deixe-me dar uma dica para superar sua concorrência. Só porque você coloca um link em um mapa do site, não significa que os mecanismos de pesquisa o verificam. Assim como uma conta bancária com dinheiro, os mecanismos de pesquisa funcionam dentro do orçamento.

      Orçamento de rastreamento

      Os spiders dos mecanismos de pesquisa rastreiam sites com ordens estritas. Como todo negócio, as aranhas têm orçamentos. Os orçamentos de rastreamento representam o número de vezes que um mecanismo de pesquisa rastreia um site em um determinado período. O orçamento de rastreamento consiste nas seguintes partes:

      1. Limite da taxa de rastreamento. Os limites ajudam a evitar tensão em seu servidor. Você deseja que os spiders rastreiem seu site Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar intervalos regulares. Assim como Cachinhos Dourados, nem muito quente, nem muito frio, apenas certo. A taxa de rastreamento melhora com a velocidade do site. Lembra que conversamos antes sobre a velocidade do site e como esvaziar sua mala? Bem, as aranhas recompensam sites mais rápidos. Os spiders dos mecanismos de pesquisa contêm um certo nível de “paciência”. Se uma página demora muito para carregar, os spiders seguem em frente e a ignoram. Se suas páginas carregam rápido e são digitalizadas facilmente, os spiders indexam mais do seu conteúdo. Os erros do site, que discutiremos posteriormente neste livro, penalizam seu limite de rastreamento.
      2. Procura de rastreamento. Os mecanismos de pesquisa analisam a popularidade do seu site e também a atualização do conteúdo. Lembra que conversamos anteriormente sobre como colocar um carimbo ReiBoot Pro 7.5.8 Crack Archives data / hora no mapa do site? Agora você sabe por quê. Os mecanismos de pesquisa sabem sobre suas mudanças quando você as conta.

      The Digital Bouncer

      Se você já foi a uma boate, viu os grandes humanos parados na entrada e nas saídas. Os Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar interrompem as lutas, mas também atuam como um filtro. Eles determinam quem entra e quem fica de fora. Você sabia que cada site tem um bouncer digital, chamado mlbjerseyschina.us? Robôs vem do nome Protocolo de exclusão de robôs. Você informa a esse arquivo quais mecanismos de pesquisa deseja verificar em seu site. Você também informa quais mecanismos de pesquisa devem rejeitar do partido.

      É importante observar que hackers astutos podem ignorar o arquivo mlbjerseyschina.us No entanto, esse arquivo serve como uma regra para os mecanismos de pesquisa que permitem no seu site. mlbjerseyschina.us permite informar aos mecanismos de pesquisa quais pastas devem ser evitadas. Vamos revisar o exemplo abaixo:

      Agente do usuário: *
      Disallow: / tmp /

      Este comando faz com que os mecanismos de pesquisa ignorem a pasta tmp para quaisquer páginas.

      O conteúdo do site vem em duas formas: conteúdo perene e conteúdo novo. Conteúdo perene significa conteúdo atemporal, como Office 2010 Activator [100% Working] Full Version (Latest) Free Download árvore perene. Este conteúdo dura anos e a relevância permanece inalterada ao longo desse tempo. Os exemplos incluem livros mais vendidos de 50 a anos atrás.

      O conteúdo novo sempre evolui. As tendências de hoje se transformam nas manchetes esquecidas de amanhã. Criar novos conteúdos apresenta um desafio. Como você pode ficar por dentro da conversa sem se cansar? Você deixa outras pessoas fazerem o trabalho por você. Permita que outras pessoas criem conteúdo gerado pelo usuário (UGC).

      O conteúdo gerado pelo usuário vem em várias formas:

      • Fóruns
      • Imagens
      • Testemunhos
      • Comentários em postagens
      • Vídeo

      O uso produz mais uso. Quando os usuários veem a postagem de conteúdo, eles se sentem confortáveis ​​para postar seu próprio conteúdo. O conteúdo gerado pelo usuário Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar ao seu site outra vantagem - uma visão sobre as esperanças e sonhos do seu cliente potencial.

      Quando as pessoas falam ou postam em seu site, você vê seus medos e desejos. Você aprende como eles falam. Depois de entender seu usuário, você pode adaptar o conteúdo futuro de acordo com as necessidades dele. Vamos revisar os tipos de conteúdo gerado pelo usuário.

      Comentários

      Quer seja uma postagem de blog ou um vídeo, adicionar uma seção de comentários envolve seu público. Os comentários fornecem conteúdo novo para os motores de busca. Os comentários dos usuários fornecem informações sobre o humor Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar relação ao seu conteúdo. Os usuários postam comentários? Ao lado dos compartilhamentos, os comentários fornecem outra maneira de medir a temperatura do seu público. Para comercializar melhor, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, você deve aprender o sentimento do público.

      Certifique-se de monitorar os comentários. Os bons comentários melhoram uma discussão existente. Os comentários ruins vêm na forma de spam ou reclamações raivosas e inúteis.

      Fóruns

      Os fóruns fornecem uma Express Burn 10.24 Crack With Registration Code 2022 Free Download de ouro de conteúdo para os mecanismos de pesquisa. Os usuários podem iniciar discussões, comentar postagens e ver o que é popular em seu site. Os fóruns oferecem outra vantagem de SEO usando a lei das probabilidades. Suponha que seu fórum tenha pessoas. Em seguida, suponha que 1 em cada 50 pessoas, em média, produz um ótimo conteúdo. Usando essa lei das médias, você tem pelo menos duas pessoas em seu fórum para criar conteúdo sensacional. Esse conteúdo, se produzido, oferece a capacidade de obter comentários, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, curtidas e impulso. Outros membros do fórum compartilham esse conteúdo - gerando mais links e tráfego para o seu site.

      When you encourage engagement, your forum takes on a life of its own. As membership increases, you get more free and fresh content. Remember the law of averages above? What happens when your forum grows to 1, members? Now, you have twenty potential superstar content creators. More posts brings more comments and engagement. Engagement attracts users, more content, and more search engine exposure.

      Some of Pycharm 2019.3.3 Crack Archives highest traffic websites on the planet have forums. Why? Because forums generate a perpetual content machine. It didn’t start off like this. On the forum creation date, the website owners planted a seed. As people felt more comfortable, they posted more. More posts produced more engagement. And more engagement produced more publicity. Publicity brought more members, growing the forum to meteoric heights.

      Q: How do you grow your forum?

      A: You find and embrace power users.

      Power users have extensive knowledge of a product. They reap the most benefits from usage. Let’s use an example. Assume your business sells hammers. The regular user might lift up the hammer, swing it around, and bang a few nails. The power user takes the hammer and builds a house.

      In every forum, community, or group, there exists a group of power users. Let’s call them power posters or power contributors. Power posters post new content, comment on other content, and establish an active presence on your forum. When I started to grow MathCelebrity, I hung around a few educational forums. The best forums gave badges to content contributors. At the end of the year, the forums handed out awards based on user contributions. Entire discussions formed out of the awards ceremony. Awards, badges, and recognition create engagement. Engagement equals activity, and activity drives your forum. You’ll find the busiest forums encourage engagement.

      As these forums attracted more users, a power law formed. 80% of the page views and activity came from 20% of the posters. Can you guess which posters fell in the 20%? The power posters. Power posters gain the respect of other forum members. They drive discussions. They help you grow your forum. Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar the best part? They do it for free! Power posters help lower the defenses of shy forum members. Forum members view power posters as peers. Even if forum members respect your ability as a webmaster, they’ll bond easier with power posters. They view you as the boss. Just like the workplace, nobody confides in the boss. However, power posters provide a happy medium. They have authority and peer approval.

      Finding these power poster traits help you identify future power posters. You’ll find power posters have a leadership quality — driving and steering discussions. The right power poster with the right topic gets you indexed on search engines — driving thousands of users to your website.

      Take time to reward and acknowledge power posters. Treat them right, and they’ll help you drive your SEO to unimaginable heights. If you build your forum, and nurture power posters, the forum will grow into a village.

      I want to show you another powerful user generated content strategy — testimonials.

      Testimonials

      The universe contains no stronger selling power than a testimonial. It’s one thing to brag about your own product or service. It’s another when a person brags for you. Think about the most powerful testimonials. We value testimonials from friends, family, and colleagues. We look to others for how they feel, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar. Whether it’s Amazon, Yelp, or other feedback, buyers seek out ratings and reviews. Testimonials provide a window into sentiment around your product. What impact do testimonials have on your website? Read these statistics by testimonial software provider Yotpo:

      • “Products with an average of 4 stars get times more orders than products with 3.”
      • “% more purchases are made for products with a 5-star rating than a 4-star rating.”
      1. More users buy your products
      2. More users download your content
      3. More users spread your message.

      This concludes user generated content. Now let’s move to the power of being timely. I want to show you how to hop aboard trending topics. Just like swimming with the current, you use less energy and get more results.

      “Things get much easier if one jumps on the bandwagon of existing trends” — Lei Jun (a guy worth 13+ billion)

      Which task sounds more appealing:

      1. Swimming against a strong ocean wave
      2. Jumping in a lazy river and floating with the current

      Inthe Common Core math debate raged across the country. Math traditionalists squared off against Common Core advocates. Math traditionalists vilified Common Core while Common Core advocates preached about a new way to learn. Since MathCelebrity covers math tutoring with Common Core content, it presented an opportunity to weigh in. I inserted myself into the conversation on social media and forums. My participation and my positioning earned me a few backlinks and mentions out of it.

      Develop your timing. Even though you may want to sit back, it helps to insert yourself into the conversation from time to time. Remember, you can’t play the game if you sit on the bench. Putting yourself out there takes effort. I consider myself an introvert unless I’ve had a few drinks. Keep in mind, putting yourself out there takes time. When the mood strikes you, try the trending strategy. I’m glad I did because it’s paid recurring SEO dividends. People who wouldn’t find me through regular search found me in a trending discussion.

      I want you to try another strategy related to trending topics — polarizing conversation. Politics, economy, and human relations provide a wealth of opportunity to jump in a conversation. Pick any day during the year, and a large number of people get emotional about one of those subjects. The question becomes, how do you take your product or service and latch on to the trending topic?

      Recency Weighting

      Amit Singhal, Senior VP and Google Fellow invented the Query Deserves Freshness (QDF) algorithm. Amit first talked about QDF in QDF has been a ranking factor ever since. QDF comes into play for the following scenarios:

      • Recent events — natural disasters, political events
      • Hot topics Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar Trending news such as celebrity gossip, or topics on the world’s mind. Seek out debates and polarizing conversation. Does your topic evoke intense emotion?
      • Regular updates — Sports events, scores, or timely events per day or week such as stock prices and financial news
      • Frequent updates — Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar Prices, financial news, and ever changing events which the public pays attention to

      When you post an article, video, or content update, make sure you send it to Google for indexing. I’ve found my indexing happens within 24 hours. If you embrace the strategy of news insertion, 24 hours or less gets you in the game quickly. Since trending topics may last a few days before disappearing, every few hours turns into an advantage. To index your page with Google, follow along in the Google Search Console chapter coming up.

      If you want to learn more about timely news exposure, I recommend David Meerman Scott. He invented newsjacking:

      The art and science of injecting your ideas into a breaking news story so you and your ideas get noticed.

      I covered how to latch on to popular topics. Now, let’s talk about making yourself the popular topic. You do this using Social Proof.

      Back inmy wife flew me to Miami to celebrate my 30th birthday. On our third night, we went to South Beach to check out the nightlife. As we walked through the rows of nightclubs, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, a doorman handed us a shiny card, good for one free drink. He stood in front of a large door enclosed by velvet rope. Pounding music pumped through the walls outside. Two women who worked for the club danced away on a platform near the front door.

      So far, everything we saw and heard excited us. However, only one person stood waiting in line. When my wife asked the doorman if the place was busy, the doorman replied, “10 minute wait”. My wife asked again, and the doorman said the same thing. Now, this should have set off alarm bells, but hey, a free drink is a free drink.

      The ten minute wait, thumping music, dancing women, and velvet rope hinted at a club filled to capacity. Between the outward appearance of a busy club and the free drink, we decided to wait. After ten minutes, the bouncer unhooked the red velvet rope, and we stepped through the large door. Before we saw the dance floor, security herded us into a turnstile area to pay a $25 cover charge per person. Once we paid, and got our hands stamped, the turnstile rolled over and we walked to the dance floor. Our mouths dropped at what we saw. One person dancing, and two people sitting at a bar. Nobody else inside but three people. How did they pull this off?

      The doorman and club owners used a powerful conversion tool — social proof. They manufactured social proof through visual cues. They created the artificial “wait” time, reinforced with the velvet rope. IObit Smart Defrag 6.7 Pro Key crack serial keygen pounding music suggested a crowd. We got sucked in by other social cues, like the dancing women.

      My wife and I stayed for an hour before leaving. We walked past this club a few hours later, and saw more people in line. Apparently, social proof, whether manufactured or real, gets the job done. Social proof works in any business, whether it’s brick and mortar or online.

      Social Proof Offline

      Social proof is Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar psychological phenomenon based on other’s actions. People grant themselves permission based on other’s actions. Monkey see, monkey do. When you understand and embrace this, your life gets easier. Your job for websites relies on the gathering of social proof — whether real or manufactured. Bartenders often seed their tip jars at the beginning of the night with a few dollars from their pocket. It sets the cultural tone for other people to tip. Smart brands find any way they can to show social proof. Consider McDonalds iconic sign — over billion served. Who can argue with a billion anything?

      It doesn’t stop with businesses, people harness social proof in the dating world. As I write this, you can buy a wingwoman service. The service gets a guy one woman to go out for a night on the town and act like his friend. The wingwoman service builds trust through social proof. Women naturally trust other women. And, if a woman sees another woman with you, the immediate assumption is, “This guy can’t be too bad, if another girl spends time with him.” By the way, nobody researched you or your background. You could be a violent criminal for all they know. Whatever your background, human nature never changes — people look to their peers for decisions.

      Notice the power of the wingwoman service — other people in the bar know nothing about you. Yet people make a large assumption on your behalf, simply by who stands next to you. Wing women provide a testimonial in person, even though it’s manufactured.

      Social proof extends to the digital world. And the more you embrace it, the better your chance to increase your search rank.

      Digital Social Proof

      When a user lands on your website, they don’t get to meet you in person. However, the user makes judgments immediately after landing on your website. Fortunately, you get one piece of social proof from search engines. By making it to the search results page, you gained credibility. The search engine vouched for you by featuring your results.

      Just like the wingwoman example, you gained transferred social proof from search engines. If your website had little worth, then why would search engines feature you? Consider this the good news. But don’t get cocky, because this honeymoon period lasts for a few seconds. The next part relies on you. Once the user lands on your website, now it’s your turn to gain more credibility.

      As I said in earlier chapters, create engaging content. If you want the relationship to progress, you must go beyond great content. Continued engagement, lead generation and a sale take more than great content. To speed up this process, use digital social proof. Since digital social proof comes in various forms, let’s review some powerful methods to use.

      Come One, Come All Social Proof

      Except for narcissists, people criticize themselves the harshest. When it comes to gathering social proof, you might write off social proof you already have. Just because you think a certain award means nothing, doesn’t mean your user feels the same. Just because you got a low level certification for your industry doesn’t mean you hide it. Any and all social proof is powerful, when used correctly. Remember, people don’t know you. So you need to show them your expertise, your awards, your press, and your testimonials.

      Step one in social proof — gathering any material you can. To start, we follow human nature. People follow the herd. And the herd thirsts for experts. The good news is, search engine success relies on human nature. And human nature never changes. It’s been this way for thousands of years. So once you master the principles, use them mercilessly to your advantage. Armed with this insight, let’s discuss tactics.

      Interviews

      If you’ve ever been interviewed on video, audio, or in print, feature this on your website. I’ve seen websites set up a media or press link. Inside this link, they display all their interviews and all press mentions. I recommend you do the same, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar. Set up links to podcasts and website interviews somewhere on your website. Interviews give people a glimpse into your personality. Interviews position you as an authority in your marketplace. Why would somebody interview you if you weren’t worth it?

      When your finish any interview, get a transcript. Since people consume content in different ways, it’s good to have the transcript. Besides, search engines scan the transcript text giving you more content to submit.

      Contributing Articles on Popular Sites

      After I wrote an article for mlbjerseyschina.us, we gained more credibility with their audience. It’s social proof by extension. The thought process works by association. If a person writes for a large publication, they gain affiliation and respect attached to the publication. Include guest posts or mentions on large websites as well. You get social proof via another audience. When you guest post, you borrow credibility from the host website.

      Earlier, I talked about forums. MathCelebrity gained links and a new audience from one post on a cryptography forum. Since cryptography uses prime numbers, I posted a prime number calculator to contribute. The audience liked it, giving us additional links to our prime number calculator. This post brought more page views to our discrete math calculators. Sometimes, one well placed article or post explodes your traffic.

      Press Releases and Media Spots

      Highlight all press releases, media placements, or media mentions. Even if it’s a general event, press mentions mean something to people. I noticed an increase in searches for both my name and my website after I did my iHeartRadio interview. I’ve heard the same from colleagues with press releases as well.

      Refer back to your press placements whenever possible. I had two inquiries from new fans about advertising and premium services after seeing my interview placed on a sales page. Use my press formula: gather up all your press, find out where you can use it, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, and exploit it.

      Press links also contribute to the “press multiplier effect”. When journalists look to do interviews, they check and see what other press mentions you have. The same approach goes with podcasts, radio, and television. After I did my iHeartRadio interview, I received another interview request with a magazine shortly after. In their invite email, the media person for the magazine referenced my iHeartRadio interview. Besides asking for press, or getting referrals, how else can you get press?

      Books and Courses

      Any books you write, whether digital or paperback, position you as an authority. You become a magnet for press when you publish a book. Feature books on your website where applicable. By the way, here’s a little tip. Set yourself as the page author for your webpages. I’ll show you how to do this later if you need help. When you set yourself as the author, Google finds a way to pick up your books, and tie them back to your website. Reference all your books in any of your online profiles and JetBrains CLion 2021.3 With Crack Free Download [Latest] media pages.

      Take the same approach with courses. When you build a course, you become a teacher, giving you authority status. If the course builds off a book, highlight the book in the course copy. Make sure you have scripted talking points for your course. Use these bullet points when referencing your courses anywhere.

      I use Author of One Second Math for any course based on programming or regular expressions. Because both of these concepts get featured in my book. Book and course combinations create a ladder effect for your visitors. First you wrote the book. Then, you created a course. It’s a one-two punch for expert positioning. Each piece of content builds off the next.

      Testimonials

      I talked earlier about the power of testimonials. It’s a rite of passage for any online shopper to look at reviews and testimonials first. When you get a few high praise testimonials, start using them to build social proof. Feature them on your webpages. Attach them in emails. Highlight them on social media. Remember, humans follow herd behavior. If enough of the herd says or does something, the rest will follow. With enough powerful testimonials, you’ll influence the herd.

      Credentials and Certifications

      Feature any related credentials or certifications in your industry. Even if your credentials come from another industry, your fans may find it important. It’s another authority positioning ornament. On MathCelebrity, I passed a digital marketing exam and featured the certification next to my name. Pretty soon, people started asking me how to pass the exam. This led to me creating paid study guides, new products, and a whole new audience. And it all started with a marketing certification on a math tutoring website.

      Certifications give you authority and show your dedication. It says, “I studied, took the exam, and passed it. I’ve went through the hardships. Now I’ll make your life easier because of what I know.” The more authority and uniqueness you display, the more social proof you gain.

      Unique selling proposition (USP)

      An important lesson you learn in lead generation and sales is the power of being unique. Ever seen the show “Mad Men”? Producers based the lead character, Don Draper, off TV advertising legend Rosser Reeves. Reeves coined the phrase, “Unique Selling Proposition”, or USP. USPs answer the following questions:

      • What do you do better than anybody in your industry
      • What makes you more unique than anybody else?
      • Why should I buy from you and your company?

      I highlight how traditional tutors require a scheduling investment, driving, and limited hours. I compare that to the open 24 hours, split second response, in the comfort of your own home experience with MathCelebrity. USP’s help you attract the right audience, and repel the wrong people.

      Traffic and Social Follower Numbers

      If you get high website traffic, you have a goldmine of social proof, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar. For interviews I’ve done as well as consulting gigs, I refer to the(and climbing) unique monthly visitor number often. Even though I’m tooting my own horn, traffic of this size speaks to social proof. The first thought people have is, “, people visit his website without him using ads. He must be doing something right.”

      The same principle applies with social media followers. If you have a large Facebook following on your page or in your group, highlight this. Do you have a large number of Twitter or Instagram followers? Feature this as well. Large number of followers triggers a reaction from website users. It says, let me find out why this person has so many followers.

      Geographic Social Proof

      To extend to international markets, I feature the number of countries using our website. Instead of pigeonholing our website as an American math tutor, I feature the different countries of our visitors. Right now, we have over 35 countries, consisting of:

      • People who bought products
      • People who signed up for courses
      • People who use our site and write testimonials

      Product Sales Numbers

      If you sell on volume, or sell high revenue amounts, you have additional social proof. For my courses, once I got over 1, enrollments, I setup a running tally within my page. As the number kept increasing, digital social proof pulled more people in.

      Social proof gives you powerful persuasion tactics. Start by taking notes on anything and everything you have to offer. Find out where to use it. Then continue to highlight and build your social proof library.

      Next, let’s discuss various Google Tools to help you stomp out your competition. Google wants to see you do well. Google wants quality content produced for their audience. To help, they offer free tools to improve your website experience. At a minimum, install them and check them once per week.

      To improve SEO, start tracking website metrics. I use Google Analytics to automate tracking. If your website represents the human body, think of Google Analytics as the nervous system. It tracks, regulates, and suggest adjustments. Like the human nervous system, it provides a feedback loop. If you eat right and exercise, your body feels better. If you punish your body, the nervous system tells you.

      The same feedback process happens with Google Analytics. Your analytics numbers reflect traffic and engagement. When your website improves, the numbers tell the story. When your website lags, the numbers tell a different story. Google Analytics gives you a story at any moment about your website.

      Google Analytics tracks user information such as language spoken, country, device used. We will track time on site, and what activities a user performs. And finally, goal setting. Goals include email newsletter signups, opt-ins, purchases, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, and upsells.

      Chances are, you have Google Analytics installed. But have you used Google Analytics automation powers to help your business?

      To begin, Google Analytics provides one script to track information on your website. Installation takes place once. If you want to track purchases and events, setup takes a few extra minutes. The initial setup takes five minutes. After this, Google Analytics tracks activity on your website. Let’s review what Google Analytics tracks.

      Audience

      • Active Users — Tracks 1 day, 7 day, 14 day, and 30 day active users. The charts shown give you a visual representation of your website traffic. From here, you can also add a segment of your audience with one-click.
      • Lifetime Value — This ranks in the top three trackable metrics. Lifetime value equals the amount of money your customer has spent with you as of today. Google Analytics breaks this down by channel. Want to compare the amount of revenue the customers you acquired via advertising versus free traffic versus social media? It’s all here. How does this automated report help? It shows you which acquisition channel brings you the highest revenue spend. Let’s say social media acquisition brings you 12% of your customer lifetime value spend. But, paid advertising brings you 70% of your lifetime spend. The Lifetime Value report shows you where to spend more time and effort acquiring customers. In this case, paid advertising is a cash cow. Dedicate more resources towards Need For Speed Heat Crack Latest Free Download Analysis — Figure out what dates you acquired users as well as when they returned. For example, the cohort analysis tells you 25% of users acquired last week came back within 3 days. This powerful report shows you what successful tactics you made. Did you post a popular social media update? Did you write a comprehensive blog post? Did you host a giveaway? The Cohort Analysis report tells you this. Segment this report even further by device, revenue, sessions and other metrics.
      • User Explorer — Sometimes, us business buffs get too wrapped up in the big picture. We neglect micro events within our business which have great impact. The User Explorer report helps you take a fine tooth comb to your audience. This report shows you metrics for individual people who land on your website. How many times have they visited within a certain time frame? How long did they stay on average? How many times have they purchased and how much money have they spent in this time frame?

      Have you heard of the Power Law, also known as the 80/20 rule? It states 20% of the causes account for 80% of the activity. Translating the Power Law to your business website, 20% of your pages account for 80% of your traffic. 20% of your customers account for 80% of your revenue. For instance, I’m looking at a February report for MathCelebrity. I see one customer accounted for 25% of my revenue for the month! This report helps you focus on the big whale customers, those who spend more money than anybody else. It gets better: you can drill down into each individual and find out how they found your website, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, what time they visited, and what device they used. Try this: sort this report based on the highest ten spending customers. Do they have anything in common? This report provides those type Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar breakthroughs!

      • Demographics — This report shows you the age and gender of your website visitors
      • Interests — What subjects and websites interest your visitors? Use this personal information to learn about your customers. Also, if you want to advertise, you now know what top categories your website visitors frequent. Instead of throwing darts at a board guessing, you have their interests right in front of you. Do your website visitors love movies, video games, or other technology? This report gives that to you.
      • Geographic — Gives the location and the language of your users
      • Behavior — Shows new versus returning visitors. How many times do returning visitors coming back? How many pages viewed between new and returning visitors?
      • Technology — What browser, operating system, and network do your website visitors use? What devices people use when visiting your website?
      • Traffic — Where does your traffic come from?
      • Are they typing in your website directly or using a saved bookmark?
      • Did they find you through organic search on Google, Bing, or other search engines?
      • Were they referred from another website (backlink)? Google Analytics has a Referral report showing the top website referrers
      • Did they come from social media (Facebook, Twitter, Instagram)?
      • AdWords — Google’s Advertising Traffic
      • What keywords did a user type in from paid search to find your website?
      • What hour of the day did they click your Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar — What social media websites did your visitors come from?
      • What networks did they share to?
      • On what pages did they share to social network?
      • Site Content (Landing Pages) — Identifies the first page users visit when they arrive at your website
      • Site Content (Exit Pages) — Identifies the last page users visit before leaving your website
      • Site Speed — How fast do your pages load? You can sort by slowest or fastest page. Also, Google provides speed suggestions. Look for the hidden gem here: do you have a correlation between site speed and page popularity? Check to see if changes speed up a page. Do more users stay on the page versus leaving out of frustration?
      • Site Search Usage — How many visitors who arrive on your website use your search engine? If you have a low search engine use, it says two things:
      • Users cannot find your search engine
      • Your website bores users — they leave shortly CCleaner Pro 5.84 Crack 2021 Free Download arrival
      • Site Search Terms — What terms and phrases do users search for on your internal search engine?
      • How many unique searches do they run each time?
      • How many people exit after searching?
      • How many pages do they visit after searching?
      • How long do they stay on your website after searching? This tells you how compelling and informative your search results are.
      • Site Search Pages — What pages do they visit after they search?
      • Events — Shows how users interact with your website. Examples include button clicks, link clicks, video watches, downloads, and widget interactions. Events come with 3 parts:
      • Category — A name given to the way you group events
      • Action — What action does a user take with an event
      • Label — Notes on the action they took. Think of this as extra detail.
        • Event = Video Watch, Action = 50% Watched, Label = Demo Video. This describes a user playing a video on the website, watching 50% of Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar, and the video is called “Demo Video”
        • Event = Download, Action = free PDF eBook, Label = “How to Automate Your Business”. Event describes a user who downloaded an eBook called How to Automate Your Business Events can be assigned values as well. How many downloads did a particular user perform?
        • Goals — You know the old saying: What gets tracked gets improved. This section of Google Analytics tracks how many conversions your website gets. Conversion examples include downloads, newsletter signups, and purchases. To do this, you set up Goals. Google Analytics classifies goals into the following types:
        • Destination — Did a user visit a specific page or location?
        • Duration — Did a user stay on your website for a specific amount of time?
        • Pages/Screens — Did a user view a certain amount of pages?
        • Event — We discussed events above. The event goal track these conversions, such as Facebook share, Video Play, ad click Goals get assigned a value. These values feed Goal reporting, such as completion rates and conversion rates.
        • Ecommerce — Track which products sold, revenue generated, and average order and quantity size
        • Sales Performance — Shows you sales by transaction information, date and time for example
        • Transactions — Revenue, Tax, Shipping, and Quantity if applicable
        • Time to Purchase — Another hidden gem. This report tells you Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar number of days and number of sessions between the user’s first visit and the day they buy. Time to purchase measures your sales cycle.
        • Multi-Channel Funnel (MCF) –The user journey between the first time they discover your website until they buy. Did a user first find you on social media, then browse your website, then sign up for an email, and then buy a product? The MCF report tells you this. It shows you the path length, conversion count, conversion value, and the percentage of total conversions from the path. Like I described above, this report gives you another opportunity to embrace the Power Law. Analyze your conversion paths and you will find 1–2 of them generating a large amount of your conversions.
        • Assisted Conversions — What paths assisted in the conversion? While a customer might buy from an email newsletter, they found the newsletter from a social media post. Think of a conversion as a collection of links in the chain. This report lets you know the individual parts of the chain. Optimizing the chain helps you optimize your conversions.

        The admin tab lets you do the following:

        • Setup integrations with other Google products such as AdSense, AdWords, and Ad Exchange
        • Build your personal settings for each of your websites
        • Build alerts — Alerts provide automate monitoring and notification via email and text messages. When metrics reach a certain level, you get notified.
        • Are users leaving your site right away? Set up an alert for Bounce Rates?
        • Are your conversion goals spiking? Send yourself and your team a text message.

        Each metric and analysis report listed above comes with extra features.

        1. With the click of a button, you can email yourself and your team the report
        2. You can export the report to csv, Excel, PDF, and Google Sheets
        3. You can add the report to a custom dashboard
        4. You can create a shortcut for yourself. One click of a button in Google Analytics gets you to the report immediately

        Let’s meet another employee in your automation arsenal. This employee sits on your website and talks to Google. They track what search terms your website shows up on. They track what search terms on Google get website clicks. They also calculate the Click Through Rate (CTR) when you show up on a Google search page. This employee monitors any errors the search engines find. You receive error notifications as well as how to fix the problem.

        Who is this tireless worker tracking search engine activity? It’s time to meet your new employee — Google Search Console.

        How does it work?

        Install a file on your website or log in using Google Webmaster Tools. Driver Archives - keygenfile more to do. Search Console takes 90 seconds to install. After installation, the tool starts monitoring your website performance on Google. I like to think of this tool as the Google concierge. Anything you want to know about your website and Google, the Search Console gives it to you. After you install the file, let’s review each level of the Search Console reporting features:

        Search Appearance

        • Structured Data — Extra information you provide to search engines for categorization
        • How many instances of your website have structured data? Structured data provides information with a high degree of organization. It gives search engines more detail on what a particular piece of your website does. Is it a song, a movie, a list of dates for a concert venue, an article, a book review, a product? Structured data tells search engines what your data means. Structured data provides another benefit: appearance on the search engines. Structured data makes your search engine results shine with extra, detailed information.
        • HTML Improvements. Google provides you an organized report for issues within your HTML page code. Remember the tags I talked about earlier? Fixing issues gives your site a better ranking in the search engines. Example improvements include:
        • Meta description issues — too long, too short, or duplicates?
        • Title Tag issues: Identifies long, short, missing, or non-informative page titles
        • Non-indexable content. Search engines cannot decipher your webpage.
        • Search Analytics — This helps you analyze your search engine performance. As you make changes, track your ranking, clicks, and impressions from week to week. Search traffic metrics include:
        • What search terms, also known as queries, did people run where you showed up on search engines?
        • How many times did your website appear in search results?
        • What pages appeared on the search results?
        • How many clicks did those pages in the search results get?
        • What countries did the searches come from?
        • What position in the search engine results did your website appear? If you pay attention to no other Search Console statistic, pay attention to this one. Improving this statistic alone alters your website destiny.
        • Links to Your Site — An important report for backlinks which help your Google ranking. Google treats backlinks count as digital votes. Metrics include:
        • How many total links point to your website?
        • What websites link to your site the most?
        • What content has the most backlinks?
        • How is the data linked?
        • Internal Links — How do you link internal pages?
    Источник: [mlbjerseyschina.us]
  • Nossa FilosofiaOur Philosophy

    Nossa atuação fiduciária se mantém distante destes conflitos, nos permitindo entregar a mais genuína Assessoria de Investimentos.   Our Fiduciary approach remains far from such conflicts, allowing us to deliver the most authentic form of Investment Advisory.

    Saiba Maisview more
  • Nossos ServiçosOur Services

    Assessoria independente, sem vínculo com qualquer distribuidor. Garantimos independência e as melhores condições para a mais pura assessoria de investimentos. Independent Advisory, without link to any product distributor. We guarantee independence and the best conditions for the purest Investment Advisory services.

    Saiba Mais View More
  • Nossos AssessoresOur Advisors

    Nosso time de Assessores Independentes é formado exclusivamente por sócios, garantindo alinhamento de interesses com o cliente e continuidade no relacionamento.  Our team of Independent Advisors is made up exclusively by Partners, ensuring the alignment of interests with the client and continuity of the relationship.

    Saiba Maisview more
  • Nossa PropostaOur Proposal

    Com uma abordagem holística e didática, temos juntos aos nossos clientes uma visão completa das suas carteiras, monitoramento de cenários e análises dos produtos de todo Mercado, Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar.   With a holistic and informative approach, together with our clients we have a complete view of their portfolios, monitoring scenarios and analyzing products across the entire market.

    Saiba Maisview more
  • Nossos ValoresOur Values

    Entregar aos nossos clientes a sofisticação do Mercado Financeiro de forma didática e transparente com atuação fiduciária e livre de conflitos de interesses. Deliver the sophistication of the Financial Market to our clients in an informative and transparent manner. Acting in a Fiduciary capacity and free from conflicts of interest.

    Saiba Maisview more
  • Modelo LogusLogus Model

    Nosso modelo nos permite flexibilidade para estar com o nosso cliente em reuniões presenciais ou vídeo conferências, como também em acompanhamento nos bancos e corretoras.   Our model allows us the flexibility to be with our client in meetings both in person and video conferences, as well as directly accompanying you in meetings with your banks and brokerages.

    Saiba Mais View More
  • Alinhamento de InteressesAlignment of VMware Workstation Pro Crack 16.1.2 Build 17966106 Latest Version 2021 A natural evolução do Mercado de Investimentos busca a diminuição na assimetria de informações e uma legislação em prol do cliente, que deve ser protegido e respeitado ao longo do relacionamento. The natural evolution of the Investment Market seeks a reduction in the asymmetry of information, and legislation that favors the client who should be protected and respected throughout the relationship.

    Saiba Maisview more

  • Abordagem LogusLogus Approach

    Sinceridade e transparência são os alicerces para a construção de nossas relações com nossos clientes, e temos orgulho da integridade com que fazemos nosso serviço. Honesty and transparency are the cornerstones for building relationships with our customers, and we take pride in the integrity with Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar we do our service.

    Saiba Maisview more
  • Processo de InvestimentoInvestment Process

    Nosso Processo de Investimento é fruto da somatória das experiências dos nossos sócios, aliado aos robustos processos em análise de cenários e investimento. Our Investment Process is the result of the sum of the experience of our Partners, associated with the most robust processes in scenario and investment analysis.

    Saiba Maisview more
  • Источник: [mlbjerseyschina.us]

    Incesto

    Sort by:Date, Rate, Popularity

    GameBater (Pub) - Gamebater is a hyper-realistic adult game without limitations! This porn game doesn't just put you inside a world of super intense sex fantasies but also gives you complete control over every aspect of the game by creating a world of kink, depravity, and perversion! We ask our players to be careful as the ability to live out anything you ever wanted sexually is incredibly addictive!

    GameBater (Pub)

    Gamebater is a hyper-realistic adult game without limitations! This porn game doesn't just put you inside a world of super intense sex fantasies but also gives you complete control over every aspect of the game by creating a world of kink, depravity, and perversion! We ask our players to be careful as the ability to live out anything you ever wanted sexually is incredibly addictive!

    %
    Family Simulator (Pub) - You have heard of 3D family simulators, but have you played the boldest, edgiest one yet? Family Simulator takes family cartoon porn to perverse levels. You will never play another 3D sex game again. Make sure your heart is healthy enough for this perverse world of hot sisters and step-moms getting banged.

    Family Simulator (Pub)

    You have heard of 3D family simulators, but have you played the boldest, edgiest one yet? Family Simulator takes family cartoon porn to perverse levels. You will never play another 3D sex game again. Make sure your heart is healthy enough for this perverse world of hot sisters and step-moms getting banged.

    %
    Family Simulator (Pub) - You have heard of 3D family simulators, but have you played the boldest, edgiest <a href=Soundtoys 5.5.3 Features Key: yet? Family Simulator takes family cartoon porn to perverse levels. You will never play another 3D sex game again. Make sure your heart is healthy enough for this perverse world of hot sisters and step-moms getting banged.">

    Family Simulator (Pub)

    You have heard of 3D family simulators, but have you played the boldest, edgiest one yet? Family Simulator takes family cartoon porn to perverse levels. You will never play another 3D sex game again. Make sure your heart is healthy enough for this perverse world of hot sisters and step-moms getting banged.

    %

    Próximo



    Источник: [mlbjerseyschina.us]

    Remarkable: Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar

    WTFAST 5.3.4 FREE CRACK WITH ACTIVATION KEY [2022] FREE DOWNLOAD
    Code Vein – Download PC Game + Crack
    Winsnap portable Archives - Patch Cracks
    Jogos de Simulador de Epidemias de Graça para Baixar
    Pycharm 2019.3 keygen Archives

    watch the thematic video

    Steam: Jogos de Simulação Grátis para PC

    Notice: Undefined variable: z_bot in /sites/mlbjerseyschina.us/multimedia/jogos-de-simulador-de-epidemias-de-graa-para-baixar.php on line 111

    Notice: Undefined variable: z_empty in /sites/mlbjerseyschina.us/multimedia/jogos-de-simulador-de-epidemias-de-graa-para-baixar.php on line 111

    Comments

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *